Lições da dança

1 - Alunos da Marcelle 2

Marcelle com seus alunos: transmitir o que aprendeu na dança com generosidade é lição número 1

“Retribuir o mesmo que foi lhe dado enquanto bailarino. Esse deve ser o objetivo do bailarino.” Quando li essa frase no blog da escola Joffrey Ballet, percebi o que realmente move um artista de dança.

E, fazendo uma retrospectiva de minhas “andanças”,  refleti que recebi de meus professores ensinamentos que foram além da técnica. Eles me ensinaram que Dançar é ter generosidade, tanto com os amigos de classe, em cena nos palcos, como com outros bailarinos, ou diariamente, enquanto professor.

A forma de transmitir tais ensinamentos diferiu de um mestre para outro, mas todas as lições convergiam até a generosidade. A bronca de um, a paciência de outra, o carinho e a dedicação de outra professora, o tempo que passamos juntos em aulas, ensaios e em testes e provas. Em tudo há o que aprender. Observar o mestre é tão importante quanto ser observado por ele.

 

3 - Alunos da Marcelle

A alegria é tempero obrigatório nas suas aulas

E cada um desses professores deixou um pedacinho de si em mim e no meu trabalho. Como uma grande colcha de retalhos, sou fruto dessa construção, pedaço por pedaço, que resultou em um novo ser dançante, complexo e rico de vivências.

O resultado? Passar adiante tudo o que aprendi. Com generosidade e gratidão.

E assim acredito e sigo: retribuir por tudo o que me foi dado em minha formação em Dança.

Talvez você tenha vivido essa experiência em outra carreira ou atividade. O que você aprendeu com seus professores? O que deles você carrega dentro de si?

Até breve!

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Marcelle Banks
Sou Marcelle Pereira Soares Banks, a.k.a Celle Banks. Sou profissional com 10 anos de experiência na área de comunicação, com passagem pelo setor acadêmico privado e público, me formei em Comunicação Social na Universidade Federal Fluminense (UFF) e fiz o curso de Dança Contemporânea na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Há 12 anos, atuo profissionalmente como Bailarina, Designer, Coreógrafa e Publicitária. Amante das Artes Culturais e Sociais, sou empreendedora e promotora da diversidade cultural. Tenho um enorme desejo de me comunicar com as pessoas e escolhi fazer isso através da dança. Gosto de compartilhar com os outros a minha paixão pela dança. Meu maior interesse é estudar a diversidade de danças através do olhar contemporâneo, das danças tradicionais às urbanas. Já me apresentei em universidades, festivais e teatros do Brasil. Nos Estados Unidos, desenvolvo atualmente um trabalho sobre a investigação de danças tradicionais brasileiras. Essas obras têm aparecido em Festivais Internacionais. Em 2015, me mudei para a Argentina e aprimorei meus estudos a partir de fontes de universidades locais, como Universidad Nacional de las Artes. Divido-me entre Buenos Aires, Des Moines, Rio de Janeiro e Florianópolis, sempre embalada na minha paixão pela família e pela dança