A FREIRA – A RENOVAÇÃO DA FRANQUIA INVOCAÇÃO DO MAL NOS CINEMAS

Não se pode negar que a franquia de “Invocação do Mal” resultou-se em uma bilheteria formidável através de suas adaptações, renovando o gênero de terror, trazendo personagens icônicos através dos contos do casal “Warren”.

Encabeçado pelo fantástico James Wan, o projeto atraiu grande olhos diante de todo público. Eis que neste ano podemos ver mais detalhes sobre uma das suas personagens mais macabras: “A Freira”. o filme foi divulgado como lançamento para os fãs da franquia, tendo como responsável a direção de Corin Hardy, que possui em seu currículo “Maldição na Floresta” e o próximo “O Corvo”.

Numa trama repleta de nuances, pontos de tensão e fuga cômica para quebrar o paradigma do gênero nos cinemas.

O pano de fundo de A Freira possui uma fórmula bastante interessante e uma excelente adaptação do ambiente daquela época. Mesmo tratando-se de um filme de origem, possui uma historia ainda mais densa e impactante e, dos filmes da franquia, este aborda elementos para apavorar o seu público.

A trama se passa em um convento situado na Romênia, bem isolado, onde uma freira se suicida. A pergunta que surge : como alguém que segue sua vida perante a Deus, seria capaz de tirar sua própria vida? Sendo que, este seria um dos maiores pecados. A história é datada em 1954 e se passa bem antes da personagem A Freira cruzar com os casos do casal Warren, vide filme Invocação do Mal 2.

Com isto, o Vaticano ordena o envio de um padre e uma noviça para que possam investigar os eventos ocorridos no Convento. Apesar de possuir uma ideia interessante, o roteiro possui alguns pontos que ficam um pouco dispersos, mas nada que diminuia o clima assustador e de tensão para os telespectadores.

Um dos pontos que vale ressaltar seriam cenas de fuga cômica que funcionam com uma válvula de escape para que o publico possa se recuperar do sustos decorrentes dos elementos e das aparições da Freira.

A personagem principal seria mesmo o ponto alto do filme, você acaba torcendo para que a mesma apareça e demonstre seus momentos aterrorizantes na trama, pois ela possui um mistério, a caricatura do Bem, ligada ao culto demoníaco e com outras camadas bastante complexas. Você se apavora e se hipnotiza com a aparição da mesma.

Outro ponto alto que merece ser citado: a excelente atuação da personagem Irene, a noviça da historia que é interpretada pela promissora atriz Taissa Farmiga, que possui ótimas expressões e um grande desempenho na sua atuação, tanto que lembra muito o da sua irma e estrela principal da historia de Invocação do Mal, Vera Farmiga (interpreta a Senhora Warren).

Por fim, podemos acrescentar diversos pontos positivos no filme “A Freira”, desde sua ambientação, personagem interessante, boas atuações, uma ótima fotografia e uma trilha sonora bastante acertada. Alguns pontos infelizmente não foram acertados, como seu roteiro com diversas pontas soltas, mas o que pode ser proposital para uma possível continuação da “Freira” nos cinemas futuramente.

Vale também, lembrar que todos os filmes da franquia estão conectados e a referência neste da historia do casal Warren seria uma das melhores conexões atá hoje utilizada.

Assim, “A Freira” aposta em uma ideia inovadora e podemos perceber que a franquia encontra-se com folego total para o futuro da mesma nos cinemas. Vale muito o ingresso e garanto que vocês irão tomar bastante sustos.

Grande abraço pessoal e até a próxima!!!

LUAN RIBEIRO

 

Acompanhe nossas redes sociais @artecult, @cinemaecompanhia e @tiltcine
e esteja por dentro de tudo sobre esse universo tão maravilhoso do CINEMA & SÉRIES !

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Luan Ribeiro
Sou natural de Mata de São João, Bahia, mas atualmente moro na cidade do Rio de Janeiro. Sou formado em Engenharia, mas sempre tive uma verdadeira fixação pelo universo cinematográfico e sou o admin do @CinemaeCompanhia no Instagram. Assistir um filme é minha válvula de escape para mergulhar e me aventurar em mundos totalmente novos e me desligar dos problemas do dia-a-dia. Aproximadamente de duas a três vezes confiro as estreias da semana nas telonas, digamos que eu seja quase um “rato de cinema”. rs Será um enorme prazer compartilhar aqui minhas opiniões sobre os filmes e suas principais curiosidades. E uma ótima oportunidade para poder aprender e "trocar figurinhas" com todos vocês! Espero que se divirtam muito e curtam minhas dicas. Que a FORÇA esteja com vocês!!! Forte abraço! Luan Ribeiro. Instagram.com/CinemaeCompanhia e-mail: luancribeiro@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *