Single com Ney Matogrosso marca estreia do Macro

Disponível em 10 de outubro nos aplicativos de música, “Pregos na Garganta”, composição inédita de Pedro Luís, sai com clipe dirigido por Batman Zavareze

OUÇA AQUI o single nos aplicativos de música

ASSISTA AQUI: 

“Quase homicida
Foi sua partida na Semana Santa
E deixou marcas
Tá chovendo pregos na minha garganta”
Pregos na Garganta (Pedro Luís)

Ney Matogrosso deu voz aos versos de “Pregos na Garganta”, inédita de Pedro Luís que vai ser revelada pela primeira vez em 10 de outubro, nos aplicativos de música, com distribuição da Deck. A faixa faz parte do álbum “Macro”, um dos frutos do projeto do autor da canção com o artista visual Batman Zavareze, responsável pela direção do clipe. A conclusão do trabalho da dupla, que durante um mês ocupou o Lab Oi Futuro junto com algumas participações especiais, vai ser exibida ao público em um show-experiência no Teatro Oi Casa Grande, no Rio de Janeiro, em 20 de novembro, mesmo dia em que o vinil completo estará disponível.

Pedro Luís lembra que não é a primeira vez que tem uma canção de sua autoria na voz de Ney Matogrosso mas que, nesse caso, eles precisavam ir além. “Quando eu e Batman tivemos a boa garantia de que Ney seria uma das presenças especiais de nosso processo de construção do Macro, misturada à excitação veio a certeza de que para um artista dessa magnitude e originalidade teríamos que apresentar uma provocação especial”, conta.

O repertório do álbum, no entanto, parecia estar definido – até que uma última canção, repleta de imagens e dramaticidade, foi adicionada. Era ela. “Ney faz as palavras assumirem dimensões gigantescas, ele nos re-ensina as palavras através de suas inflexões. ‘Pregos na Garganta’, com sua estranha perspectiva de abandono, ganhou um presente na voz e no corpo de nosso convidado”, comemora Pedro que, além de também cantar na faixa, assumiu violão, violão MIDI e percussão. A gravação, feita por Alex Miranda no estúdio Lab Oi Futuro, teve ainda as participações do produtor musical do projeto, Yuri Queiroga (piano, guitarra, baixo e percussão), e de Felipe Pacheco Ventura (violinos e arranjo de cordas).

“O Macro, parceria minha com Batman Zavareze, vem de nosso desejo de nos desafiarmos, expondo os limites, riscos, dúvidas e descartes do processo criativo. Nessa que imaginamos como uma primeira edição desse encontro, teremos 13 canções inéditas minhas e com parceiros, conversando com as criações  visuais de Batman”, explica Pedro Luís sobre o projeto, que fixou residência de 21 de maio a 14 de junho no Lab Oi Futuro, como parte integrante do programa LabSonica, e está sendo realizado pela Baluarte Cultura. “Conseguimos mergulhar um mês em uma imersão, construindo música e imagem, e reunindo artistas que admiramos profundamente”, completa Batman. Além de Ney Matogrosso, participaram também Bianca Ramoneda, Jade Baraldo e Rubel. Macro é patrocinado pela Oi, pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura – Lei do ICMS, e tem apoio cultural do Oi Futuro.

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Redação ArteCult.com - Rio
Redação do Portal ArteCult.com - Rio de Janeiro. Expediente: de Seg a Sex - Horário Comerciall. e-mail para Divulgação Artística: divulgacao@artecult.com. Fundador e Editor Geral: Raphael Gomide.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *