HORÁCIO: Uma história intrigante que não atingiu seu potencial

O filme “Horácio”, dirigido por Mathias Mangin, traz uma história curiosa e intrigante, com uma sinopse muito interessante. Mas ao assistir o longa sentimos que faltou algo. Era preciso desenvolver mais os personagens e o final poderia ter sido outro.

A trama se passa em apenas um dia na cidade de São Paulo e acompanha a vida de diferentes pessoas que se interligam: uma prostituta, um traficante, um viciado em jogos, um capanga, um agiota, entre outras pessoas.

Mas a história central é o do contrabandista Horácio (Zé Celso) que está sendo procurado pela polícia por corrupção e ao mesmo tempo sofre a dor de um amor que nunca será vivido.

Ao começar o filme, a ideia que vai sendo criada na sua cabeça é totalmente transformada no decorrer dos acontecimentos, o que torna este conceito um ponto positivo na trama, que desta forma a todo momento te surpreende, mesmo te mostrando o que vai acontecer no final, ela te engana durante todo tempo que está assistindo.

Quando a história é analisada em si,  conseguimos perceber as várias vertentes que o roteiro propicia, principalmente as questões de ser pobre e que todos os personagens querem dinheiro, aliás estas são as grandes questões: o dinheiro, a riqueza e ter os seus desejos sendo realizados.

Entretanto, o ponto principal, que é a grande sacada, é a forma com que cada personagem deseja esse dinheiro e as contradições que acabam ocorrendo.

Petula (Maria Luisa Mendonça) deseja liberdade, Faraó (Ricardo Bittencourt), pagar a sua dívida e continuar no seu vício, Nádia (Sylvia Prado) quer ter seu filho de volta  e Milton (Marcelo Drummond) e Horácio (José Celso Martinez Correa) querem amor.

Mas o que falha neste conceito é a narrativa que não evolui para alguns personagens, fazendo com que tudo ande em círculos, não chegando a lugar algum no final.

Os planos em que são filmadas as cenas e as cores utilizadas na boa fotografia, mostra o quanto várias coisas foram muito bem trabalhadas. Temos cortes rápidos ou planos com posições diferentes, mostrando outro ponto de vista. Todavia, com bastante planos detalhes e planos gerais para mostrar a cidade do alto.

As atuações são muito boas, porém realmente faltou um aprofundamento da vida dos personagens. Única exceção, a personagem Nádia, possui várias camadas de personalidade e toda uma história por detrás. As principais críticas no longa metragem giram em torno dela: prostituição, a forma de tratar a mulher como um objeto, a questão do dinheiro e também o fato dela ser mãe e não ter direito de ver o filho.

Com uma premissa inusitada,  “Horácio” é um conjunto de acontecimentos e críticas a varias coisas que acontecem no Brasil ou na vida de alguma pessoa. Pode não ser da mesma forma, porém quem nunca ouviu falar de: dívidas com traficantes, pais problemáticos, esconder a sua sexualidade, vergonha do que é e o quanto a justiça brasileira não funciona?!

Assuntos importantes que não souberam explorar e destrinchar.

 

CONFIRA O TRAILER DO FILME

 

 

 

 

 

Muitos filmes e abraços 😉

ATÉ A PRÓXIMA!!!

LARISSA VALE  – CABINE SETE

Siga nosso Instagram!

 

Ficha Técnica:

HORÁCIO

  • Roteiro, Direção, Edição e Produção Mathias Mangin
  • Produção e Produção Executiva Marcelo Maximo
  • Produtora Igloo Filmes
  • Direção de Elenco Anna Luiza Paes de Almeida
  • Preparação de Ator Marcio Mehiel
  • Direção de Fotografia Diego Garc
  • Direção de Arte Martin Garcia
  • Figurino Tica Bertani
  • Design Gráfico Ricardo Fernandes
  • Pós-Produção de Imagem Psycho n’Look
  • Mixagem de Som NOISEstudio
  • Direção Musical Tobias Kracochansky e André Ricardo
  • Arranjos e Composições Marcos Pantaleoni, João Erbetta, André Ricardo
  • Distribuidora O2 Play

Acompanhem-nos em nossas redes sociais:

@artecult , @cinemaecompanhia , @tiltcine@cabinesete ,  @cinestimado e @resetdepoisdever

Acompanhe o resumo do dia do universo de Cinema & Séries:

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

CABINE SETE
O instagram @cabinesete é um projeto criado por Larissa Vale, Gabriela Carvalho e Iana Nunes para levar entretenimento e informação do mundo do cinema e da TV, de forma divertida e responsável, para todos aqueles que amam este universo tanto quanto nós. Agora o Cabine Sete vai estar aqui também no Canal CINEMA & SÉRIES do ARTECULT ! Mas não esqueçam de nos seguir no Instagram, ok?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *