Especial RIO2C 2019: Entrevistamos a Editora Digital da ARTE sobre o mercado de Webséries

 

ESPECIAL RIO2C

O mercado de webséries é algo ainda desconhecido, para muitos consumidores de viés
para o entretenimento brasileiro. Principalmente por conta das redes de streaming e todo o processo de criação cinematográfica. Mas isso está mudando. Em uma das salas da RIO2C, a ARTE apresentou este novo cenário deste mercado.

 

Veja algumas imagens desta sala:

E Ann-Sophie Müller, Digital Managing Editor da empresa onde é responsável por Cinema, Séries e Ficção, contou para o ARTECULT em exclusiva como o mercado da webséries pode crescer ainda mais para o YouTube, Instagram e Facebook. Explicando como o mercado funciona, com produções europeias, a busca de parcerias na América Latina e como o interesse do público muda de acordo com a temática do material.

É bem clara a busca por produções inovadoras. A estagnação do mercado brasileiro para webséries é clara e a Editora Digital explica o porquê. Não só para o mercado da América Latina, mas para as plataformas digitais em si. Os veículos de compartilhamento.

A ARTE apresentou este novo cenário deste mercado de webséries.

O Youtube é um desses veículos. Esse mesmo instrumento que utilizamos em nosso dia a dia, cresce e se renova a cada instante, possibilitando uma grande margem de compartilhamentos e ideas. E são essas ideias que as produtoras estão correndo atrás.

Mas as ideias não funcionam sem base de mercado e foi nesta palestra que conversamos com Ann-Sophie sobre como ingressar um produto no mercado. As temáticas que mais funcionam com o público e como fazer uma ideia acontecer.

Ela afirma que é fundamental ter uma história. Você quer contar uma história e esse já é o primeiro passo. Atualmente as produtoras estão muito mais preocupadas em comprar um material já pronto ou pré-estabilizado do que produções que ainda não começaram.

Ter um site e uma página para o compartilhamento desse material, também é de suma importância. Porém, é necessário estudar o alcance do seu público e de seu projeto. Ter um site com direcionamento para o seu material, é cansativo. Então buscar portais diretos para esse mesmo compartilhamento e direcionamento é o foco.

Conseguimos, em exclusiva, realizar três perguntinhas para a editora Ann-Sophie a fim de englobar estas
ideias:

Dandara Aryadne (colaboradora ARTECULT): Como podemos montar uma base de ideias para essas produções que estão chegando? Trabalhamos em uma temática específica?

Ann-Sophie Müller, Digital Managing Editor da ARTE.

Ann-Sophie: Estamos sempre procurando um material inovador. Coisas repetidas com uma
roupagem nova, não nos interessa. É tudo mascarar para a mesma coisa.
Relacionamentos, dramas familiares e até mesmo tramas criminais ou de comédia são bem vindas, mas o seu público consegue se relacionar com essa história? É essa a pergunta que você precisa se fazer, quando cria e compartilha um material

D: Sobre a plataforma IGTV. É possível encaminhar o foco das webséries para essa plataforma?

A.S: Sim! O Instagram está se tornando algo gigantesco, mas isso ainda é uma ideia a se estudar. Não estamos estudando essa possibilidade ainda. Porém, estamos cientes de que o Instagram é um futuro a se encaminhar.

D: E enquanto a materiais LGBT’S? Estão aptos a produção dessa temática?

A.S: SIM! O que mais precisamos é construir uma base paras essas produções. Então, me tragam boas ideias. Se a ideia for boa, iremos produzir! Podemos esperar que o mercado de webséries ainda irá crescer muito dentro do mundo de entretenimento. Claro, que iremos prestar atenção para poder seguir essas produções de forma exclusiva.

 

Especial RIO2C

ARTECULT – ESPECIAL RIO2C

Clique aqui e veja nossa cobertura completa!

Em suas oito edições o Rio2C já contou com mais de 38 mil participantes de 26 países em 989 paineis.

Para conferir a programação completa acesse o site http://www.rio2c.com/programacao

  • Quando: de 23 a 28 de abril
  • Onde: Cidade das Artes – Avenida das Américas, 5300, Barra da Tijuca – Rio de Janeiro (RJ)
  • Mais informações sobre ingressos e horários em http://www.rio2c.com/

Cobertura RIO2C – 2019:

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Dandara Aryadne
Graduada em Belas Artes pela UFRRJ, especialização em História da Arte e Ilustração, Ilustradora freelancer, escritora, artista plástica e nas horas vagas se denomina como crítica de cinema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *