Festival de Inverno Rio 2018 esquentou o Rio de Janeiro esse final de semana na Marina da Glória

O ARTECULT foi conferir o FESTIVAL DE INVERNO RIO  2018!

 

O Primeiro dia de Festival de Inverno Rio 2018 foi a noite do Soul+Black.

Livinho abriu a noite, cantando muitos sucessos que misturavam funk com black music, fazendo jus ao título da noite. Além de seus grandes sucessos, que todo o público cantou junto, Livinho tocou “Fazer Falta” no teclado e deixou todos impressionados.

Logo em seguida Kevinho entrou no palco e fez o Grave Bater, cantando todos os seus sucessos, inclusive suas parcerias que estão rodando por vários ritmos e misturando vários públicos.

 

 

 

Emicida e a banda 1 Kilo mostraram para o que vieram, e fizeram um som pesado em seus respectivos shows, com muito Rap e letras cheias de conteúdo.

DJ Negralha fechou a noite embalando todos com muita música e sem deixar ninguém dormir.

No Segundo Dia do Festival (Rock Brasil), a programação foi aberta pelo grupo Os Caras & CarolO segundo a entrar no palco foram Os Paralamas do Sucesso. O público foi contagiado pelos novos e antigos sucessos e cantavam numa única voz. No final do show começou a chover e mesmo com toda a chuva, todos continuavam muito animados. E mesmo com um intervalo longo, banhado por muito água, quando Frejat subiu ao palco cantando “Ela é Puro Êxtase” todos se animaram e lotou a pista novamente, embalados pelos sucessos da época do Barão Vermelho cantados na voz de Frejat, que cantava com a alma as músicas consagradas como “Bete Balanço” e “”Codinome Beija Flor“, o público foi ao delírio e o show passando voando.

Antes que o público esfriasse, Nando Reis entrou no palco. Com sua voz aveludada a Marina da Glória parecia contagiada e iluminada, com uma desempenho incrível e a sua simpatia contagiante emocionou as pessoas ao relembrar suas composições imortalizadas na voz de Cássia Eller. Um show espetacular, dentro de uma noite de Rock Brasil incrível.

Terceiro dia de evento foi dia de Festa, a Festa das Patroas como da “Patroa” Marília Mendonça, que comemorou seus 23 anos no palco, presenteando a todos com um show cheio de novos e antigos sucessos. Marília ainda ganhou bolo no palco, bebeu doses de vodca como uma tradição. Maiara e Maraisa invadiram o final do show da cantora e finalizaram tudo com muita música, amizade e bagunça, duetos de músicas consagradas como “A Culpa é Dele”Sem muita demora, foi a vez das irmãs comandarem o palco com muita sofrência, mas sem perder a energia, a dupla, assim como Marília Mendonça, trouxe ao palco um momento funk, onde dançaram e fizeram todo o público dançar junto. O final da noite e do evento, ficou por conta da DJ Dani Fontenelle que fez todos dançarem e se esquentar nesse festival tão eclético.

Já estamos ansiosos, aguardando as próximas edições do evento !

Confira as fotos abaixo: 

Imagens: Miguel Furtado
Mariane Barcelos
Suelen Santos

 

Nos acompanhem nas redes sociais para ficarem
sempre por dentro de todos os eventos e acompanharem vídeos ao vivo. 

 

 

MARIANE BARCELOS

Siga-nos no Instagram @artecult / @TiltCine / @barcelosmariane

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

maribarcelos
Eu me chamo Mariane Barcelos, tenho 26 anos, sou designer e estudante de Audiovisual, construindo uma carreira na área. Já viajei para quase todos os cantos do mundo, inclusive já fui para fora do planeta, já dei um pulo em Marte, conheci uns anéis de Saturno e me aventurei em galáxias muito distantes, me transformei em bruxa, loba e vampira, também já fui super heroína e vilã. Não pensem que sou louca, sou apenas uma cinéfila que enxerga nos filmes uma maneira de se desconectar da realidade, ou quem sabe me conectar, com a minha realidade. Quando eu vejo um filme é para me conectar com aquele mundo, se não estou no clima, digo "nossa que dor de cabeça" e fica para um outro momento. Cinema é para ser sentido, para se apaixonar e se iludir. Encantar. Espero poder compartilhar com vocês, toda essa emoção que eu sinto ao assistir um filme e conseguir fazer com que vocês também embarquem nessa viagem sem destino. Agora através do ArteCult, também faça cobertura de eventos, como o Festival do Rio, RioMarket, Pré-Estreias e afins. Assim como nos filmes, espero poder trazer grandes novidades e coberturas completas em todas as mídias sociais, para que vocês, leitores, possam se sentir sempre imersos ao nosso universo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *