GLOBO DE OURO 2020: Uma noite estrelada repleta de grandes surpresas

No último domingo aconteceu a abertura da temporada de premiações internacionais da Sétima Arte com a cerimônia do Globo de Ouro, diretamente da cidade de Los Angeles no Hilton Beverly Hills onde podemos ver diversas celebridades da industria cinematográfica bem como representante das maiores distribuidoras do mundo. Uma destas que estava no palho com inúmeras indicações era a rede internacional de streaming “Netflix” que nos entregou obras grandiosas que vem sendo sucesso de público e critica como: Dois Papas, O Irlandês, História de um casamento e Meu Nome é Dolemite.No último domingo aconteceu a abertura da temporada de premiações internacionais da Sétima Arte com a cerimônia do Globo de Ouro, diretamente da cidade de Los Angeles no Hilton Beverly Hills onde vimos diversas celebridades da industria cinematográfica, bem como representantes das maiores distribuidoras do mundo. Uma destas que estava no palco com inúmeras indicações era a rede internacional de streaming “Netflix” que nos entregou obras grandiosas, com grande sucesso de público e crítica, tais como: Dois Papas, O Irlandês, História de um casamento e Meu Nome é Dolemite. Com grandes surpresas e azares, a cerimônia foi repleta de grandes momentos.

Confira abaixo as categorias e os vencedores de cada uma delas.

 

 

Veja os indicados e vencedores de cada categoria CINEMA/SÉRIES:

CINEMA

Sam Mendes e equipe de 1917

Melhor filme de drama
“1917” – Vencedor
“O Irlandês”
“Coringa”
“Dois Papas”
“História de um Casamento”

Melhor ator de filme de drama
Christian Bale, “Ford vs. Ferrari”
Antonio Banderas, “Dor e Glória”
Adam Driver, “História de um Casamento”
Joaquin Phoenix, “Coringa” – Vencedor 
Jonathan Pryce, “Dois Papas”

Renee Zellweger

Melhor atriz de filme de drama
Cynthia Erivo, “Harriet”
Scarlett Johansson, “História de um Casamento”
Saoirse Roman, “Adoráveis Mulheres”
Charlize Theron, “O Escândalo”
Renee Zellweger, “Judy” – Vencedor

Melhor filme de comédia ou musical
“Meu Nome É Dolemite”
“Jojo Rabbit”
“Entre Facas e Segredos”
“Era Uma Vez em Hollywood” – Vencedor
“Rocketman”

Quentin Tarantino comemora a vitoria de-era uma vez em Hollywood

Melhor ator de filme de comédia ou musical
Daniel Craig, por “Entre Facas e Segredos”
Roman Griffin Davis, por “Jojo Rabbit”
Leonardo DiCaprio, por “Era Uma Vez em Hollywood”
Taron Egerton, por “Rocketman” – Vencedor
Eddie Murphy “Meu Nome É Dolemite”

Melhor atriz de filme de comédia ou musical
Awkwafina, por “A Despedida” – Vencedor
Ana de Armas, por “Entre Facas e Segredos”
Beanie Feldstein, por “Fora de Série”
Emma Thompson, por “Late Night”
Cate Blanchett,por  “Cadê você, Bernadette?”

Melhor diretor
Bong Joon-ho, por “Parasita”
Sam Mendes, por “1917” – Vencedor
Todd Phillips, por “Coringa”
Martin Scorsese, por “O Irlandês”
Quentin Tarantino, por “Era Uma Vez em Hollywood”

Melhor ator coadjuvante
Tom Hanks, por “Um Lindo Dia na Vizinhança”
Al Pacino, por “O Irlandês”
Joe Pesci, por “O Irlandês”
Brad Pitt, por “Era Uma Vez em Hollywood” – Vencedor
Anthony Hopkins, por “Dois Papas”

Melhor atriz coadjuvante
Annette Bening, por “O Relatório”
Margot Robbie, por “O Escândalo”
Jennifer Lopez, por “As Golpistas”
Kathy Bates, por “Richard Jewell”
Laura Dern, por “História de um Casamento” – Vencedor

Melhor animação
“Frozen 2”
“O Rei Leão”
“Toy Story 4”
“Como Treinar seu Dragão 3”
“Link Perdido” – Vencedor

Melhor filme estrangeiro
“Parasita” – Vencedor
“Dor e Glória”
“A Despedida”
“Os Miseráveis”
“Retrato de uma Jovem em Chamas”

Melhor roteiro
“Parasita”
“Dois Papas”
“O Irlandês”
“Era Uma Vez em Hollywood”
“História de um Casamento” – Vencedor

Melhor trilha sonora
“Brooklyn Sem Pai Nem Mãe”
“Adoráveis Mulheres”
“Coringa” – Vencedor
“1917”
“História de um Casamento”

Melhor canção
“Beautiful Ghosts”, de “Cats”
“(I’m Gonna) Love Me Again”, de “Rocketman” – Vencedor
“Into the Unknown”, de “Frozen 2”
“Spirit”, de “O Rei Leão”
“Stand Up”, de “Harriet”

 

TV

Melhor série de drama
“Big Little Lies”
“The Crown”
“Killing Eve”
“The Morning Show”
“Succession” – Vencedor

Melhor série de comédia
“Barry”
“Fleabag” – Vencedor
“O Método Kominsky”
“A Maravilhosa Sra. Maisel”
“The Politician”

Melhor ator de série de drama
Brian Cox, por “Succession” – Vencedor
Kit Harington, por “Game of Thrones”
Rami Malek, por “Mr. Robot”
Tobias Menzies, por “The Crown”
Billy Porter, por “Pose”

Melhor atriz em série de drama
Jennifer Aniston, por “The Morning Show”
Olivia Colman, por “The Crown” – Vencedor
Jodie Comer, por “Killing Eve”
Nicole Kidman, por “Big Little Lies”
Reese Witherspoon, por “The Morning Show”

Melhor ator em série de comédia ou musical
Michael Douglas, por “O Método Komisnky”
Bill Hader, por “Barry”
Ben Platt, por “The Politician”
Paul Rudd, por “Living with Yourself”
Ramy Youssef, por “Ramy” – Vencedor

Melhor atriz em série de comédia ou musical
Christina Applegate, por “Disque Amiga para Matar”
Rachel Brosnahan, por “A Maravilhosa Sra. Maisel”
Kirsten Dunst, por “On Becoming a God in Central Florida”
Natasha Lyonne, por “Boneca Russa”
Phoebe Waller-Bridge, por “Fleabag” – Vencedor

Melhor ator em minissérie ou filme para TV
Christopher Abbott, por “Catch-22”
Sacha Baron Cohen, por “O Espião”
Russell Crowe, por “The Loudest Voice” – Vencedor
Jared Harris, por “Chernobyl”
Sam Rockwell, por “Fosse/Verdon”

Melhor atriz em minissérie ou filme para TV
Kaitlyn Dever, por “Inacreditável”
Joey King, por “The Act”
Helen Mirren, por “Catherine the Great”
Merritt Wever, por “Unbelievable”
Michelle Williams, por “Fosse/Verdon” – Vencedor

Melhor ator coadjuvante em minissérie ou filme para TV
Alan Arkin, por “O Método Komisky”
Kieran Culkin, por “Succession”
Andrew Scott, por “Fleabag”
Stellan Skarsgård, por “Chernobyl” – Vencedor
Henry Winkler, por “Barry”

Melhor atriz em minissérie ou filme para TV
Patricia Arquette, por “The Act” – Vencedor
Helena Bonham Carter, por “The Crown”
Toni Collette, por “Inacreditável”
Meryl Streep, por “Big Little Lies”
Emily Watson, por “Chernobyl”

Melhor minissérie ou filme para TV
“Catch-22”
“Chernobyl” – Vencedor
“Fosse/Verdon”
“The Loudest Voice”
“Inacreditável”

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Luan Ribeiro
Sou natural de Mata de São João, Bahia, mas atualmente moro na cidade do São Paulo. Sou formado em Engenharia, mas sempre tive uma verdadeira fixação pelo universo cinematográfico e sou o admin do @CinemaeCompanhia no Instagram. Assistir um filme é minha válvula de escape para mergulhar e me aventurar em mundos totalmente novos e me desligar dos problemas do dia-a-dia. Aproximadamente de duas a três vezes confiro as estreias da semana nas telonas, digamos que eu seja quase um “rato de cinema”. rs Será um enorme prazer compartilhar aqui minhas opiniões sobre os filmes e suas principais curiosidades. E uma ótima oportunidade para poder aprender e "trocar figurinhas" com todos vocês! Espero que se divirtam muito e curtam minhas dicas. Que a FORÇA esteja com vocês!!! Forte abraço! Luan Ribeiro. Instagram.com/CinemaeCompanhia e-mail: luancribeiro@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *