THE SOCIETY: Um novo LOST adolescente

 

The Society, a nova série de mistério e drama adolescente da Netflix, é o combo perfeito para quem adora montar um quebra cabeça ou virar um detetive criando teorias. Foi criada por Christopher Keyser e dirigida por Marc Webb, conhecido por “500 Dias com Ela” e a franquia “O Espetacular Homem-Aranha”.

A série é sobre um grupo de jovens que são transportados para uma cidade idêntica a deles, porém onde seus pais sumiram e acabam presos nesse local. Tudo aconteceu depois de entrarem em um ônibus com destino a um acampamento, porém acabam sendo deixados nesse lugar.

O primeiro ponto que gostei muito é que foi mantido um padrão em todos os episódios, pois desde o início é definida o clima da narrativa, onde podemos ver a essência de cada personagem, como é o ambiente em que vivem e as consequências da mudança.

Contudo, os episódios poderia ser encurtados para deixar a história mais redondinha, mas não é algo que incomoda muito, até porque quando acaba você deseja que ainda tenha mais para assistir. Afinal, o último capítulo termina em aberto, com várias pontas soltas.

Os personagens são muito bem representados, com dificuldades reais e histórias complexas que ainda não foram totalmente reveladas e desenvolvidas, pois a série escolhe focar bastante na questão de como eles vão sobreviver sozinhos e os dramas de terem que organizar e manter a união do grupo – por isso o nome da série –  tendo que criar essa sociedade e aprendendo a viver em conjunto.

O roteiro, muito bem escrito, mostra temas que são muito importantes, como: desigualdade social, preconceito, relacionamento abusivo, poder, violência e feminismo. Mas um dos focos principais da narrativa é a política, sendo o ponto alto da série que mostra: guerra civil, a origem da democracia, tirania, pena de morte, tomada de poder, tudo que gira em torno do atual contexto mundial em que vivemos.

A fotografia é incrível, com tons escuros para manter um clima de mistério, certos pontos de luz para chamar atenção e também mudança de cores que passam a ser mais vibrantes em momentos de harmonia entre os personagens. tudo isto faz com que a série ganhe ainda mais pontos positivos.

Já a trilha sonora não é uma coisa que chama tanta atenção, porém se entrelaça perfeitamente com as cenas de uma forma natural.

Além de tudo isso, a série embarca no tipo de mistério que já somos familiarizados, principalmente após a série “Lost” de 2004, que abordava muito as questões de sobrevivência e de como foram parar naquele lugar, porém não mostrando tanto o passado, o local é diferente, porém a mesma ideia de estarem presos, mas agora com personagens adolescentes.

The Society é uma série muito boa que merece nossa atenção, principalmente pelos amantes de mistério e de dramas adolescentes que irão se apaixonar pela história e ficar criando várias teorias sobre o que está acontecendo com esses jovens. Sem contar as atuações que estão realmente ótimas!

 

 

*Atenção: *

Um aviso , a partir daqui existem muitos spoilers sobre a série e se você ainda não assistiu, pare agora que é melhor… Depois de assistir volte aqui e continue a leitura !!!

Aqui estão algumas teorias que podem se encaixar com a história:

Primeira teoria

Existe uma antiga história de 1284, escrita pelos irmãos Grimm, que conta que existia uma cidade chamada Hamelin infestada por ratos e um belo dia chegou um flautista dizendo que poderia acabar com a praga se recebesse uma boa recompensa por isso. O povo então aceitou e o flautista tocou sua flauta e todos os ratos saíram da cidade sendoguiados pelo som da música.

Porém, depois a população resolveu não mais pagar a recompensa combinada e o flautista, como forma de vingança, tocou novamente sua flauta, mas desta vez atraindo todas as crianças da cidade, que ficaram enfeitiçadas com o som e o seguiram até uma caverna, onde o flautista as trancou. Assim, Hamelin ficou sem ratos e sem crianças.

Relação com a série: O começo da série já mostra que existia um cheiro ruim impregnado na cidade e que foi contratado um cara chamado Pfeiffer, porém rompe o contrato com ele. Mais adiante descobrimos que esse cara era o que estava dirigindo o ônibus, ou seja uma forma de vingança por terem desfeito o contrato com ele.

Segunda Teoria

Os personagens estão sendo observados (como no filme “Maze Runner“) e seus comportamentos e atitudes estão sendo analisados.

Terceira Teoria

Seria um Universo Paralelo. Esta teoria pode se juntar a primeira, até porque pode ter sido uma forma de vingança terem sido levados para um universo alternativo, onde haja apenas eles na sociedade. E o cachorro que aparece na série consegue viajar entre essas duas dimensões. Pois aparece na sociedade deles e, no final, ao lado da mãe da Allie e Cassandra.

Algumas perguntas intrigantes

Porque o cachorro aparece justamente na morte de Cassandra? E, se vocês perceberem, antes se sua morte se escuta um barulho de salto? Ou seja, pode não ter sido o Dewey.

O que é o trecho bíblico que aparece no inicio da série? Será que eles estão sendo castigados de alguma forma?

E quem é o pai do filho da Becca? Se vocês perceberam, ela colocou o nome do filho de Eden, novamente um link Bíblico.

E o que representa realmente aquele cheiro ruim?

Por fim, se você não sabe, a maioria dos pais da cidade são advogados, será que isso pode ter alguma relação também?

CONFIRA O TRAILER DA SÉRIE

 

 

 

 

Muitas séries e abraços 😉

ATÉ A PRÓXIMA!!!

Larissa Vale – CABINE SETE

 

Acompanhem-nos em nossas redes sociais:

@artecult , @cinemaecompanhia , @tiltcine@cabinesete ,  @cinestimado e @resetdepoisdever

Acompanhe o resumo do dia do universo de Cinema & Séries:

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

CABINE SETE
O instagram @cabinesete é um projeto criado por Larissa Vale, Gabriela Carvalho e Iana Nunes para levar entretenimento e informação do mundo do cinema e da TV, de forma divertida e responsável, para todos aqueles que amam este universo tanto quanto nós. Agora o Cabine Sete vai estar aqui também no Canal CINEMA & SÉRIES do ARTECULT ! Mas não esqueçam de nos seguir no Instagram, ok?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *