Conheça mais sobre Beatriz Damini, a Martinha de Malhação: Toda Forma de Amar.

Foto: JanSen

Atriz e cantora paulista Beatriz Damini que fez uma participação na série “Assédio”, estreia na sua primeira novela, “Malhação: Toda Forma de Amar”. 

Sua personagem Martinha, será uma das antagonistas da trama. Namorada de Filipe, a menina promete lutar com unhas e dentes pelo namoro.

Conversamos com Beatriz durante a coletiva de Malhação e ela contou um pouco sobre o processo e sua personagem.

“Foi tudo muito intenso, pra mim veio tudo de última hora, foi uma coisa que aconteceu muito rápido. Eu descobri o teste em um dia e no outro eu já estava vindo pro Rio pra fazer, porque tava na última semana já de preparação, então  cheguei com o bonde andando e então tá sendo tudo muito intenso. Acho que é preparação, tanto agora pra estrear a gente tá numa ansiedade assim, absurda. E eu faço a Martinha, que é essa antagonista, ela namora o Felipe e ela é muito apaixonada pelo Felipe, então tá disposta a fazer qualquer coisa pra manter ele dentro da vida dela. Ela chega a beirar essa vilania, ela é muito escorpiana, então assim se ela ver que tem algo ameaçando o terreno dela, se torna esse bicho e vai atrás das coisas que ela quer, ela é muito determinada no que ela faz. “

Ela revelou que gravou até uma cena já aprontando uma, mas não nos deu o spoiler. Mas já sabemos que vem confusão por ai né.

“Marta é uma pessoa que a gente tem muito em comum, então eu diria que a Marta tem essa coisa de querer ver o mundo. Ela gosta muito de explorar, tem um país também que ela gosta muito, que eu também não vou falar
qual é, gosta muito e ela quer se mudar e enfim, ela não pertence ao lugar que ela tá. Também sou muito assim, mas a Marta já tem uma coisa muito fechada das coisas, é aquilo que ela acredita, é aquela opinião e pronto, ela não é maleável. Eu já me considero maleável, eu gosto de escutar, acho que tem muitas coisas pra gente aprender por aí. E essa coisa da vingança, eu não sou muito vingativa, mas eu também aprendi a não julgar, porque eu comecei a entender qual era o lado dela nisso tudo. Todas as questões internas que ela tem , tanto com aparência sabe, a estética e que a sociedade cobra em cima dela que é muito grande, então to aprendendo muito. A Martinha ela foi bailarina, foi modelo, faz hipismo, faz economia, mas não tem música, ela faz muitas coisas. Martinha é uma pessoa que eu admiro.”

Bia que também é cantora, publica alguns covers em seu perfil no Instagram (@biadamini ), mas também possui composições próprias. Para alegria dos fãs, ela lançará seu EP daqui uns meses. Na hora de escolher entre a carreira de atriz ou cantora, podemos esperar muitos trabalhos nas duas áreas, porque a jovem artista não pretende escolher uma só.

“Não tem como decidir, eu acho que são duas coisas que significam muito pra mim, sabe. A arte em todo sentido, tanto na música como até na atuação, são minhas paixões, então, os amores da minha vida, eu brinco que música e atuação são os amores da minha vida.”

Foto: JanSen

E falando de Malhação, ela também comentou sua relação com a novela, afinal todo jovem tem ou já teve alguma memória com a novela.

“Quando eu era pequenininha eu até assistia, eu gostava, eu pensava “Ah, ia ser muito legal se um dia…”, mas assim, viajando né. Sempre levei tudo muito em paralelo, tenho um lado muito forte de música também, que  também levava em paralelo e ai em algum momento eu decidi. Me dar essa chance de fazer isso, veio  Malhação  e realmente tá sendo uma oportunidade assim muito grande, que é um sonho. É um sonho.”

Malhação: Toda Forma de Amar’ é escrita por  Emanuel Jacobina, com supervisão artística de Carlos Araujo e direção artística de Adriano Melo, a trama traz histórias de amor que se cruzam, sejam elas sobre casais, pais e filhos, irmãos ou um grupo de amigos.

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

maribarcelos
Eu me chamo Mariane Barcelos, tenho 26 anos, sou designer e estudante de Audiovisual, construindo uma carreira na área. Já viajei para quase todos os cantos do mundo, inclusive já fui para fora do planeta, já dei um pulo em Marte, conheci uns anéis de Saturno e me aventurei em galáxias muito distantes, me transformei em bruxa, loba e vampira, também já fui super heroína e vilã. Não pensem que sou louca, sou apenas uma cinéfila que enxerga nos filmes uma maneira de se desconectar da realidade, ou quem sabe me conectar, com a minha realidade. Quando eu vejo um filme é para me conectar com aquele mundo, se não estou no clima, digo "nossa que dor de cabeça" e fica para um outro momento. Cinema é para ser sentido, para se apaixonar e se iludir. Encantar. Espero poder compartilhar com vocês, toda essa emoção que eu sinto ao assistir um filme e conseguir fazer com que vocês também embarquem nessa viagem sem destino. Agora através do ArteCult, também faça cobertura de eventos, como o Festival do Rio, RioMarket, Pré-Estreias e afins. Assim como nos filmes, espero poder trazer grandes novidades e coberturas completas em todas as mídias sociais, para que vocês, leitores, possam se sentir sempre imersos ao nosso universo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *