Retrospectiva 2018 – Os momentos marcantes e históricos de 2018

Foto: Sérgio Chapelin e Gloria Maria na ‘Retrospectiva 2018’. Crédito: Globo/ Paulo Belote.

Os momentos marcantes e históricos de 2018.

Uma eleição polarizada, uma Copa do Mundo com sotaque francês, uma casamento real, uma greve de caminhoneiros que paralisou o país, um salvamento milagroso na Tailândia, incêndios que destruíram tesouros no Museu Nacional e cidades inteiras na Califórnia, inimigos históricos que finalmente apertaram as mãos, o avanço das fake news e da luta pelos direitos das mulheres. Um ano de extremos, 2018 contribuiu para mudar o rumo da história no Brasil e no mundo. Na ‘Retrospectiva 2018’, que vai ao ar na Rede Globo na sexta-feira, dia 28, Gloria Maria e Sérgio Chapelin lembram fatos e imagens que marcaram os últimos 12 meses.

 

“Essa ‘Retrospectiva’ fará com que a gente lembre de 2018 como um ano intenso. As pessoas terão a oportunidade de analisar e decidir o que querem para o futuro. Relembrar o que aconteceu nesse ano imprevisível e surpreendente nos fará pensar e melhorar”, acredita Gloria Maria.

À frente do programa há 26 anos, a editora-chefe Silvia Sayão acredita que a ‘Retrospectiva’ ativa a memória afetiva do público. “É uma releitura do ano sem separação por editorias e sem seguir uma ordem cronológica. Uma característica muito legal é a ligação sentimental do público com o programa. As pessoas gostam de lembrar o que estavam fazendo no momento de cada acontecimento do ano”, conta Silvia.

A ‘Retrospectiva 2018’ vai ao ar na noite de sexta-feira, dia 28, logo após a novela ‘O Sétimo Guardião’.

Fonte: 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

maribarcelos
Eu me chamo Mariane Barcelos, tenho 26 anos, sou designer e estudante de Audiovisual, construindo uma carreira na área. Já viajei para quase todos os cantos do mundo, inclusive já fui para fora do planeta, já dei um pulo em Marte, conheci uns anéis de Saturno e me aventurei em galáxias muito distantes, me transformei em bruxa, loba e vampira, também já fui super heroína e vilã. Não pensem que sou louca, sou apenas uma cinéfila que enxerga nos filmes uma maneira de se desconectar da realidade, ou quem sabe me conectar, com a minha realidade. Quando eu vejo um filme é para me conectar com aquele mundo, se não estou no clima, digo "nossa que dor de cabeça" e fica para um outro momento. Cinema é para ser sentido, para se apaixonar e se iludir. Encantar. Espero poder compartilhar com vocês, toda essa emoção que eu sinto ao assistir um filme e conseguir fazer com que vocês também embarquem nessa viagem sem destino. Agora através do ArteCult, também faça cobertura de eventos, como o Festival do Rio, RioMarket, Pré-Estreias e afins. Assim como nos filmes, espero poder trazer grandes novidades e coberturas completas em todas as mídias sociais, para que vocês, leitores, possam se sentir sempre imersos ao nosso universo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *