Mestre do Sabor: Um show de gastronomia nas telas da Globo

Mestre do Sabor – Foto: Bruno Jordão

 Evento marca lançamento do novo reality show da Globo, que estreia dia 10 de outubro

A paixão pela gastronomia. A expertise em reality shows. A emoção da competição. Um time de chefs talentosos. E os sabores de uma culinária passada de geração em geração com ingredientes tipicamente brasileiros. Da mistura de uma boa dose de cada um desses elementos nasce ‘Mestre do Sabor’, novo reality de gastronomia da Globo que estreia dia 10 de outubro, um formato original, feito para mostrar o talento de grandes chefs e valorizar todas as nuances da culinária nacional.

Como toque especial, o programa traz a irreverência de uma carismática dupla formada pelo apresentador Claude Troisgros e seu braço-direito Batista, e o charme das cozinhas mineira, carioca e portuguesa – representadas pelos chefs Leo Paixão, Kátia Barbosa e José Avillez, no papel de mestres. O time é versátil e se reveza nas funções de auxiliar e avaliar as habilidades de 24 candidatos que irão participar da competição, todos chefs profissionais, vindos de diferentes regiões do Brasil.

Nesta segunda, dia 2, imprensa, convidados e influenciadores digitais conheceram, com exclusividade, o cenário do programa e tiveram acesso a todos os detalhes deste reality inédito. Claude Troisgros e Batista deram as boas-vindas.

“Estamos muito felizes. E este é o principal sentimento durante esse tempo em que gravamos ‘Mestre do Sabor’. Batista e eu estamos na TV há quase 15 anos e fazer um programa da Globo deixou a gente um pouco tenso. Mas, desde o início, quando vimos que tínhamos uma equipe tão fantástica em torno de nós, ficamos tranquilos. ‘Mestre do Sabor’ é um reality show, uma competição, mas possui um clima acolhedor. Vamos ter comida boa, pressão, obviamente, mas muito acolhimento também”, adianta o chef francês. Batista, complementa. “Quando eu entrei no estúdio fiquei impressionado. É tudo muito lindo e emocionante. É o meu primeiro reality e eu estou muito feliz”.

Mestre do Sabor – Foto: Bruno Jordão

LP Simonetti, diretor artístico da atração, falou que a paixão do brasileiro pela gastronomia estará representada no programa. “Todos adoram comida e temos a intenção de valorizar a produção brasileira: receitas, ingredientes, técnicas”. Segundo ele, ‘Mestre do Sabor’ é um programa multiplataforma. “São mais de 20 anos produzindo e dirigindo realities, e sei que sempre se aprende algo novo. Cada reality é único, em suas características e seus diferenciais. Pensamos em conteúdos adequados para cada janela. Queríamos um formato novo, e estamos muito felizes com o resultado final”, detalha LP. Já Aida Silva, diretora geral do programa, celebrou o time formado por Claude, Batista, Leo, Avillez e Kátia. “Formamos um time incrível, com muita química. Nossos chefs são leves, divertidos e se – complementam em vários aspectos, inclusive culinários”, elogia.

Na sequência, foi a hora de conhecer melhor o trio de mestres. Representante da cozinha mineira, o chef Leo Paixão falou sobre o programa e a convivência com os chefs e participantes. “É muito lindo ver o respeito com o produto e com a gastronomia. E um prazer, um sonho participar disso. José Avillez é um dos maiores chefes do mundo, e a Kátia, nem se fala. A seriedade e o compromisso com o reality é realmente de verdade. Essa energia está linda e será transmitida para todos na tela”, afirma.

Mestre do Sabor – Foto: Bruno Jordão

Já a chef Carioca Kátia Barbosa diz estar encantada com a diversidade de produtos nacionais. “Estamos dando um novo olhar à gastronomia e tenho aprendido muito sobre os ingredientes brasileiros, alguns que eu nem imaginava que existiam”. E complementa: “está tudo muito bonito, muito especial. Vocês têm que ver no ar o resultado!”, fala, fazendo suspense.

José Avillez, chef português que completa o trio de mestres, comemora o aprendizado. “Para mim, que sou português e que tenho menos conhecimento dos produtos brasileiros, está sendo um aprendizado. Estar ao lado desses chefs é como ganhar uma família fantástica, de quem vou sentir muitas saudades. Achamos que ensinamos aos outros enquanto chefs, mas também aprendemos muito com os participantes”, diz, reforçando que o programa ressalta o que o Brasil tem de melhor. “Olhamos para o que existe de bom e valorizamos essas pessoas”.

 

Os bastidores de um show de cozinha

Depois de mais de seis meses de concepção, planejamento e criação chegou-se ao formato original que une a expertise da Globo em reality shows com a paixão nacional pela gastronomia. “Dividimos com nosso público essas duas paixões: pelos realities e pela gastronomia. Com o ‘Mestre do Sabor’, queremos ir além da competição: nosso desejo é ter um programa que divirta, mas também contribua para a cultura gastronômica do país, que é tão rica”, destaca LP Simonetti.

Mestre do Sabor – Foto: Bruno Jordão

Nessa competição, o carro-chefe é o sabor e a porta de entrada é uma degustação às cegas. Na primeira fase – intitulada ‘Prato de Entrada’ – cada chef cozinha e apresenta seu melhor prato. Sem saber quem os preparou, os três mestres decidem individualmente, apenas pelo paladar, quem entra para seus times. O marco da aprovação é um grande telão, que se abre caso o chef conquiste uma das vagas. O mesmo critério se aplica a todas as seis diferentes fases que definem a competição: sempre que o trio ou Claude estiverem degustando e avaliando os pratos, eles não saberão qual participante os preparou, deixando a disputa ainda mais emocionante. Tudo acontece aos olhos de uma plateia que assiste, torce e acompanha, do estúdio, a todas as etapas, desde a seleção inicial até a grande final.

Em ‘Mestre do Sabor’, os ingredientes e produtos nacionais têm lugar de destaque. Eles são os aliados dos grandes talentos e resgatam a tradição e afetividade da cozinha tradicional brasileira. Estão presentes em todo o reality, nos itens do mercado e nas dicas trazidas para as provas, diretamente do palco do programa, com personagens de histórias inspiradoras vividas na gastronomia regional. À disposição dos concorrentes há um estúdio montado com tudo que um chef profissional poderia sonhar: ilhas de cozinha equipadas com utensílios e eletrodomésticos de última geração e um mercado recheado de temperos, especiarias e ingredientes tipicamente brasileiros, disponível e com acesso ilimitado aos competidores durante todo o tempo de preparação das receitas. Com provas eliminatórias, desafios, duelos gastronômicos e muita disputa, o reality segue cheio de reviravoltas até a grande final, que será exibida ao vivo.

 

Mestre do Sabor – Foto: Bruno Jordão

A estrutura à disposição dos chefs

A cozinha de ‘Mestre do Sabor’ tem 12 bancadas individuais. São 220 pratos de cerâmica e porcelana, feitos especialmente para o programa; 120 facas distribuídas em 24 estojos individuais com cinco unidades cada um; mais de 600 utensílios; dez unidades de cada eletroportátil; e cerca de 350 itens no mercado, além de uma mistura entre equipamentos de uso profissional e doméstico.

“Um dos nossos maiores desafios foi com as frutas e verduras, tanto por uma questão de armazenamento quanto pela estação do ano em que esses itens estão em tempo de colheita. Tivemos que pesquisar muito e colocar em planilha todos esses dados”, explica a produtora de arte Regina Reyes. “Trouxemos especiarias de todas as regiões do Brasil. Uma das encomendas, e que nós seguimos à risca, foi de que, olhando para esse mercado, a dona de casa identificasse a geladeira dela”, conta Regina.

Para receber todos os itens, o elenco do programa e os 24 competidores, um cenário à altura foi preparado durante quatro meses, entre pré-produção e montagem, pela equipe do cenógrafo Fernando Schmidt. Ele tem 700 metros quadrados é dividido em quatro espaços. O palco com as ilhas de cozimento acomoda todos os participantes em ação com facilidade, além de preservar espaços para a circulação dos cinegrafistas. Bem ao centro dele, atrás de um grande telão de LED que abre e fecha como uma porta ao longo dos episódios, fica a sala dos mestres, para onde Avillez, Kátia, Leo e Claude se dirigem na hora de degustar os pratos às cegas. O mercado é dividido em duas partes iguais nas laterais do palco, facilitando o acesso a todos os competidores. E com visão frontal para todos os espaços fica posicionada a plateia, que comporta até 300 pessoas.

Fernando conta que o objetivo era transformar o espaço no ambiente ideal para um grande show de cozinha.

“Criamos uma praça, um tabuleiro de jogo onde as peças fossem as bancadas, guardando as distâncias e posicionamento necessários para a captação da cena dentro do espaço de que dispúnhamos. Também existia a necessidade de criar um espaço reservado para os mestres e que, ao mesmo tempo, pudesse estar conectado ou não com o tabuleiro das bancadas”, diz o cenógrafo.

 

Uma jornada multiplataforma

‘Mestre do Sabor’ vai ao encontro de fãs de gastronomia de todo o Brasil. Para atender a esse público apaixonado de diferentes maneiras, o reality terá conteúdo na TV aberta, na TV fechada e na internet. Na Globo, será exibido semanalmente, às quintas-feiras, sempre com episódios inéditos.

Mestre do Sabor – Foto: Bruno Jordão

No Gshow, site oficial da atração, os fãs de culinária terão acesso a um verdadeiro hub gastronômico com conteúdo, experiências e serviços exclusivos. Dentre eles, o passo a passo para reproduzir as receitas do programa em casa, dicas de harmonização de bebidas que combinam com os pratos, conversor de medidas e porções e a possibilidade de criar um livro de receitas digital e personalizado. Além disso, logo após a exibição na Globo, o programa continuará ao vivo na plataforma com um papo leve e descontraído repercutindo os acontecimentos da disputa, sob comando da atriz Maria Joana. Semanalmente, ela será a anfitriã de chefs do reality e de convidados especiais. Nas redes sociais, através dos perfis oficiais do programa, a experiência do público será ampliada com trechos exclusivos e estendidos da edição e por meio da cobertura dos bastidores de toda a atração.

No GNT, serão exibidas as reprises dos episódios com conteúdo estendido, às sextas-feiras. O público poderá acompanhar os destaques do ‘Mestre do Sabor’ também pelas redes sociais do NHAC, o hub gastronômico do GNT nas plataformas digitais. Melhores momentos, quizzes interativos, enquetes e o conteúdo exclusivo digital ‘Supermercado do Chef’, que responderá dúvidas comuns sobre produtos e os melhores itens para aquisição, trarão a voz do espectador para a conversa em torno do programa.

 

Conheça, a seguir, cada uma das seis fases da competição:

Prato de entrada – Para garantir uma das 24 vagas do reality culinário, chefs profissionais de todo o Brasil preparam seu melhor prato na cozinha. Os três mestres – José Avillez, Kátia Barbosa e Leo Paixão – degustam os pratos sem saber quem os cozinhou. As avaliações são individuais. A cada uma, o trio decide se o candidato merece uma vaga no seu time para seguir na competição. Se mais de um mestre aprovar o candidato, ele é quem escolhe o time em que vai ingressar. Os três times seguem para a próxima fase com oito integrantes cada um.

Na pressão – A fase tem duas etapas. A primeira, no formato time contra time, é o “Menu Confiança”. Os três times cozinham um menu completo. Dessa vez, cada mestre orienta seus cozinheiros e quem avalia e elege o melhor menu é o apresentador Claude Troisgros. O time que levar o voto de Claude está imune da segunda prova. A segunda etapa é a “Batalha dos Cucas”. Nela, os chefs cozinham individualmente e voltam a ser avaliados pelos mestres José Avillez, Kátia Barbosa e Leo Paixão, que são responsáveis por definir os dois participantes que deixam a disputa.

Duelos – Esta etapa tem duelos em “mata-mata”. A cada episódio, duplas são formadas, independente dos times e por escolha dos próprios cozinheiros, para a realização da prova. Dessa vez, os chefs disputam a preferência dos mestres. O melhor cozinheiro de cada duelo segue na competição.

Na balança – A fase tem duas rodadas de provas individuais. Na primeira, os chefs cozinham um prato e José Avillez, Kátia Barbosa e Leo Paixão elegem, cada um, seu preferido. Os chefs responsáveis pelos pratos eleitos são classificados para a semifinal. Os chefs restantes cozinham individualmente em mais uma rodada da prova. Os mestres, novamente, elegem os melhores pratos e colocam mais três chefs na semifinal.

Semifinal – A semifinal também acontece em duas partes. Os seis chefs nesta etapa cozinham seu melhor prato. Desta vez, Claude volta ao papel de avaliador. Ele degusta todos os pratos e coloca dois participantes na final. Em uma segunda rodada individual, os mestres assumem o posto de avaliadores e elegem outros dois competidores para seguir adiante. A fase termina com quatro finalistas.

Final – A fase tem duas etapas e definirá, ao vivo, o grande campeão. O ‘Mestre do Sabor’ leva para casa um prêmio de R$ 250 mil.

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Jornalista por paixão. Música, Novelas, Cinema e Entrevistas. Designer de Moda que não liga para tendência. Apaixonada por música e cinema. Colunista, critica de cinema e da vida dos outros também. Tudo em dobro por favor, inclusive café, pizza e cerveja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *