AQUELES QUE ME DESEJAM A MORTE: Angelina Jolie brilha mas a trama não entrega aquilo que esperamos

O mais novo longa da Warner Bros “Aqueles Que Me Desejam a Morte” traz o retorno de uma das maiores estrelas de Hollywood, Angelina Jolie. A trama, que traz ação, mistério, perseguição e luta, é um blockbuster grandioso, mas quase se perde ao não conseguir se aprofundar nos seus ricos personagens. Não há graves consequências e entrega um produto redondo na sua perspectiva final. Confira nossa crítica a seguir.

Na trama somos apresentados ao jovem Connor, um menino de 12 anos que presencia o assassinato dos pais. Ele precisa então escapar dos assassinos que começam a caçá-lo incessantemente. Connor encontra proteção com Hannah Faber (Angelina Jolie), uma bombeira  traumatizada pelo fracasso de sua última missão. Os dois vão precisar lutar muito para sobreviver.

Cena de AQUELES QUE ME DESEJAM A MORTE. Foto: Warner Bros Pictures

A trama, que possui roteirização e direção por  Taylor Sheridan, responsável pelo excelente (Sicario – Terra de Ninguem) que que sabe muito bem como conduzir seu público ao climax de ação, aqui entrega diversos elementos superficiais e não aprofunda em muitas camadas dos seus principais personagens. Há adrenalina, mas não há continuidade , tudo soa muito confuso em determinados momentos, o público vai conhecendo aquela história e quer ver mais daquilo, mas abruptamente existe um corte e não vemos esse desfecho, fora as questões relacionadas às fugas narrativas. O que é uma pena, pois se bem trabalhado, um bom desfecho alavancaria a trama.

Cena de AQUELES QUE ME DESEJAM A MORTE. Foto: Warner Bros Pictures

O CGI empregado e as alocações nos dão uma noção da grandiosidade do problema que estão enfrentando, mas as subtramas dividas em três núcleos de personagens se tornam diminutas diante daquela grandiosidade. A fotografia e trilha sonora entregam um trabalho de qualidade.  Ou seja, muitos elementos em que às vezes existe uma desconexão, mas que funcionam de maneira isoladas.

Cena de AQUELES QUE ME DESEJAM A MORTE. Foto: Warner Bros Pictures

Angelina Jolie interpreta Hannah uma jovem destemida e desacreditada da vida, que durante o decorrer da trama se depara com uma situação que sempre fugiu, há o “giro de chave” e muda completamente. A atriz demonstra toda sua grandeza e potência no quesito atuação e faz com que a obra se torne um bom pedido, marcando bem seu retorno. Já os outros atores que merecem destaques são Jon Bernthal (Ethan), Aidan Gillen (Jack), Nicholas Hout (Patrick) que  desenvolvem trabalhos satisfatórios, mas fora Angelina Jolie, quem roubas mesmo a cena são os atores: Medina Sghore (Alisson), que interpreta a jovem grávida especialista em sobrevivência e dá um show no quesito atuação, sua personagem é grandiosa e ficamos com um gostinho de quero mais sobre a sua complexidade e nuances; e o ator mirim Finn Little (Connor) que mostra todo seu carisma e potência.

CONFIRA O TRAILER

Por fim, “Aqueles Que Me Desejam a Morte” é um filme que não há muitas nuances, aprofundamentos e complexidade em sua trama, por optar por algumas facilitações narrativas, o que é uma pena, pois tinha conteúdo para alavancar – e muito – toda aquele universo apresentado. Mesmo assim, a experiência é satisfatória por vermos o bom retorno da nossa querida Angelina Jolie nas telonas.

NOTA – 5,5

LUAN RIBEIRO

@CINEMAECOMPANHIA


ArteCult – Cinema & Companhia

Siga nosso canal e nossos parceiros no Instagram para  ficar sempre ligado nas nossas críticas, últimas novidades sobre Cinema e Séries, participar de sorteios de convites e produtos, saber nossas promoções e muito mais!

@artecult , @cinemaecompanhia , @cabinesete ,
@cinestimado,  @cineelaw e @marimastrange

#VamosParaOCinemaJuntos

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Sou natural de Mata de São João, Bahia, mas atualmente moro na cidade do São Paulo. Sou formado em Engenharia, mas sempre tive uma verdadeira fixação pelo universo cinematográfico e sou o admin do @CinemaeCompanhia no Instagram. Assistir um filme é minha válvula de escape para mergulhar e me aventurar em mundos totalmente novos e me desligar dos problemas do dia-a-dia. Aproximadamente de duas a três vezes confiro as estreias da semana nas telonas, digamos que eu seja quase um “rato de cinema”. rs Será um enorme prazer compartilhar aqui minhas opiniões sobre os filmes e suas principais curiosidades. E uma ótima oportunidade para poder aprender e "trocar figurinhas" com todos vocês! Espero que se divirtam muito e curtam minhas dicas. Que a FORÇA esteja com vocês!!! Forte abraço! Luan Ribeiro. Instagram.com/CinemaeCompanhia e-mail: luancribeiro@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *