Técnicos do ‘The Voice+’ falam sobre a emoção da disputa na virada das cadeiras

Mumuzinho – Foto: Globo/João Miguel Júnior

Todos os formatos do ‘The Voice’ começam com a mesma premissa: é tudo sobre a voz. O virar das cadeiras só acontece quando essa voz toca no coração dos técnicos, seja pelo talento, seja pela energia, seja pela emoção. O que importa é que a voz precisa conquistá-los de alguma forma. E como isso tem acontecido! O ‘The Voice+’, que continua nas audições às cegas neste domingo, após a ‘Temperatura Máxima’, está apresentando tantos talentos com vozes sensacionais que é muito comum ver mais de um técnico apertando o famoso botão vermelho.

Os técnicos sabem que a disputa faz parte do jogo, afinal, estão ali para formar o time dos sonhos. Mumuzinho faz até prece para que o candidato o escolha. “Cada candidato que entra naquele palco dispara o nosso coração. É muita emoção e, além de vozes incríveis, são sonhos e histórias lindas que estão por trás daquilo tudo. Quando a gente vira a cadeira, só queremos que o candidato venha para o nosso time. Eu rezo. (risos) Tento conquistar o candidato, chamar a atenção e, claro, conto com a sorte de ser escolhido. Mas, no fundo, só o fato de o candidato fazer parte da família Voice+ já nos deixa feliz”, declara.

O cantor Daniel reforça sua gratidão pelas vozes que o escolhem. “Apertar aquele botão, virar aquela cadeira e se deparar com uma pessoa à sua frente que já vivenciou tantas coisas e que está ali trazendo a sua voz, o seu potencial, que está recomeçando, e essa pessoa te dar a credibilidade de fazer parte da história dela nesse projeto, é muito gratificante. Sabemos que cada um de nós tem a sua história, mas você ter a sua história ligada à história de outra pessoa que já vivenciou tanta coisa na vida é realmente um presente e, acima de tudo, uma grande responsabilidade”, reflete.

Ludmilla lembra que não só os candidatos estão ali competindo um com o outro por um espaço no programa, mas os técnicos também precisam competir para conseguir ter as vozes que escolheram em seus times: “A emoção começa quando ouço uma voz que me toca o coração, em seguida, olhar pra carinha deles, saber quem são e, enfim, ouvir que fui escolhida: é o máximo. É uma expectativa que… Vou te contar… A mão sua frio, o coração fica acelerado. A sensação é maravilhosa, aí é que percebo que estou em uma competição”.

Claudia Leitte – Foto: Globo/João Miguel Júnior

Para Claudia Leitte, a escolha dos candidatos nesse momento é uma mensagem de confiança. “Cada participante tem uma trajetória de vida cheia de experiência, e, quando um deles te escolhe como técnico, é confiança que eles estão depositando em você. Naquele momento, estabelece-se uma relação de amizade, de equipe, e o objetivo é o sonho de cada participante, além do espetáculo emocionante que o programa nos dá. Cada um vai fazer o seu melhor”, diz, acrescentando que se sente lisonjeada quando isso acontece.

“Essa troca é extremamente valiosa pra mim. E, mesmo quando outros amigos técnicos são escolhidos, fico satisfeita demais também. Todo mundo ali tem tanto a oferecer, tanta troca tão maravilhosa, o resultado só pode ser incrível, que é o que vemos todos os domingos”, reforça.

O ‘The Voice+’ tem direção artística de Creso Eduardo Macedo, direção-geral de Angélica Campos e apresentação de André Marques, com Thalita Rebouças nos bastidores. O reality é exibido na TV Globo aos domingos, após a ‘Temperatura Máxima’; às segundas, às 20h30, no Multishow; e está disponível também no Globoplay.

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

maribarcelos
Jornalista por paixão. Música, Novelas, Cinema e Entrevistas. Designer de Moda que não liga para tendência. Apaixonada por música e cinema. Colunista, critica de cinema e da vida dos outros também. Tudo em dobro por favor, inclusive café, pizza e cerveja. Visite: Instagram.com/PortalMariBarcelos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *