REVOLUÇÃO EM LAGOA LINDA: Livro de Carlos Fernando Galvão é uma reflexão entre a idealização e a realização de uma sociedade mais justa

O livro “Revolução em Lagoa Linda” conta a saga do povo Salbris (os “grandes por dentro”) que, após terem sido perseguidos e massacrados por gigantes, e sofrido com três terremotos, conseguem reconstruir sua aldeia e partem em busca de sobreviventes. No caminho, a comitiva escolhida por assembleia geral, conforme suas leis, enfrentam descobertas nada agradáveis sobre suas lideranças, mas surpreendem-se com a ajuda que conseguem para alcançar seus objetivos.

De forma ficcional, o livro escrito a quatro mãos, pelos professores Mário Galvão (seu pai,  falecido em 2018) e Carlos Fernando Galvão, reflete sobre a dificuldade entre a idealização e a realização de uma sociedade mais justa. O livro é uma reflexão entre a idealização e a realização de uma sociedade mais justa e tem prefácio de Chico Alencar.

Originalmente concebido como roteiro de uma peça teatral ou filme, essas partes não foram suprimidas, de forma que o leitor possa viajar não só na história, como na roteirização, mas que permita refletir sobre o conceito de democracia, participação popular e de sociedade solidária. O leitor encontra política, ciência, fantasia e questionamentos.

“Revolução em Lagoa Linda” é uma oportunidade de mergulhar em sonhos, de ter a liberdade de sonhar e de pensar em lutar por um mundo mais humano, com mais igualdade e mais amor. Como diz Nélida Piñon, “… escrever liberta”. Mas ler também.

“O mundo das letras e da produção de sentidos sociais é fantástico, pois assim nos comunicamos, deste modo constituído-nos como seres conscientes e existentes, individual e socialmente. Vivemos o mundo a partir de apropriações/reapropriações/devoluções metafísicas e simbólicas, com significações ideológicas, no sentido empregado pelo filósofo argentino Eliseo Verón, que dizia que uma ideologia não é apenas, e nem prioritariamente, uma listagem de conteúdo, mas é, sobretudo, uma gramática de engendramento de sentidos sociais. Leio porque gosto de mergulhar no mundo e reconstruí-lo internamente; escrevo porque é uma forma de gritar ao vento, as palavras que soprarão laivos de mim, para este mundo, levando-me ao infinito, ao indivisível. Um grito elegante e discreto”, define Carlos Fernando.

 

SINOPSE

Revolução em Lagoa Linda

Este livro é uma obra de ficção escrita a quatro mãos: por um pai, professor Mário Galvão (falecido em 02 de agosto de 2018), e filho, professor Carlos Fernando Galvão, onde os dois refletem sobre a dificuldade entre a idealização e a realização de uma sociedade mais justa, por intermédio de uma história onde os Salbris (os “grandes por dentro”), perseguidos por gigantes, reconstroem sua aldeia e partem em busca dos sobreviventes da diáspora de que foram vítimas, após um grande massacre dos gigantes e de três grandes terremotos. No percurso, a comitiva, escolhida em assembleia geral, que é como governam a si mesmos, que vai recebendo adesões ao longo da viagem, vai descobrindo coisas nada agradáveis sobre suas lideranças, mas também conseguem ter várias surpresas que os ajudam a conseguir seus objetivos. O livro foi escrito, originalmente, na forma de um roteiro de uma peça teatral ou de um filme. Essas partes poderiam ter sido suprimidas para esta versão da história, materializada neste livro. Contudo, achamos que seria interessante para o leitor viajar, junto conosco, não apenas na história, mas também em sua roteirização. Esta obra é destinada a todo aquele, jovem, adulto ou idoso, que busca refletir sobre a sociedade em que vive, como ela se organiza e sobre o conceito de democracia, de participação popular e de uma sociedade solidária. As reflexões que o livro incita são feitas de modo lúdico e leve, no decorrer de uma aventura em que, não apenas tais reflexões, como também questões científicas, são discutidas no bojo do enredo ficcional.

 

SOBRE O AUTOR 

Carlos Fernando Galvão é carioca, Bacharel e Licenciado em Geografia (UFF), Especialista em Gestão Escolar (UFJF), Mestre em Ciência da Informação (UFRJ/CNPQ), Doutor em Ciências Sociais (UERJ) e Pós Doutor em Geografia Humana (UFF). Autor de mais de 120 artigos, entre jornalísticos e científicos, escreveu para O Globo, Jornal do Brasil, Folha de São Paulo e Le Monde Diplomatique (colaborador atualmente). Também é autor de outros 9 livros, textos acadêmicos e literários.

O livro, publicado pela Editora Appris/Artêra E com prefácio de Chico Alencar, pode ser encontrado em formato impresso e digital e pode ser adquirido na Livraria da Travessa, Ponto Frio, Casas Bahia, Submarino, Lojas Americanas, Amazon, Google Play, Barnes & Noble, Apple Books, entre outros.

 

 

 

SERVIÇO

“Revolução em Lagoa Linda”

  • Autor: Carlos Fernando Galvão
  • Editora: Artêra
  • ISBN: 978-65-250-0635-2
  • Edição: 1ª
  • Ano da edição: 2021
  • Data de publicação: 09/04/2021
  • Número de páginas: 129
  • Encadernação: Brochura

Links de Venda:

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Redação ArteCult.com
Redação do Portal ArteCult.com.   Expediente: de Seg a Sex - Horário Comercial.   E-mail para Divulgação Artística: divulgacao@artecult.com.   Fundador e Editor Geral: Raphael Gomide.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *