Comentando os Super-heróis – Novos Titãs

Equipe original dos Novos Titãs

Fala galera, como estamos? Tranquilo?  Espero que sim.

Essa é a nossa primeira matéria para o Canal QuadriMundi, o que me deixa muito satisfeito.

Mas vamos parar de mimimi e ir direto ao assunto. Como vocês devem saber, estão produzindo uma série live-action dos Novos Titãs. Eu fico muito animado com a série. Mas o que você precisa saber pra não ser um “bazingueiro” e não pagar  mico com a galera que conhece a equipe de verdade e não essa versão animada que demostra o grupo mais como um episódio dos “Bananas Splits” (só pra lembrar que eu sou velho… rs).
E segue abaixo um vídeo pra quem ainda não viu os Novos Titãs de verdade.

Eu conheci a equipe na edição de “Herois em Ação”, nº 1 de 1980, a capa está aqui embaixo.

Capa da Revista Herois Em Acao, número 1

Tenho um carinho muito especial por essa equipe, porque eu praticamente cresci junto com eles. Robin crescendo e virando Asa Notura, Ricardito crescendo e virando Arsenal,  Moça Maravilha crescendo e virando Tróia e eu crescendo e me tornando….eu (fazer o que né?) . Mas afinal, qual é a origem histórica desse grupo? Calmai que titio conta.

O grupo começou como Turma Titã em 1964, como uma espécie de “Liga da Justiça Jovem”, compostos dos sidekicks de personagens importantes da Liga: Robin ( Batman ), Ricardito ( Arqueiro Verde ) e Aqualad ( Aquaman ). Se juntou a eles depois a Moça Maravilha ( Mulher Maravilha ).

Primeira Aparição da Turma Titã nos quadrinhos.

Mas essas informações você, nerd preguiçoso , consegue com uma pesquisa no Google. Voltemos a minha experiência com a equipe. Em 1980 , com os geniais George Perez nos lápis e Marv Wolfman nos argumentos, trouxeram de volta a equipe, com a personagem Ravena, filha do demônio Trigon, reuniu Robin, Kid Flash, Cyborgue, Moça Maravilha e Mutano para combater o seu pai, que queria tomar conta da nossa dimensão. Estelar, a princesa Koriander do planeta Tamaran, logo se juntou a equipe em uma saga muito boa e que merece ser lida.

“Mas tio Callbat, o que eu tenho que ler pra não falar um monte de bosta”?  Bom vamos lá, eu aconselho TODA a fase do George Perez com o Marv Wolfiman, mas tem os arcos abaixo que são obrigatórios:

  • Saga Irmão Sangue ;
  • Contrato de Judas ;
  • Trigon está vivo;
  • Quem é Donna Troy;
  • X-men e Novos Titãs: Apocalipse;
  • A saga dos Gnus.

Espero que vocês gostem.

e até a próxima, pequenos Padawans!

CALLBAT

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Carlos CALLBAT Soares
Nascido no Rio de Janeiro em 1971 sou um leitor de quadrinhos há mais de 40 anos e apaixonado por esta arte. Sempre tendo como base a visão do leitor, escrevo com humor ( espero....rs ) sobre a Quadrinhos em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *