Especial OSCAR 2018: O Touro Ferdinando do brasileiro Carlos Saldanha tá no Páreo do Oscar!

Um dos indicados ao Oscar de melhor animação, O Touro Ferdinando é mais uma das grandes animações dirigidas por Carlos Saldanha, que já dirigiu Rio 2 (2014), A Era do Gelo 2 (2006), A Era do Gelo 3 (2009) entre outros.

Baseada no livro infantil O Touro Ferdinando, de Munro Leaf, a obra também foi adaptada para um curta da Disney, intitulado Ferdinando, o Touro (1938), que venceu o Oscar de Melhor Curta-Metragem, penso que isso traz ainda mais esperanças de que o filme realmente pode vencer.

O filme passa a mensagem de que “ ser diferente é normal”, uma frase que temos escutados muitas vezes, e que vem sendo integrada a grandes roteiros.

Mesmo sendo um filme originalmente voltado para o público infantil, traz aos seus “maiores expectadores”, uma linda mensagem e lição dentro de sua história.

Não é muito normal vermos Touros, como heróis, certo? Porém é o que acontece nesse filme. Ferdinando é um touro que não gosta de brigas, praticamente cresce como um animal de estimação, gosta de cheirar flores e ser gentil, o único que não briga com seus amigos para ir a competir em touradas.

Um acidente acontece, e Ferdinando acaba se desesperando e deixando todos assustados e com uma imagem bem diferente de quem ele é.
Nesse ponto da história podemos conhecer mais personagens, como a cabra muito engraçada que ganha a voz de Thalita Carauta na versão dublada, em alguns momentos chega a roubar a cena. Podemos conhecer um pouco mais sobre as histórias dos seus amigos.

O Touro Ferdinando, tem uma grande crítica ao direito dos animais e as touradas, de uma maneira leve, a animação consegue mostrar sua opinião em relação a esses fatos, inclusive é possível que crianças entendam.

Existem várias cenas que eu gostaria de comentar, vários momentos em que eu rir demais, mas ai teria spoiler, então corre pro cinema, assistir o filme e depois podemos conversar mais!

Bons filmes !

MARIANE BARCELOS

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

maribarcelos
Eu me chamo Mariane Barcelos, tenho 25 anos, sou designer e estudante de Audiovisual, construindo uma carreira na área. Já viajei para quase todos os cantos do mundo, inclusive já fui para fora do planeta, já dei um pulo em Marte, conheci uns anéis de Saturno e me aventurei em galáxias muito distantes, me transformei em bruxa, loba e vampira, também já fui super heroína e vilã. Não pensem que sou louca, sou apenas uma cinéfila que enxerga nos filmes uma maneira de se desconectar da realidade, ou quem sabe me conectar, com a minha realidade. Quando eu vejo um filme é para me conectar com aquele mundo, se não estou no clima, digo "nossa que dor de cabeça" e fica para um outro momento. Cinema é para ser sentido, para se apaixonar e se iludir. Encantar. Espero poder compartilhar com vocês, toda essa emoção que eu sinto ao assistir um filme e conseguir fazer com que vocês também embarquem nessa viagem sem destino. Agora através do ArteCult, também faça cobertura de eventos, como o Festival do Rio, RioMarket, Pré-Estreias e afins. Assim como nos filmes, espero poder trazer grandes novidades e coberturas completas em todas as mídias sociais, para que vocês, leitores, possam se sentir sempre imersos ao nosso universo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *