“PARA A GENTE LEMBRAR DA POESIA DA VIDA”: ArteCult lança campanha poética na quarentena! PARTICIPE!

 

Novos vídeos estão chegando com nossos seguidores lendo várias Poesias! 

Veja-os nesta matéria e também no YouTube, pesquisando a hashtag desta campanha:

#ParaAGenteLembrarDaPoesiaDaVida 

Campanha:

Vamos fazer uma grande corrente poética para alegrar nossos dias de quarentena? Para não nos esquecermos da arte, da beleza, da emoção da vida?

O ArteCult quer fazer um convite a você: montar conosco uma grande corrente literária! Estamos lançando a campanha

#ParaAGenteLembrarDaPoesiaDaVida

VEJA A APRESENTAÇÃO DO PROJETO:

 

 

 

 

Envie um VÍDEO curto seu (em torno de 1 Min), lendo ou declamando uma poesia. Vale um trecho de uma prosa poética também. Pode ser sua autoria ou de algum autor que você ame. Mande também seu nome, o título e a autoria do texto para colocarmos nos créditos. Ah, e seus endereços nas redes sociais (Instagram, Facebook etc) para marcarmos você quando seu vídeo for publicado! Ele será publicado em nosso canal no YouTube (ou seja, vai ganhar um link só para seu vídeo) e também entrar na galeria aqui desta campanha.

Se não quiser aparecer no vídeo, tudo bem: seja criativo! Mas não deixe de participar. Por exemplo, mande uma imagem e leia o texto ao fundo. Invente.

Chamem seus amigos poetas, escritores ou amantes da literatura para participar. O importante é quebrar o tédio desses dias com literatura de qualidade.

COMO PARTICIPAR:

Envie seu vídeo para o email Canal.Literatura@artecult.com colocando no assunto do e-mail: “Campanha Poética ArteCult”. Se preferir, publique em seu story no Instagram e/ou Facebook colocando a hashtag #ParaAGenteLembrarDaPoesiaDaVida e marcando o @artecult !

 

VEJA OS VÍDEOS DE QUEM JÁ ESTÁ PARTICIPANDO:

#ParaAGenteLembrarDaPoesiaDaVida

Marcelo Cozzolino – Texto (II) de Fauzi Arap:

 

 

 

 

 

Marcelo Cozzolino – Texto (I) de Fauzi Arap:

 

 

 

 

Raul Inglat – “Éramos tão inocentes”, de sua autoria:

 

 

 

 

Del Schimmelpfeng – “Mágica”, de sua autoria:

 

 

 

 

 

André Carretoni – “DOCES PALAVRAS “, de sua autoria:

 

 

 

 

Del Schimmelpfeng – “Inventário”, de sua autoria:

 

 

 

 

 

Ana Gosling – “Colo” de sua autoria:

 

 

 

 

 

Valeria Leão –  “É você, acredita em quê?” de sua autoria :

 

 

 

Flávia Chiesa Gueira – “Mensagem para Minha Mãe” de sua autoria para o Dia das Mães 2020:

 

 

 

 

Edna Medeiros – “Querida Mãezinha” (autor desconhecido) para o Dia das Mães 2020:

 

 

 

 

Antônia Medeiros – “Salmo 23” (Rei David) :

 

 

 

Luiz Said – “Formas de Homenagear” de sua autoria, para o Dia das Mães 2020:

 

 

 

 

Ana Gosling – “Teu Nome” (Vinicius de Moraes), para o Dia das Mães 2020:

 

 

 

 

Ana Gosling – “As Ensinanças da Dúvida” de Thiago de Mello:

 

 

 

 

Luiz Said – “Assim mesmo” de Madre Teresa de Calcutá:

 

 

 

 

Daniel de Assis Trindade – “Casa Cheia” de Cairo Trindade:

 

 

 

 

Ione Mattos – “A Matéria do Poema” de Alexandre Brandão:

 

 

 

 

Erica Gil – “Escrever é Prolongar o Tempo” de Clarice Lispector:

 

 

 

 

Roberto Dutra Jr – “A Perspectiva do Quase” de Zeh Gustavo:

 

 

 

 

Maria Helena Mossé – “Globalização”. Trecho de “Pra que serve a palavra nunca” de Álvaro Miranda:

 

 

 

 

Ana Gosling – “A Paixão segundo GW” de Clarice Lispector:

 

 

 

 

Maria Letícia Alencar e sua poesia “Capitulação”:

 

 

 

 

Erica Gil e sua poesia “Eu Sou a Poesia” :

 

 

 

 

Angela Pataro – “Diante da Sua Presença” de Miguel Ângelo Câmera Braga:

 

 

 

 

Floriano Salvaterra -“Tudo que faço o medito” de Fernando Pessoa:

 

 

 

 

Roberto Dutra Jr – Poema “Brisa” de sua autoria:

 

 

 

 

Katia Salvaterra – “As pessoas mais felizes não tem as melhores coisas”:

 

 

 

 

Roberto Dutra Jr “Manhã de Dezembro” de sua autoria:

 

 

 

 

Adriana Karla Rodrigues – “O Pelo da Sombrancelha” de sua autoria:

 

 

 

 

Adriana Karla Rodrigues – “Acordei Criança” de sua autoria:

 

 

 

 

Cesar Cardoso – “Baião de um” de sua autoria:

 

 

 

 

Cesar Cardoso – “RSPV” de sua autoria:

 

 

 

Cesar Cardoso – “A Primeira Missa” de sua autoria:

 

 

 

 

Cesar Cardoso – “Amanhajontem” de sua autoria:

 

 

 

 

Ligia Helena Carvalho – “Nós Mulheres” de sua autoria:

 

 

 

 

Adriana Karla Rodrigues – “O que ficou e o que está” de sua autoria:

 

 

 

 

Adriana Karla Rodrigues – “Surto poesia” de sua autoria:

 

 

 

 

Alcimario Junior – “China” de sua autoria:

 

 

 

 

Marcus Vinicius Quiroga (In Memorian, vítima de COVID-19) – “Paloma de Picasso”:

 

 

 

 

Monique Brito – Poema de Viviane José :

 

 

 

 

Sônia Maria Mazzei – Poema “Esperança” de sua autoria:

 

 

 

 

Gabriela Altaf – Poema “Onde mora Deus na Carnificina” de sua autoria:

 

 

 

 

Dag Bandeira – Poema “Pássaro ” de Maria de Fátima Monteiro :

 

 

 

 

Valeria Leão –  “Poesia Concreta da Prosa ao Verso” de sua autoria :

 

 

 

 

Thais Jacobsen –  “Se tudo que há é mentira”” de Fernando Pessoa :

 

 

 

 

Maria Letícia Alencar e a poesia “Seu Retrato agora” de Jair Ferreira dos Santos:

 

 

 

 

Gloria Santos e a poesia “O Mundo” de Eduardo Galeno:

 

 

 

 

Maria Helena Mossé – “Pandemônio” de Elza Lisboa de Freitas :

 

 

 

 

Marie Varidel – “De amor e trevas” de Amos Oz:

 

 

 

 

Lili Balonecker – alguns poemas do livros “Gritos Submersos” de sua autoria:

 

 

 

 

Ana Gosling – trecho de “Quatro Paredes Nuas” de Augusto Abelaire:

 

 

 

 

Reginaldo Leite – “Menina Passarinho” de Ferreira Goulart :

 

 

 

 

Ana Gosling – “Ausência” de Carlos Drummond de Andrade :

 

 

 

 

Rubermária Sperandio – “Da Janela” de sua autoria:

 

 

 

 

Regina Murray Loureiro – “Desiderata” de Max Erhmann:

 

 

 

 

Francisco José Alcântara Santos – Poema “O amor é meu, nada mais é do meu” de sua autoria:

 

 

 

 

Maria Renata Ferreira Antunes  – Poema “Grão de Nuvem” de sua autoria:

 

 

 

 

Paulo André Berquo Saciloto – Poema “Eu faço versos como saltimbancos” de Mario Quintana:

 

 

 

 

Paulo André Berquo Saciloto – Poema “Dois portos dois amores” de sua autoria:

 

 

 

 

Célio Botelho – “Essas coisas de mim” de sua autoria:

 

 

 

 

Célio Botelho – “Essas coisas de mim II” de sua autoria:

 

 

 

 

Célio Botelho – “Improviso Essas coisas de mim” de sua autoria:

 

 

 

 

Valeria Leão –  “Vida” de sua autoria :

 

 

 

Mark Pires –  “Lisbon Revisited” de Fernando Pessoa:

 

 

 

 

Mark Pires –  “O Efefante” de Carlos Drummond de Andrade :

 

 

 

 

Mark Pires –  “O menino que carregava água na peneira ” de Manoel de Barros:

 

 

 

 

Angela Pataro – “Saudade” de Pablo Neruda:

 

 

 

 

Luiz Said – trecho de texto “Sobre a amizade” de Khalil Gibran:

 

 

 

 

Angela Pataro – “Quem inventou o abraço” de Noélio Duarte:

 

 

 

 

Angela Pataro – “Amizade” de Noélio Duarte:

 

 

 

 

Rodrigo Lacerda –  “Subir pelo Lado que Desce” de autoria de Lya Luft:

 

 

 

 

Tayna Bertoldo – “Espaço e Forma (I) ” de autoria de Igor Teixeira Silva Fagundes:

 

 

 

 

Regina de Magalhães – Poema “Beleza dos Corações” de Vera Jacubowski (em homenagem às moradoras do Asilo Bezerra de Menezes DO CPLEC-RJ) :

 

 

 

 

Angela Pataro – “Obrigado Dona Rosa” de Israel Belo de Azevedo:

 

 

 

 

Ana Gosling – “Nascer” de Carlos Drummond de Andrade :

 

 

 

 

Beatriz H. Amaral– “Poema Ubíquo” de sua autoria :

 

 

 

 

Flávia Chiesa Gueiros – “Caminante” de Antonio Machado:

 

 

 

 

Gabriela Altaf – “Carta para você, filha, que ainda não nasceu” de sua autoria:

 

 

 

 

Alexandre Brandão – “Paráfrase de Santa Teresa” de Laís Corrêa Araújo :

 

 

 

 

Dora de Assis –  “Micro-ondas” de sua autoria:

 

 

 

 

João Côrtes –  “Lucidez” de sua autoria:

 

 

 

 

Geovana Zaltman –  “Café” de sua autoria:

 

 

 

 

Sônia Maria Mazzei – Poema “Procissão” de sua autoria:

 

 

 

 

Angela Pataro – “Ser Bom” de Carlos Henrique Rangel :

 

 

 

Luiz Said – ” O Bom e o Mal” de Sérgio Luiz dos Santos :

 

 

 

 

Angela Pataro – “Bênção Cristã do Século IV” de autor desconhecido :

 

 

 

 

Danilo Louro  –  “Pouso no Rio” de sua autoria:

 

 

 

 

Cristiane Machado –  “Momento da Vida” de sua autoria:

 

 

 

 

Renato Moser–  “A Procissão” de Khalil Gibran :

 

 

 

 

Ana Gosling – “Da Solidão” (trecho de “Para Viver um Grande Amor”) de Vinicius de Moraes:

 

 

 

 

Angela Pataro – “Como é grande o meu amor por você ” de Roberto Carlos:

 

 

 

 

O que você está esperando?

Reforçando: para participar basta enviar seu vídeo para o email Canal.Literatura@artecult.com colocando no assunto do e-mail: “Campanha Poética ArteCult” ou, se preferir, publique seu vídeo com a poesia em seu story no Instagram e/ou Facebook colocando a hashtag #ParaAGenteLembrarDaPoesiaDaVida e marcando o @artecult !

Estamos ansiosos para ouvir sua poesia e compartilhá-la em nossas redes sociais!

 

Equipe CANAL LITERATURA

Canal.Literatura@artecult.com

 

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Avatar
Ana Lúcia se formou em Letras (Português-Literatura) em 1993, pela PUC/RJ. Fixou-se em outra carreira. A identidade literária, contudo, está cravada no coração e o olhar interpretativo esgarçado pra sempre. Continua experimentando cursos em que o debate lhe acresça não só à escrita mas à alma. Some-se a isso sua necessidade de falar, sangrar e escorrer pelos textos que lê e escreve e isso nos traz aqui. Escreve ficção em seu blog pessoal (anagosling.com) desde março de 2010 e partilha impressões pessoais num blog na Obvious Magazine (http://obviousmag.org/puro_achismo) desde junho de 2015. Seu texto “Não estamos preparados para sermos pais dos nossos pais” já foi lido por mais de 400 mil pessoas e continua a ser compartilhado nas redes sociais. Aqui o foco é falar de Literatura mas sabe-se que os processos de escrita, as poesias e os contos não estão só nos livros mas na vida em si. Vamos falando de “tudo” que aguçar o olhar, então? Links: Contos, poemas, crônicas: anagosling.com Artigos, crônicas: http://obviousmag.org/puro_achismo Redes Sociais: Twitter: https://twitter.com/gosling_ana Facebook: https://www.facebook.com/analucia.gosling

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *