OSCAR 2020: Uma noite histórica para o cinema mundial. Veja os Ganhadores!

 

Ontem, aconteceu algo histórico no Teatro Dolby em Los Angeles e de um imenso significado para a indústria do Cinema. Na 92ª edição do evento, pela primeira vez um filme não falado em língua inglesa ganhou o prêmio máximo!

Após aclamação mundial, “Parasita” o surpreendente filme do diretor sul-coreano Bong Joon Ho (que também levou o Oscar de Melhor Diretor) levou a tão desejada e concorrida estatueta dourada, deixando para trás filmes como “1917”, “Coringa”, “Era uma vez…em Hollywood” (de Tarantino), “História de um Casamento” e “o Irlandês” (de Matin Scorsese). Parasita levou quatro dos seis prêmios aos quais estava indicado: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Roteiro Original

Os atores Joaquim Phoenix e Renée Zellweger confirmaram seus favoritismos respectivamente pelas suas atuações em “Coringa” e “Judy“.

 

Confira abaixo todos os ganhadores do OSCAR 2020
(clique nos links para ver nossas críticas!)

 

Melhor filme

O Irlandês
Adoráveis Mulheres
Era Uma Vez em… Hollywood
Parasita ( VENCEDOR )
História de um Casamento
1917
Coringa
Ford vs Ferrari
Jojo Rabbit

Diretor

Bong Joon-Ho, por Parasita ( VENCEDOR)
Martin Scorsese, por O Irlandês 
Sam Mendes, por 1917
Todd Phillips, por Coringa
Quentin Tarantino, por Era Uma Vez em… Hollywood

Melhor ator 

Antonio Banderas, por Dor e Glória
Leonardo DiCaprio, por Era Uma Vez em… Hollywood
Adam Driver, por História de um Casamento
Joaquin Phoenix, por Coringa (VENCEDOR)
Jonathan Pryce, por Dois Papas

Melhor atriz

Saoirse Ronan, por Adoráveis Mulheres
Charlize Theron, por O Escândalo
Scarlett Johansson, por História de um Casamento
Renée Zellweger, por Judy – Muito além do Arco-Íris ( VENCEDORA )
Cynthia Erivo, por Harriet

Melhor ator coadjuvante 

Brad Pitt, por Era Uma Vez em… Hollywood (VENCEDOR)
Joe Pesci, por O Irlandês
Al Pacino, por O Irlandês
Anthony Hopkins, por Dois Papas
Tom Hanks, por Um Lindo Dia na Vizinhança

Melhor atriz coadjuvante 

Kathy Bates, por O Caso Richard Jewell
Laura Dern, por História de um Casamento ( VENCEDORA )
Scarlett Johansson, por Jojo Rabbit
Florence Pugh, por Adoráveis Mulheres
Margot Robbie, por O Escândalo

Roteiro adaptado

O Irlandês
Jojo Rabbit ( VENCEDOR Taika Waititi, que tambem dirigiu e atuou no filme )
Coringa
Adoráveis Mulheres
Dois Papas

Roteiro original

Entre Facas e Segredos
História de um Casamento
1917
Era Uma Vez em… Hollywood
Parasita (VENCEDOR)

Melhor filme internacional

Corpus Christi (Polônia)
Honeyland (Macedônia do Norte)
Os Miseráveis (França)
Dor e Glória (Espanha)
Parasita (Coreia do Sul) ( VENCEDOR )

Animação 

Como Treinar o Seu Dragão 3
Perdi Meu Corpo
Klaus
Link Perdido
Toy Story 4 (VENCEDOR)

Fotografia 

1917 (VENCEDOR)

O Irlandês
O Farol
Coringa
Era Uma Vez em… Hollywood

Figurino 

O Irlandês
Jojo Rabbit
Adoráveis Mulheres (VENCEDOR)
Era Uma Vez em… Hollywood
Coringa

Trilha sonora original 

Coringa (VENCEDOR)
Adoráveis Mulheres
História de um Casamento
1917
Star Wars: A Ascensão Skywalker

Efeitos Visuais

Vingadores: Ultimato
O Irlandês
O Rei Leão
1917 (VENCEDOR)
Star Wars: A Ascensão Skywalker

Documentário 

Indústria Americana (VENCEDOR)
The Cave
Democracia em Vertigem
Honeyland
For Sama 

Montagem

Ford vs Ferrari ( VENCEDOR )
O Irlandês
Jojo Rabbit
Coringa
Parasita

Canção Original 

I Can’t Let You Throw Yourself Away, por Toy Story 4
(I’m Gonna) Love Me Again
, por Rocketman (VENCEDOR, prêmio para a grande dupla Elton John e Bernie Taupin) 
Into The Unknown
, por Frozen 2
I’m Standing With You
, por Superação – O Milagre da Fé
Stand Up
, por Harriet

Direção de Arte (Design de Produção)

1917
O Irlandês
Jojo Rabbit
Parasita
Era Uma Vez em… Hollywood ( VENCEDOR )

Mixagem de Som 

Ad Astra 
Ford vs Ferrari
Coringa
1917 ( VENCEDOR )
Era Uma Vez em… Hollywood

Edição de som

1917
Coringa
Star Wars: A Ascensão Skywalker
Era Uma Vez em… Hollywood
Ford Vs Ferrari ( VENCEDOR)  

Maquiagem e Penteado 

Malévola: Dona do Mal
1917
O Escândalo ( VENCEDOR )
Coringa
Judy: Muito Além do Arco-Íris

Curta-metragem  – Ficção

Brotherhood
Nefta Footbal Club
The Neighbors’ Window (VENCEDOR )
Saria
A Sister

Curta-metragem – Animação

Dcera (Daughter)
Hair Love ( VENCEDOR )
Kitbull
Memorable
Sister

Curta-metragem  – Documentário

In the Absence
Learning to Skateboard in a Warzone (If You’re a Girl) ( VENCEDOR )
Lifeovertakesme
St. Louis Superman
Walk Run Cha-Cha

 

Veja o que nossos colaboradores do canal CINEMA comentaram sobre a noite histórica de ontem: 

 

“Foi uma noite e tanto. Além de torcermos pelos nossos filmes, vimos uma história ser escrita.
Bong Joon Ho viu seu primeiro prêmio da noite sair da categoria de Roteiro Original, que havia uma certa dúvida se não poderia ser preterido pelo Quentin. Depois disso, subiu ao palco para seu prêmio de Filme Internacional, que era a barbada do dia, não contente levou o de Direção, e sem duvidas deu uma aula de respeito, humildade e talento com seu discurso maravilhoso.
No anúncio do filme, não teve como conter toda a emoção que ele envolve.
Primeiro filme em língua não inglesa a levar o prêmio máximo junto com seu Oscar de filme Internacional. Um representante importante das urgentes questões sociais que assolam todo o mundo, realizado por um cineasta sul coreano conhecido dos norte americanos, mas, feito em seu país, com sua língua. Agora sim estamos falando de inclusão, globalização, e, claro, do melhor filme de fato vencer o prêmio.
Não podemos esquecer ainda o feito de Hildur Guðnadóttir ao ser apenas a 4ª mulher premiada em trilha sonora, sendo nos últimos 23 anos, a única…
Acompanhamos a história sendo feita!”

João França (@Cinestimado)

 

” Embora isso não justifique a falta de pelo menos uma diretora ter sido indicada ou de apenas uma mulher negra ter concorrido, a diversidade nunca foi tão representada no Oscar como agora, quando Parasita, que dentro de suas 4 vitórias da noite, foi o primeiro filme não hollywoodiano a levar o prêmio principal da noite na história do Oscar, pode até parecer pouco, mas isso foi um passo gigantesco para a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas ao mostrar que nem sempre os melhores filmes feitos são de Hollywood. Parabéns Bong Joon Ho e a toda a equipe de Parasita por criar essa obra de arte que não será esquecida com facilidade.”

Bruno Martuci

Vamos agora aguardar os indicados do próximo ano para saber se realmente a Academia quebrou de vez o seu paradigma.

Desta forma, muitas produções mundiais maravilhosas poderão concorrer em pé de igualdade com as americanas e poderão até  ganhar nos próximos anos. Foi, sem dúvida, um grande incentivo para todos os profissionais de cinema do mundo todo.

RAPHAEL GOMIDE

 



ArteCult – Cinema & Companhia

Siga nosso canal e nossos parceiros no Instagram para  ficar sempre ligado nas nossas críticas, últimas novidades sobre Cinema e Séries, participar de sorteios de convites e produtos, saber nossas promoções e muito mais !

@artecult , @cinemaecompanhia , @cabinesete ,
@cinestimado , @sinistros.bagulhos@hospicionerdoficial 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Raphael Gomide
Fundador, CEO e Editor-Geral do ArteCult.com, Sócio-fundador e editor do QuadriMundi (Quadrinhos, Mangás e Animações) e sócio do CinemaeCompanhia. Apaixonado pela sua família e por toda forma de ARTE e CULTURA. Nas redes sociais, administra além das páginas do ArteCult e QuadriMundi, as páginas do OlheiroMusical.com, Atuando, Dica de Vinho, Dicas de Filmes, Dicas de Livros, Dicas de Músicas, Futuristiko, Infância80, Olheiro Musical, Bullying nas Escolas, Reação Adversa e Portal TEAmigo (comunidade TEA - Transtorno do Espectro Autista).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *