“Todos os Paulos do Mundo” , tem estreia em Niterói com a presença dos diretores

O evento ocorrerá no dia 10 de maio no Cine Arte UFF às 19h e será seguido de debate com Gustavo Ribeiro e Rodrigo de Oliveira.

 

Formado em cinema pela Universidade Federal Fluminense, local que sediará a estreia, Rodrigo de Oliveira acredita que seu período universitário influenciou seu envolvimento com o filme. “A UFF te ensina que a relação com o cinema brasileiro deve ser não só de estudo, mas de engajamento.

E foi ali dentro que eu assisti a todos os filmes de Paulo José, muito cedo e deixando marcas muito profundas. Sem essa exposição amorosa a “O Padre e a Moça”, “Macunaíma”, “Edu, Coração de Ouro” e tantos outros, em sala e em longos debates com os professores e colegas, minha história com “Todos os Paulos do Mundo” não existiria.” conta o diretor.

A carreira de Paulo José contada em forma de poesia. O documentário “TODOS OS PAULOS DO MUNDO” , dirigido por Gustavo Ribeiro e Rodrigo de Oliveira, traz um panorama da trajetória de um dos maiores atores dos palcos e das telas, do Brasil. Distribuído através do Projeto Sessão Vitrine Petrobras, o filme chega aos cinemas no dia 10 de maio.

Produzido por Vania Catani, da Bananeira Filmes, o longa mistura imagens de arquivo da extensa carreira de Paulo com momentos atuais, navegando por estilos diversos de documentário, numa livre relação poética entre Paulo José, seu legado material e seu autorretrato verbal, mediado pelos realizadores.

?? Veja o Trailer:

 

 

 

 

SOBRE OS DIRETORES

Rio de Janeiro, Brazil, 14/10/2017, Festival do Rio, Cine Odeon NET Claro, Filme Todos os Paulos do mundo, na foto: Paulo José, Rodrigo de Oliveira
( diretor ) e Gustavo Ribeiro ( diretor ). Foto de Patrick Szymshek/R2

GUSTAVO RIBEIRO é diretor e montador de cinema e televisão, nascido em 1979 em São Paulo. Formou-se em cinema na FAAP, em 2001, e fez cursos de especialização em montagem em Cuba e na Espanha. Possui larga experiência como montador de documentários e séries documentais para cinema e televisão. Estreou na direção em 2015 com, a série documental “A Vaga”, uma co-produção HBO e O2 Filmes. Em 2016 lançou o curta-metragem de ficção “Pássaros na Boca”, exibido em diversos festivais no Brasil e no exterior. Atualmente dirige dois episódios da série documental “Elas no Singular”, co-produção HBO e Primo Filmes.

RODRIGO DE OLIVEIRA é crítico e cineasta. Formado em Cinema pela Universidade Federal Fluminense, é redator da Revista Cinética. Em 2010, Rodrigo escreveu o livro “Diário de Sintra – Reflexões sobre o filme de Paula Gaitán”. É autor do roteiro de “Exilados do Vulcão”, de Paula Gaitán, prêmio de Melhor Filme no Festival de Brasília 2013. Em 2012, Rodrigo escreveu e co-dirigiu seu primeiro longa de ficção, “As Horas Vulgares”, lançado na prestigiada Mostra de Tiradentes com sucesso de crítica, e teve sua estreia comercial nos cinemas brasileiros em junho de 2013. “Teobaldo Morto, Romeu Exilado”, seu segundo longametragem, participou do 14º Foro de Coproducción do Festival de Huelva, na Espanha, e teve lançamento na mesma Mostra de Tiradentes, em janeiro de 2015 e chegou às salas de cinema em abril de 2016. Seu primeiro trabalho em curta-metragem, “Eclipse Solar”, recebeu o Prêmio Aquisição Canal Brasil na Mostra de Tiradentes de 2016. Atualmente desenvolve o roteiro de “Fuga em Ré Menor”, com Luiz Pretti, aprovado no edital do Prodav 05/2015 do Fundo Setorial do Audiovisual.

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Jornalista por paixão. Música, Novelas, Cinema e Entrevistas. Designer de Moda que não liga para tendência. Apaixonada por música e cinema. Colunista, critica de cinema e da vida dos outros também. Tudo em dobro por favor, inclusive café, pizza e cerveja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *