“PETS: A VIDA SECRETA DOS BICHOS 2”: Um ataque de fofurisse, mas sem uma boa história

 

A franquia da Illuminations e Universal Pictures que aborda a vida secreta dos nossos queridos e especiais Pets foi um grande sucesso em 2016, quando fomos apresentados a uma turma formada por cachorros, gatos, passarinhos, porquinho da índia, coelhinhos e até hamster. O que será que eles fazem quando não estamos em casa? Interessante como foi feito a construção daquele universo a partir desta idéia, nos trazendo muita diversão com excelentes sacadas. Agora somos apresentados ao segundo capítulo dessa divertida história, mas será que ele empolga tanto quanto o primeiro? Entrega algo novo? Confira a nossa critica a seguir.

Na trama temos os nossos queridos personagens de volta em Nova Iorque. A vida de Max e Duke muda bastante quando sua dona tem um filho. De início, eles não gostam nem um pouco deste pequeno ser que divide a atenção de seus donos, mas aos poucos ele acaba os conquistando. Não demora muito para que Max se torne super protetor em relação à criança, o que lhe causa uma coceira constante. Quando toda a família decide passar uns dias em uma fazenda, os cachorros enfrentam uma realidade completamente diferente da qual estão acostumados.

O filme é divertido, fofo, os personagens são carismáticos, mas a história não segue uma linha organizada, as histórias e sub-tramas são confusas por se tratar de diversos contextos diferentes e acabam não se conversando. Mesmo se tratando de uma trama infantil é necessário levarmos consigo o público adulto alguma mensagem central.

O Estúdio usa e abusa de seu detalhismo, é incrível a qualidade de sua animação, a ponto de vermos os pelinhos dos pets mexendo de maneiras involuntárias, além dos enquadramentos e alocações demonstradas em tela, um verdadeiro deleite aos olhos do público.

(from left) Little Sergei and Snowball (Kevin Hart) in Illumination’s The Secret Life of Pets 2, directed by Chris Renaud.

O trabalho de dublagem brasileira está incrível todo o elenco do primeiro filme retornam aqui: Thiago Abravanel, Danton Mello, Monica Rossi, mas a única exceção é Tata Werneck, substituída na voz de Gigi por Angelica Borges.

 

CONFIRAM O TRAILER

 

 

 

 

O longa, que estreou no último dia 28/06, diverte, é uma coisa mais “iti malia” que a outra, mas que se perde ao contar uma história. Mesmo seus maiores potenciais , os personagens tão queridos e especiais, não consegue segurar essa barra, o que é uma pena. Mesmo assim, para o público infantil, garanto que irá empolgar com as piadas e cenas para lá de alegres. Pets 2 pode ser entendido como uma dose equilibrada de diversão, cores e entretenimento.

NOTA – 6,5

LUAN RIBEIRO

 

 

 

 

 

ARTECULT – Cinema & Séries
Acompanhem-nos em nossas redes sociais:

@artecult , @cinemaecompanhia , @casaldecinema,
@cabinesete ,  @cinestimado e @resetdepoisdever

Acompanhe o resumo do dia do universo de Cinema & Séries:

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Luan Ribeiro
Sou natural de Mata de São João, Bahia, mas atualmente moro na cidade do Rio de Janeiro. Sou formado em Engenharia, mas sempre tive uma verdadeira fixação pelo universo cinematográfico e sou o admin do @CinemaeCompanhia no Instagram. Assistir um filme é minha válvula de escape para mergulhar e me aventurar em mundos totalmente novos e me desligar dos problemas do dia-a-dia. Aproximadamente de duas a três vezes confiro as estreias da semana nas telonas, digamos que eu seja quase um “rato de cinema”. rs Será um enorme prazer compartilhar aqui minhas opiniões sobre os filmes e suas principais curiosidades. E uma ótima oportunidade para poder aprender e "trocar figurinhas" com todos vocês! Espero que se divirtam muito e curtam minhas dicas. Que a FORÇA esteja com vocês!!! Forte abraço! Luan Ribeiro. Instagram.com/CinemaeCompanhia e-mail: luancribeiro@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *