DICAS DE DANÇA: AC SUGERE O QUE ASSISTIR NO ULTIMO FIM DE SEMANA DE OUTUBRO

No último final de semana de outubro, não faltarão opções de espetáculos de dança pelos palcos brasileiros, tanto para os espectadores iniciantes quanto para os graduados e assíduos nos teatros. Então aqui o Arte Cult indica a Cia de Dança Deborah Colker, Cia Khorus de Dança, Orquestra Brasileira de Sapateado e o Coletivo Trippé.

Cão sem Plumas – Cia de Dança Deborah Colker

Quem estiver em Blumenau, Santa Catarina, no dia 26/10, poderá conferir o espetáculo CÃO SEM PLUMAS da Companhia Deborah Colker, em cartaz no teatro Carlos Gomes. A renomada coreógrafa Deborah Colker faz em Cão Sem Plumas, baseado no poema homônimo de João Cabral de Melo Neto (1920-1999), seu primeiro espetáculo de temática explicitamente brasileira. “O espetáculo é sobre coisas inconcebíveis, que não deveriam ser permitidas. É contra a ignorância humana. Destruir a natureza, as crianças, o que é cheio de vida”, diz Deborah. A dança se mistura com o cinema. Cenas de um filme realizado por Deborah e pelo pernambucano Cláudio Assis – diretor de longas-metragens como Amarelo Manga, Febre do Rato e Big Jato – são projetadas no fundo do palco e dialogam com os corpos dos 13 bailarinos.

Blumenau

Data e horário: Quinta-feira, 26 de outubro de 2017 às 20h30min.

Local: Teatro Carlos Gomes, Rua XV de Novembro, 1181, Centro Blumenau/SC

Inteira R$ 90,00; Meia-Entrada R$ 45,00 (professores, estudantes ou idosos); Clube Assinante NSC R$ 63,00 (titular e acompanhante); Descontos:- Cartão fidelidade Petrobras Premmia e Força de Trabalho: 50% na compra de até́ 2 ingressos por apresentação. Desconto não cumulativo.- *Censura livre

Link: https://www.blueticket.com.br/ 21173/Cia-de-Danca-Deborah- Colker-Cao-Sem-Plumas/?obj= busc

 Por Tantas Vezes –  Cia. Khorus de Dança 

No Rio de Janeiro, nos dias 27, 28 e 29/10, no Centro Coreográfico, é possível conferir o espetáculo POR TANTAS VEZES da Cia.  Khorus de Dança dirigido por Marta Bastos. A obra aborda o surgimento de novas formas de relacionamento proporcionados pela internet. O avanço das relações virtuais, a busca de um ou mais parceiros no mundo virtual, suas expectativas, aflições e realizações que “por tantas vezes” se repetem, norteia a pesquisa coreográfica. Questões como o Poliamor, Bissexualismo, Homossexualidade, conduzem à criação de forma leve, romântica e nostálgica.

Rio de Janeiro

Valor do Ingresso: R$20 (inteira) e R$10 (meia)

Datas: 27, 28 e 29 de outubro de 2017

Horário: Sexta e sábado às 20h e domingo às 18h

Duração: 60 minutos

Local: Teatro Angel Vianna

Classificação: 12 anos

 

OBSMIX – Orquestra Brasileira de Sapateado

        

Ainda no Rio de Janeiro, nos dias 27, 28 e 29/10, compondo a programação do projeto DANÇAR AGORA – contemplado pela Funarte para ocupar o teatro Cacilda Becker – , em cartaz está OBSMIX da Orquestra Brasileira de Sapateado. Nesse espetáculo  de comemoração dos 25 anos da Orquestra,  com criação de Stella Antunes, Tim Rescala e Amália Machado, nomes consagrados do sapateado se juntam com expoentes dessa arte para comporem um belíssimo espetáculo musical.

 

Rio de Janeiro

Ocupação Dançar Agora

27, 28 e 29 de outubro de 2017

Local: Teatro Cacilda Becker

Rua do Catete, 338 – Catete – Rio de Janeiro/RJ

Ingresso: R$ 30,00 / R$ 15,00 (para todos os espetáculos)

Informações: (21) 2265-9933

Mostra Itinerante Liquidificador  de Corpos Coletivo Trippé

      

Entre 25/10 a 05/11 em Petrolina (PE) e Juazeiro (BA), acontece a Mostra Itinerante Liquidificador do Coletivo Trippé que propõe a ocupação de espaços pela cidade com a arte do corpo. Em Petrolina, acontecem os espetáculos Janelas para Navegar Mundos, CEU das ÁguasTudophone e o solo 3 Solos em 1 Tempo”. Já em Juazeiro, haverá a abertura da exposição e pré-lançamento do documentário do projeto “Primeiros Passos”, mostra de videodanças  [re]corte foda, apresentação da performance  Descalçar, a dança-performance Oh!nO BailaMuerte  e para fechar o espetáculo Cordear. A programação é gratuita.

 

Pernambuco e Bahia

Informações na página do Coletivo Trippé no Facebook.

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Rafaeli Mattos
Mestre em Artes Visuais, com ênfase em dança – UFRJ (2013), Especialista em Estudos Contemporâneos em Dança –UFBA/FAV 2007 e Bacharel em Dança, Intérprete e Coreógrafa, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – 2006/1. Possui formação em jazz, ballet, ballet moderno – Horton, dança contemporânea, sapateado e canto popular. Qualificada Profissional da Dança, artista-dançarina sapateadora e Instrutora de Dança, seguimento sapateado, pelo SPDRJ, atua como professora de sapateado, jazz e balé desde 2007 em diversos espaços de dança do Rio de Janeiro. Integrou a Cia de Dança Contemporânea Helenita Sá Hearp – 2004/1 a 2005/1, Cia Étnica de Dança e Teatro – 2007 a 2008, Projeto Ateliê Coreográfico do Centro Laban RJ – 2008 a 2009, Projeto de residência internacional da coreógrafa Erica Essner (Erica Essner Performance CoOp) no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro 2007 e do grupo A.C.Ho com a performance Q _ _ _ _ _ , realizada no eventro Transperformance em 2011. Como cantora atuou na Cia Nós da Dança no espetáculo Bossanossa – 2009. Foi coreógrafa residente no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro de julho de 2005 a julho de 2006, onde realizou seu primeiro trabalho autoral Chora Corpo Choro, composto pelos solos Rádio e Violão Mudo e pelo quarteto Choro na Feira. Seu segundo solo autoral Ah vai andas?! participou, em junho de 2012, em work in progress do evento Novíssimos da Ocupação Dança pra Cacilda. Em 2015 integrou o corpo de jurados dos festivais de dança Barra Dance e Barra Dance Kids. Sua oficina de Sapateado para Terceira Idade foi contemplada nos anos de 2014 e 2015 nos editais Viva a Cultura e Viva o Talento da secretaria de Cultura do RJ. Hoje atua como professora de balé e sapateado na ONG Projeto Dançarte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *