Especial Verão 90 : Ivo Gandra fala sobre virada do Codorna na reta final

Verão 90 está chegando ao final e já estamos com muitas saudades. Então preparamos um especial quinta e sexta com diversas entrevistas com os atores dessa produção tão nostálgica. 

Foto: Divulgação/ TV Globo

Na reta final, Ivo Gandra fez um balanço do seu trabalho na novela.

“Acho muito linda essa época dos anos 90. O colorido, as músicas que estão vivas até hoje. É uma história, leve, divertida e que eu acho que agradou todo mundo, da criança às pessoas mais velhas. Contar de uma forma leve, engraçada, espontânea, acho que foi isso que eu mais gostei. ”

Codorna sempre foi o grande parceiro de Murilo, mas parecia ser incorruptível. Já vimos que não é bem assim. Ivo fala sobre a parceria com Marcello Vale e entre os personagens.

Era muito legal a parceria que a gente tinha. Eu gostava muito dessa troca, da brincadeira que o personagem tinha de sempre de alfinetar. O Codorna tentava defender as pessoas, conduzir de uma forma. O Murilo sempre via o lado mal, tentava tirar proveito. No final da história, ele vai acabar cedendo e ficando sacana com o MuriloAté o final da novela, o Codorna se corrompe e acaba ficando tão ruim, ou pior, do que o Murilo.

 

Sobre o Codorna ele ainda completa:

 “Codorna foi corrompido. Mas vai ter uma virada na história que vai quebrar os dois. Vai ter uma virada com uma pessoa do passado, que eles trabalharam. ”

Ivo Gandra contou um pouco sobre como começou a atuar.

Foto: Divulgação

A história é muito engraçada, vou tentar resumir ela bem rapidinho. Eu fazia cursinho para medicina, morava em uma república e tinha um amigo que era ator. Ele foi fazer um teste para um espetáculo e pediu companhia. Eu falei que não podia e ele falou: ‘vamos comigo’. Tinha uma inscrição com lata de leite Ninho, eu lembro na época. Aí eu falei que estava duro, estudante para medicina e que não tinha dinheiro. Ele falou que pagava para mim e eu fazia o teste. Resumindo: fizemos o teste. Eu passei e ele não, brigamos. Ele ficou brigado comigo, eu fiz o espetáculo e, a partir daí, surgiu o interesse. Passei em medicina, fiz um ano. Mas a vontade de ser ator pulsava tanto em mim, que eu desisti de medicina e vim fazer carreira em São Paulo. Comecei fazendo pequenas peças, outras maiores, até que surgiu a oportunidade de fazer televisão. ”

Projetos Futuros:

Estou com dois projetos novos. Estou com um projeto de ação social, chamado Importe-se Brasil. São ciclos de ações sociais que falam sobre a importância do lixo dos oceanos e a importância de não jogar lixo nas praias. É muito importante falar sobre isso, é sério. Até 2050 a perspectiva é que tenha mais plásticos no oceano no que peixes. Eu também estou com outro projeto de dois curtas-metragens em que roteirizei, escrevi e quero produzir. No teatro também, mas é mais para frente.

A novela terá seu capitulo final exibido no dia 26/07. ‘Verão 90’ é escrita por Izabel de Oliveira e Paula Amaral, com Daisy Chaves, Isabel Muniz e João Brandão, com direção artística de Jorge Fernando e direção geral de Marcelo Zambelli.  

 

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

maribarcelos
Eu me chamo Mariane Barcelos, tenho 26 anos, sou designer e estudante de Audiovisual, construindo uma carreira na área. Já viajei para quase todos os cantos do mundo, inclusive já fui para fora do planeta, já dei um pulo em Marte, conheci uns anéis de Saturno e me aventurei em galáxias muito distantes, me transformei em bruxa, loba e vampira, também já fui super heroína e vilã. Não pensem que sou louca, sou apenas uma cinéfila que enxerga nos filmes uma maneira de se desconectar da realidade, ou quem sabe me conectar, com a minha realidade. Quando eu vejo um filme é para me conectar com aquele mundo, se não estou no clima, digo "nossa que dor de cabeça" e fica para um outro momento. Cinema é para ser sentido, para se apaixonar e se iludir. Encantar. Espero poder compartilhar com vocês, toda essa emoção que eu sinto ao assistir um filme e conseguir fazer com que vocês também embarquem nessa viagem sem destino. Agora através do ArteCult, também faça cobertura de eventos, como o Festival do Rio, RioMarket, Pré-Estreias e afins. Assim como nos filmes, espero poder trazer grandes novidades e coberturas completas em todas as mídias sociais, para que vocês, leitores, possam se sentir sempre imersos ao nosso universo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *