Festival Tap in Rio enche de swing a Cidade Maravilhosa (22 a 27/01)

Entre os dias 22 a 27 de janeiro, a cidade do Rio de Janeiro ganhará uma sonoridade diferenciada: a das chapinhas dos sapatos de Sapateado de praticantes dos quatro cantos do Brasil no Festival Tap in Rio 2018. 

Além dos cursos e aulas master típicas dos festivais do gênero, o evento ainda conta com uma programação imperdível distribuída pelos palcos cariocas, uma ótima oportunidade para apreciar um pouco dessa arte.

Criado originalmente para ser um simples curso de verão de sapateado americano, o Tap in Rio tornou-se, aos poucos, o evento referência no país, reunindo os melhores profissionais e centenas de alunos em torno de aulas, performances, mesas-redondas e outras atividades.

Sua primeira edição, em janeiro de 2002, surgiu da iniciativa dos artistas Steven Harper e Adriana Salomão, em que buscavam o desenvolvimento e aprimoramento do sapateado no Brasil. Mais do que reproduzir a estética atual do sapateado “feito nos EUA”, o Tap in Rio procura incentivar o crescimento de um “sapateado com sotaque brasileiro”, enfatizando “o jeito brasileiro de dançar e sentir a música”. 

Para quem já é praticante dessa arte, um elenco com 31 professores está à disposição nos tradicionais cursos e nas novas atividades: aulas para a 3ª idade; Gumboot – dança percussiva da Africa do Sul -; metodologia de ensinoNovos repertórios; “como trabalhar com música ao vivo”e danças e ritmos do Brasil. As inscrições podem ser feitas na secretaria do evento.

Para o público em geral que desejar acompanhar um pouco da arte do sapateado, a programação extra é a seguinte:

Palco Tap in Rio – apresentações de professores e grupos convidados; as noites contam com músicos que deixam tudo mais interessante. O Palco Tap in Rio conta também com o concurso de solistas, o Desafio Tap in Rio.

Batalha Tap in Rio – conhecida historicamente por “Cutting Contest”, a batalha é um duelo entre dois sapateadores, com regras estabelecidas e um corpo de jurados para determinar o vencedor. A programação conta com a Batalha Teen, Eliminatórias Batalha adulta, Apresentação Repertório Gene Kelly, Apresentações Teen e Final Batalha adulta.

Jam Session – este momento é regado de  improvisos dos sapateadores, alunos e professores do evento, acompanhados por músicos renomados. A noite segue com uma  festa de confraternização ao som da banda “Mark Lambert Trio”.

Confira o vídeo do evento:

Detalhes da programação :

Palco Tap in Rio

Dias 24 e 25 de janeiro de 2018
Horário:
 20h30
Local: Teatro Fashion Mall (Estr. da Gávea, 899 – São Conrado)
Estr. da Gávea, 899 – São Conrado
Ingressos: R$50,00 (Inteira) / R$25 (Meia)*  Ingressos disponíveis pelo site www.tudus.com.br a partir do …  (em breve)
*Participantes do evento pagam meia.

Batalha Tap in Rio

dias 26 e 27 de janeiro
Horário:  19h00
Teatro Cacilda Becker, R. do Catete, 338 – Catete, Rio de Janeiro
Ingresso preço promocional: R$15,00

Dia 26

  • Batalha Teen
  • Eliminatórias Batalha adulta

Dia 27

  • Apresentação Repertorio Gene Kelly
  • Apresentações Teen
  • Final Batalha adulta

Jam Session – 

Dia 27 de janeiro, a partir dad 21:30

Couvert- 25,00

Local: Dança CCC
Rua Sete de setembro 237 / 3º andar
Pça Tiradentes, Centro
Tel 21-31761412
Clique aqui para ver no mapa

 

Sobre o Tapin Rio:

www.tapinrio.com.br

https://www.facebook.com/events/132370970798755/?ti=cl 

https://www.instagram.com/tapinrio/

Sobre os organizadores do evento:

Adriana Salomão –

http://adrianasalomao.webnode.com/

https://www.facebook.com/adriana.salomao

Steven Harper –

http://www.stevenharper.com.br/

https://www.facebook.com/stevenharpertap/

https://www.instagram.com/stevenharpertap/

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Rafaeli Mattos
Mestre em Artes Visuais, com ênfase em dança – UFRJ (2013), Especialista em Estudos Contemporâneos em Dança –UFBA/FAV 2007 e Bacharel em Dança, Intérprete e Coreógrafa, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – 2006/1. Possui formação em jazz, ballet, ballet moderno – Horton, dança contemporânea, sapateado e canto popular. Qualificada Profissional da Dança, artista-dançarina sapateadora e Instrutora de Dança, seguimento sapateado, pelo SPDRJ, atua como professora de sapateado, jazz e balé desde 2007 em diversos espaços de dança do Rio de Janeiro. Integrou a Cia de Dança Contemporânea Helenita Sá Hearp – 2004/1 a 2005/1, Cia Étnica de Dança e Teatro – 2007 a 2008, Projeto Ateliê Coreográfico do Centro Laban RJ – 2008 a 2009, Projeto de residência internacional da coreógrafa Erica Essner (Erica Essner Performance CoOp) no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro 2007 e do grupo A.C.Ho com a performance Q _ _ _ _ _ , realizada no eventro Transperformance em 2011. Como cantora atuou na Cia Nós da Dança no espetáculo Bossanossa – 2009. Foi coreógrafa residente no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro de julho de 2005 a julho de 2006, onde realizou seu primeiro trabalho autoral Chora Corpo Choro, composto pelos solos Rádio e Violão Mudo e pelo quarteto Choro na Feira. Seu segundo solo autoral Ah vai andas?! participou, em junho de 2012, em work in progress do evento Novíssimos da Ocupação Dança pra Cacilda. Em 2015 integrou o corpo de jurados dos festivais de dança Barra Dance e Barra Dance Kids. Sua oficina de Sapateado para Terceira Idade foi contemplada nos anos de 2014 e 2015 nos editais Viva a Cultura e Viva o Talento da secretaria de Cultura do RJ. Hoje atua como professora de balé e sapateado na ONG Projeto Dançarte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *