Talvez Uma História de Amor estreia dia 14/6 e o ArteCult participou de sua pré-estreia

Quarta-Feira dia 06/06, aconteceu no Shopping Village Mall, Zona Oeste do Rio de Janeiro, a Pré Estreia do filme Talvez Uma História de Amor e o ArteCult esteve presente.

A noite foi marcada pela presença de parte do elenco do filme, como Thaila Ayala, Nathalia Dill, Jacqueline Sato, Elisa Lucinha, Totia Meirelles, Mateus Solano, Marco Luque.  A atriz Thaila Ayala e o diretor Rodrigo Bernardo deixou um recado para vocês:

 

 

 

 

Além de grande parte do elenco, alguns amigos dos famosos também estavam presentes, como Antônia Morais e o noivo Wagner Santisteban, Gil Coelho, Juliano Laham, Agatha Moreira e Gabriel Louchard com a esposa.

As amigas Sophie Charlotte, Fiorella Mattheis chegaram juntas ao evento, e com looks combinando.

O filme, baseado em um livro francês publicado em mais de 20 países de autoria do mundialmente festejado Martin Page, conta a história de Virgílio, que ao chegar em casa após mais um dia corriqueiro no trabalho,liga a secretária eletrônica e ouve um recado perturbador. É uma mensagem de Clara, comunicando o término do relacionamento dos dois. Virgílio, então, entra em choque e ouve repetidamente a mensagem, buscando algum sentido. O término não é o problema, pois Virgílio, solteiro, não faz a menor ideia de quem seja Clara.

VEJA O TRAILER:

 

 

 

 

Dirigido por Rodrigo Bernardo  e distribuído pela  WARNER BROS., o filme estreia dia 14 de junho nos cinemas brasileiros.

 

MARIANE BARCELOS

Siga-nos no Instagram @artecult / @TiltCine / @barcelosmariane

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

maribarcelos
Eu me chamo Mariane Barcelos, tenho 26 anos, sou designer e estudante de Audiovisual, construindo uma carreira na área. Já viajei para quase todos os cantos do mundo, inclusive já fui para fora do planeta, já dei um pulo em Marte, conheci uns anéis de Saturno e me aventurei em galáxias muito distantes, me transformei em bruxa, loba e vampira, também já fui super heroína e vilã. Não pensem que sou louca, sou apenas uma cinéfila que enxerga nos filmes uma maneira de se desconectar da realidade, ou quem sabe me conectar, com a minha realidade. Quando eu vejo um filme é para me conectar com aquele mundo, se não estou no clima, digo "nossa que dor de cabeça" e fica para um outro momento. Cinema é para ser sentido, para se apaixonar e se iludir. Encantar. Espero poder compartilhar com vocês, toda essa emoção que eu sinto ao assistir um filme e conseguir fazer com que vocês também embarquem nessa viagem sem destino. Agora através do ArteCult, também faça cobertura de eventos, como o Festival do Rio, RioMarket, Pré-Estreias e afins. Assim como nos filmes, espero poder trazer grandes novidades e coberturas completas em todas as mídias sociais, para que vocês, leitores, possam se sentir sempre imersos ao nosso universo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *