La Cama: Veja a entrevista com a diretora deste filme que fala sobre todas as dificuldades das nossas “retas finais”

Conversamos com a diretora argentina Mónica Lairana sobre o seu filme “La Cama” que estreia dia 25/04 no Brasil. O fime mostra o processo vivido por um casal que precisa limpar um apartamento antes da venda, assim, revivem lembranças, confrontam seus medos da velhice e da solidão. O filme fala de despedida, uma “reta final” do relacionamento do casal. Monica nos contou sobre sua expectativa em relação à receptividade do povo brasileiro, o que sentiu nesta sua estreia também como diretora (mas apesar disto, já ganhou o prêmio de Melhor Diretora no Festival Internacional de Mar del Plata) e fez um convite especial para os seguidores do ARTECULT.

AC ENTREVISTA DIRETORA MÓNICA LAIRANE

 

 

 

 

Esta coprodução internacional (Brasil, Argentina, Alemanha e Holanda) estreou internacionalmente no Festival de Berlim, e fez sua première brasileira no Festival do Rio, em 2018. Mónica Lairana também assina o roteiro deste filme intimista que trata sobre o amor, do ponto de vista do doloroso processo de dissolução. O longa conta os atores argentinos Sandra Sandrini e Alejo Mango.

Jorge (60), interpretado por Alejo Mango, e Mabel (59) interpretada por Sandra Sandrini, decidem se divorciar após 30 anos de casamento. A casa onde viveram acaba de ser vendida e eles passam as últimas 24 horas debaixo do mesmo teto e vivenciam a nostalgia, a cumplicidade e a sexualidade remanescente desta relação. A separação deste casal sexagenário revela o processo de luto e de redescoberta de si mesma da personagem Mabel. “Por detrás do drama sentimental, lidamos também com outras subjetividades: o medo de envelhecer, o medo da solidão, o declínio do corpo, a nudez. ”, declara a diretora e roteirista Mónica Lairana.

 

SINOPSE

Jorge (60) e Mabel (59) decidem se divorciar após 30 anos de casamento. A casa onde viveram todos esses anos acaba de ser vendida e eles passam as últimas 24 horas de convivência debaixo do mesmo teto. Enquanto desmantelam a casa, esvaziam também um baú de memórias afetivas e deixam-se levar pelo vai e vem das emoções e recordações da despedida.

 

“LA CAMA” nos Festivais Internacionais 

O filme já ganhou os prêmios de Melhor Diretora Argentina e Melhor Atriz Argentina no Mar Del Plata International Film Festival de 2018 e foi elogiado pela imprensa argentina. Este é o primeiro longa da diretora que já participou de mais de 20 filmes como atriz. O filme foi indicado em três categorias ao Prêmio Condor de Plata 2019, anunciado pela Associação de Críticos Cinematográficos da Argentina. Mónica concorre na categoria “Melhor filme de diretor estreante”, e os atores também concorrem nas categorias Melhor Atriz e Melhor Ator.

Esta coprodução internacional também fez parte da seleção da Competição Internacional do Kerala International Film Festival na Índia. O filme ainda participou, em 2018, do Forum do Festival de Berlim.

Entre outros festivais internacionais: Espoo Ciné International Film Festival, na Finlândia; do New Horizons International Film Festival, na Polônia; do Festival Black Canvas, no México; no Femcine – Festival De Cine De Mujeres, no Chile, e do Filmmor Women’s Film Festiva,l na Turquia.

No Brasil, “La Cama” participou do Festival Do Rio / Première Latina e também do Festival Juiz De Fora / Primeiras Películas.

As produtoras Rioabajo (Argentina) Gema Films (Argentina), 3 Moinhos (Brasil), Topkapi (Holanda) e Sutor Kolonko (Alemanha) assinam a produção do longa. Livres Filmes é a distribuidora no Brasil.

 

 

CONFIRA O TRAILER

 

 

 

 

 

NOTA DA DIRETORA:

“La Cama” é um filme intimista sobre o amor, mas do ponto de vista do doloroso processo de dissolução. Por detrás do drama sentimental, lidamos também com outras subjetividades: o medo de envelhecer, o medo da solidão, o declínio do corpo, a nudez. A narrativa é guiada por esses corpos já velhos e enrugados – a proximidade, distância e vibração que ainda existe entre eles.

 

FILMOGRAFIA DA DIRETORA

Atriz e cineasta, Mónica Lairana dirigiu o curta “Rosa” (Festival de Cannes – Competição Oficial), “Maria” (Festival de Rotterdam, Festival de Mar del Plata – Competição) e “Emilia” (Bafici, Viennale). Como atriz, trabalhou em mais de 20 filmes e ganhou o Prêmio Condor de Prata por sua atuação em El patrón, radiografía de un crimen (2014).   “La Cama”, seu primeiro longa-metragem teve sua première no Festival de Berlim em 2018.

 

FILMOGRAFIA como diretora, roteirista e produtora:
2018 La Cama (HD, 94’)
2014 Emilia (Found footage, 4’)
2012  María (HD, 13’)
2010  Rosa (35mm, 10’)

 

FILMOGRAFIA  como atriz:
2016 Maracaibo, dirigida por Miguel Angel Rocca (ARG)
2014 El aprendiz, dirigida por Tomás de Leone (ARG)
2014 Veredas, dirigida por Fernando Cricenti (ARG)
2013 El patrón, radiografía de un crimen dirigida por Sebastian Schindel (ARG)
2013 Mujer lobo, dirigida por Tamae Garateguy (ARG)
2013 Marea baja, dirigida por Paulo Pécora (ARG)
2010 A la deriva, dirigida por Fernando Pacheco (ARG)
2009 Agua y sal, dirigida por Alejo Taube.(ARG)
2008 El desierto negro, dirigida por Gaspar Scheuer. (ARG)
2007 Mentiras piadosas, dirigida por Diego Sabanés(COPR. ARG/ ESP)
2007 El sueño del perro, dirigida por Paulo Pécora.(ARG)
2006 El niño de barro, dirigida por Jorge Algora. (COPR. ESP/ ARG)
2005 Cruzaron el disco, dirigida por Fernando Cricenti (ARG)
2004 El cielito, dirigida por Maria Victoria Menis. (COPR. ARG/ FRANC) /
1996 Evita, dirigida por Alan Parker. / (EEUU)

 

FICHA TECNICA

Data de lançamento 25 de abril de 2019 (1h 35min)
Direção: Mónica Lairana
Elenco: Alejo Mango, Sandra Sandrini
Gênero: Drama
Nacionalidades: Argentina, Brasil, Holanda, Alemanha

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Raphael Gomide
Fundador e Diretor Geral do ArteCult.com e Sócio-fundador e editor do QuadriMundi. Ambos projetos da Webstaff, sua empresa. Apaixonado pela sua família e por toda forma de ARTE e CULTURA. Nas redes sociais, administra além das páginas do ArteCult e QuadriMundi, as páginas do OlheiroMusical.com, Atuando, Dica de Vinho, Dicas de Filmes, Dicas de Livros, Dicas de Músicas, Futuristiko, Infância80, Olheiro Musical, Bullying nas Escolas, Reação Adversa e Portal TEAmigo (comunidade TEA - Transtorno do Espectro Autista).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *