BaianaSystem: novo álbum demonstra toda sua magnitude e originalidade no cenário da música atual

Desde os seus ultimos álbuns (Duas Cidades) em 2016 e (Outras Cidades) em 2017 , a banda BaianaSystem se consagrou por sua originalidade no cenário musical atual, ganhando diversos prêmios e representando o nosso país em diversos festivais por todo mundo. A banda, liderada pelos exímios músicos Russo Passapusso, Roberto Barreto e Marcelo Seko, agora traz o mais novo trabalho, tão aguardado pelos seus fãs e admiradores da sua musicalidade, “O Futuro não demora”, que além do exímio detalhismo dos arranjos possui sons de elementos naturais, bastante ancestralidade e muita história em todas as músicas que compõe o álbum.

Com a vista privilegiada de Salvador, foi na Ilha de Itaparica que a banda produziu e gravou seu mais novo trabalho, que aposta numa mescla coeza e muito bem executada de diversos ritmos musicais, unindo atabaques africanos, afoxé, reggae, salsa e elementos do samba, resultando na originalidade do chamado “pagode gourmet”. Além da musicalidade extremamente rica e detalhada, temos os e

Bahiana System

lementos naturais presentes nas faixas do álbum, que é aberto pela música pela “Água” e fechado com a música “Fogo”. Nada nesta banda é

Por acaso, tudo tem um propósito e um contexto perceptível. Eles não brincam em serviço e sabem entregar um produto extremamente original que acaba por despertar cada vez mais fãs.

O álbum possui colaborações muito importantes como: a Orquestra Afrosinfônica, do musico Antônio Carlos e Jocafi, a voz irreverente de BNegão, Manu Chao, Curumim, o rapper de São Paulo Edgar, Lourimbau, do grupo Samba de Lata de Ijuacú e o MC Vandal. Todos estes desempenham participações que conseguem alavancar ainda mais a qualidade sonora do novo trabalho da banda.

Capa do Álbum “O FUTURO NÃO DEMORA”

As faixas do álbum são (clique para ouvir!):

 

Segundo os integrantes da própria banda, o álbum “O Futuro Não Demora” não possui uma determinada música de trabalho pois possui uma ação conjunta e todas as suas faixas possuem um real significado. A sensação que tivermos ao conferir esse trabalho foi que ao apertar o play na primeira faixa somos convidados a mergulhar num hibrido de diversos instrumentais e letras espetaculares, que nos fazem repensar nossas ações como seres humanos, a exemplo na faixa da música “Saci” que diz:

“Quem tá só, fica junto, quem tá junto, fica só
Quem tem dois, já entendeu
Quem tem Deus, não fica só…” 

Ou na excelente “Água” que diz:

“H2O é ouro em pó
No ponto futuro o doce e o sal vão se misturar…”

Cada faixa possui particularidades na sua linguagem e nas suas reflexões, e têm o grande (e cada vez mais raro) mérito de nos convidar a pensar.

Ao concluir a execução de “O Futuro não demora” a ideia é de que o Baiana System nos entregou um presente irreverente, icônico e único nesse começo de ano que nos propõe o despertar de uma nova era. O futuro não demora é agora…

LUAN RIBEIRO

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Luan Ribeiro
Sou natural de Mata de São João, Bahia, mas atualmente moro na cidade do Rio de Janeiro. Sou formado em Engenharia, mas sempre tive uma verdadeira fixação pelo universo cinematográfico e sou o admin do @CinemaeCompanhia no Instagram. Assistir um filme é minha válvula de escape para mergulhar e me aventurar em mundos totalmente novos e me desligar dos problemas do dia-a-dia. Aproximadamente de duas a três vezes confiro as estreias da semana nas telonas, digamos que eu seja quase um “rato de cinema”. rs Será um enorme prazer compartilhar aqui minhas opiniões sobre os filmes e suas principais curiosidades. E uma ótima oportunidade para poder aprender e "trocar figurinhas" com todos vocês! Espero que se divirtam muito e curtam minhas dicas. Que a FORÇA esteja com vocês!!! Forte abraço! Luan Ribeiro. Instagram.com/CinemaeCompanhia e-mail: luancribeiro@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *