O ÚLTIMO LANCE: a aposta de uma vida e o risco de se viver de arte

O ARTECULT já conferiu “O Último Lance” (Tuntematon Mestari) da CINEART, um filme finlandês muito sensível. Este longa do diretor Klaus Härö (de “O Esgrimista”) que chega aos cinemas brasileiros no próximo dia 18/4 é uma história sobre o valor oculto das coisas.

O enredo gira em torno de um quadro muito valioso que o marchand Olavi (Heikki Nousiainen) identifica dentre todos os ítens de um determinado leilão. O quadro, subestimado pelo leiloeiro e que acaba sendo comprado por Olavi por 10.000 Euros, trata-se simplesmente de um genuíno Ilya Rempi, que foi um dos maiores pintores russos.

Cena de O Último Lance. Foto: Divulgação.

O valor deste lance foi uma imensa aposta, afinal Olavi, já com 72 anos, ainda não tem a quantia e tem muita dificuldade com seu atual negócio, compra e vende quadros mas não consegue lucro nem manter seu negócio. Já com muitas dívidas, o velho marchand na verdade procura sobreviver através de suas incursões em leilões, vendendo as obras arrematadas às dura penas para antigos clientes. Precisa, portanto, levantar o quanto antes a quantia.

Antes da compra, durante o processo de identificação da obra de arte e suas pesquisas para comprovar que o quadro é mesmo um Rempi, sua filha Lea (Pirjo Lonka), que ele não vê há bastante tempo, entra em contato pedindo para que ele dê estágio em sua loja ao seu neto Otto (Amos Brotherus), um adolescente de 15 anos inquieto, mas muito inteligente.

Otto começa a ajudá-lo e ambos procuram comprovar a autenticidade do quadro buscando a imagem em livros e catálogos antigos. Assim, o filme mostra como, aos poucos, os dois estabelecem uma relação de amizade. otto consegue inclusive vender outro quadro por um bom preço, despertando a admiração do avô. O filme mostra então, de maneira progresiva, as mazelas da família, a mágoa da filha por não ter tido suporte do pai quando divorciou, o distanciamento entre ambos e a tentativa de reconstrução dos laços familiares.

Cena de O Último Lance. Foto: Divulgação.

“O Último lance” mostra então o grande risco de vida de Olavi, ao dar um lance maior do que podia pagar. Uma aposta derradeira e decisiva, justamente no momento em que enfrenta suas dívidas e seus erros do passado, estes provocados principalmente pela sua ausência em relação à filha e seu neto.

Em uma determinada cena, Olavi apresenta alguns quadros famosos para o neto, mostrando seus valores de mercado e explicando um pouco as técnicas e motivação do autor. O filme nos faz pensar. Às vezes, o valor da nossa família é tão subestimado quanto várias obras de arte. O que tem ou não preço em nossas vidas? Na verdade, saber viver é realmente uma arte, precisamos equilibrar nosssas atividades profissionais e nossa presença familiar. Esta foi para mim, sem dúvida, uma das mensagens mais importantes deste filme.

Cena de O Último Lance. Foto: Cata Portin.

A trilha sonora, lindíssima com uma música incidente suave, apoia muito bem a trama, principalmente nas cenas mais dramáticas. Heikki Nousiainen, ator conhecidíssimo na Finlândia, entrega uma atuação muito convincente como o velho marchand que se encontra no momento crucial de sua vida. Também me chamou muito atenção como foram filmadas algumas cenas, principalmente a utilização das cores, como pode-se perceber um pouco por estas imagens de divulgação.

Confira o Trailer

 

 

 

 

“O Último lance”, por si só, também é uma grande aposta que corre um grande risco de não ser bem aceito pelo público em geral. Falar de arte e cultura num mundo como o de hoje – e ter atenção – é sempre um imenso desafio.

RAPHAEL GOMIDE

FICHA TÉCNICA   

O ÚLTIMO LANCE
Direção: Klaus Härö
Roteiro: Anna Heinämaa
Elenco: Heikki Nousiainen, Amos Brotherus, Pirjo Lonka
Ano: 2018
País: Finlândia
Duração: 95 min.
Classificação: a definir

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Raphael Gomide
Fundador e Diretor Geral do ArteCult.com, Sócio-fundador e editor do QuadriMundi, ambos projetos da Webstaff, sua empresa que está sendo estruturada e que também gerencia outros portais como o BandasNovas, OlheiroMusical, Bullyng nas Escolas, Reação Adversa e CasarOnLine. Apaixonado pela sua família e por toda forma de ARTE e CULTURA. No Facebook, administra vários grupos tais como Dicas de Filmes, Dicas de Livros, Dicas de Músicas , além das páginas Futuristiko (sócio-fundador), Infância80, Olheiro Musical, Bullying nas Escolas, Reação Adversa e Portal TEAmigo (app em desenvolvimento para a comunidade TEA - Transtorno do Espectro Autista).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *