SHADOW: Um espetáculo monumental e visual

 

A mais nova produção da Playarte Pictures, “Shadow“,  se passa na China, no chamado  “Período dos Três Reinos” – aproximadamente durante o século III  d.C. – e possui um visual grandioso e uma boa mão na sua condução, tendo como responsável Zhang Yimou (“Herói”, “O Clã das Adagas”, “A Grande Muralha”) e estrelado por Chao Deng (“Assassino em Série”), Li Sun (II) (“Mestre das Armas”) e Sujin Zhu. Os fãs poderão comprovar toda a originalidade do cineasta nas telonas, que teve livre inspiração nessa obra que foi baseada na técnica de pintura oriental que surgiu na China no século II (“shuimohua” em chinês tradicional, 水墨畫).

Poster do Filme – China (Foto: Village Roadshow Pictures Asia)

Na trama vemos, um grande rei e seu povo, que serão expulsos de sua terra natal, mas tentarão recuperá-la. O rei, violento e ambicioso, de métodos e motivos misteriosos; seu general, um visionário que anseia vencer a batalha final, mas precisa preparar seus planos em segredo; as mulheres do palácio, que lutam para encontrar a redenção em um mundo onde não têm lugar; e um plebeu chamado “Senhor de todo o mundo”, serão os personagens que virarão as forças inexoráveis desta história.

O longa permeia entre as constantes e grandiosas cenas de ação e vemos um excelente desenvolvimento de seus personagens principais, principalmente em conjunto aos seus arcos dramáticos. O gênero ação/fantasia funciona como pano de fundo dessa história, que para os fãs mais rigorosos terão um deleite visual, gráfico e sonoro.

Todos os elementos presentes na trama são entregues de maneira equilibrada, aqui não há espaço para o trivial, para que eles possam existir tem um fundamento e um propósito. Em termos de atuação, podemos ressaltar Chao Deng (Comandante Jing), Li Sun (Madame Jing), Ryan Zheng (Rei) e Wu Lei (Ping), todos ótimos em suas respectivas interações e demonstração da vulnerabilidade de seus personagens, entregando atuações que vão de acordo com a grandeza da trama. Ou seja, o telespectador é conectado àquela história.

Confira o Trailer:

Shadow é uma produção monumental de encher os olhos. Elementos como  trilha sonora, fotografia, coreografia de lutas são elevados a uma grande potência e irão, com certeza e com esse produto final, agradar o grande público. Mesmo que as vezes a história venha tenha algumas fugas narrativas desconexas, ela acaba por se reencontrar e a experiência não é impactada. Vale com toda certeza ser visto na maior tela possível!

Nota: 7,5

LUAN RIBEIRO

 

CONFIRA ABAIXO TAMBÉM NOSSA ENTREVISTA Q&A COM O DIRETOR ZHANG YIMOU

ZHANG YIMOU. Foto: Divulgação.

ArteCult / Cinema & Companhia: Conte-nos sobre a história por trás de Shadow? Como surgiu a ideia?

ZY: Este é um filme sobre um dublê de corpo, um conceito no qual sempre me interessei. Mas também descobri que, apesar dos inúmeros filmes de época lançados na China todos os anos, nenhum abordou este assunto – o que reforçou a minha vontade de fazer este.

Poster Shadow – Brasil. Foto: Divulgação.

O filme é uma reimaginação do épico Romance dos Três Reinos em Jingzhou. Quais são os temas centrais do conto clássico que inspirou o filme?

ZY: A China é um país com um longo passado histórico e muitos de seus filmes e séries de televisão são inspirados em verdadeiros eventos da história ou versões ficcionais da história. No entanto, todos nós somos limitados por “leis da história” invisíveis, que eu nunca ignoraria. Eu não criaria histórias infundadas.

Em última análise, este filme é sobre luta, sobrevivência, apuros terríveis e ambição selvagem – como um homem comum pode conseguir não apenas sobreviver em meio aos jogos de poder dos reis e da aristocracia, mas até mesmo transformar a derrota em vitória. O rei é um rei – todos os reis do mundo são semelhantes. Por um lado, ele é alguém no topo da hierarquia, rodeado de súditos que disputam poder e posição. Por outro lado, ele também é apenas um homem, com todas as emoções humanas comuns.

Você sempre foi considerado um diretor de ‘histórias de mulheres’. Você diria que isso é verdade?

ZY: Eu diria que isso está correto. As mulheres muitas vezes desempenham papéis importantes em minhas histórias. Em Shadow, vemos uma mulher no centro de um vórtice, presa entre seu marido e sua “sombra”, entre o poder e o amor, enquanto ela passa por essa jornada emocionalmente complexa. Ela é forçada a fazer escolhas do início ao fim, até os últimos segundos da história.

Qual foi a inspiração por trás do estilo visual cinematográfico de Shadow?

ZY: O estilo visual de Shadow é inspirado nas técnicas de pintura a pincel da pintura chinesa. Sempre quis experimentar esse estilo único de efeito de tinta e lavagem; parece muito “chinês” para mim. As cenas com chuva em particular têm uma textura muito fluida que cria um ambiente único.

 

SINOPSE
Ambientado durante a era dos Três Reinos da China (220-280 DC), o filme conta a história de um grande rei e seu povo, que serão expulsos de sua terra natal e vão tentar recuperá-la. O rei, violento e ambicioso, de métodos e motivos misteriosos; seu general, um visionário que anseia por vencer a batalha final, mas precisa preparar seus planos em segredo; as mulheres do palácio, que lutam para encontrar a redenção em um mundo onde não têm lugar; e um plebeu chamado “Senhor de todo o mundo”, serão os personagens que virarão as forças inexoráveis desta história.

FICHA TÉCNICA

Ano de produção – 2018
Tempo – 116 min
Diretor – Zhang Yimou
Roteiro – Zhang Yimou e Li Wei
Atores – Chao Deng, Li Sun, Sujin Zhu
País de Origem – China, Hong Kong
Idioma – Mandarim
Legendas – Português
Distribuidora – PlayArte Pictures
Lançamento no Brasil – 12 de agosto


ArteCult – Cinema & Companhia

Siga nosso canal e nossos parceiros no Instagram para  ficar sempre ligado nas nossas críticas, últimas novidades sobre Cinema e Séries, participar de sorteios de convites e produtos, saber nossas promoções e muito mais!

@artecult , @cinemaecompanhia , @cabinesete ,
@cinestimado,  @cineelaw e @marimastrange

#VamosParaOCinemaJuntos

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Luan Ribeiro
Sou natural de Mata de São João, Bahia, mas atualmente moro na cidade do São Paulo. Sou formado em Engenharia, mas sempre tive uma verdadeira fixação pelo universo cinematográfico e sou o admin do @CinemaeCompanhia no Instagram. Assistir um filme é minha válvula de escape para mergulhar e me aventurar em mundos totalmente novos e me desligar dos problemas do dia-a-dia. Aproximadamente de duas a três vezes confiro as estreias da semana nas telonas, digamos que eu seja quase um “rato de cinema”. rs Será um enorme prazer compartilhar aqui minhas opiniões sobre os filmes e suas principais curiosidades. E uma ótima oportunidade para poder aprender e "trocar figurinhas" com todos vocês! Espero que se divirtam muito e curtam minhas dicas. Que a FORÇA esteja com vocês!!! Forte abraço! Luan Ribeiro. Instagram.com/CinemaeCompanhia e-mail: luancribeiro@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *