Primeiro Mestrado em Dança do Rio de Janeiro Abre Seleção para 2019

                                                                           oficina Magia e Técnica de Morena Nascimento

 

A Dança como área de conhecimento sobe mais um degrau no cenário brasileiro, pois o PPGDan/UFRJ divulga o edital para sua primeira turma de Mestrado em 2019. O curso é o primeiro do Rio de Janeiro e o segundo do Brasil, uma ótima oportunidade para quem vislumbra uma carreira acadêmica ou simplesmente deseja ampliar seus conhecimentos.

A Dança vem gradualmente tomando espaço nas universidades. Desde a década de 1950, quando surgiu a primeira graduação na Universidade Federal da Bahia, é possível identificar cursos em universidades federais e privadas em vários estados brasileiros, sendo implantado também na UFBA em 2006 o primeiro mestrado em dança do país e em 2019 é a vez da UFRJ. Em função disso, o mercado vem priorizando profissionais com qualificação específica em diversos setores da área.

                                                                                               Profa. Dra. Gabriele Klein

O lançamento do programa ocorreu no dia 22 e 23 de novembro, no salão de dança Helenita Sá Earp na EEFD/UFRJ e no Teatro Angel Vianna do Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro, com a realização da oficina Magia e Técnica, ministrada pela bailarina e coreógrafa Morena Nascimento e a palestra inaugural “Artistic Production and Academic Research: How to work on and with the Tanztheater Wuppertal Pina Bausch” [Produção Artística e Pesquisa Acadêmica: Como Trabalhar sobre e com a Cia. Tanztheater Wuppertal Pina Bausch] da Profa. Dra. Gabriele Klein, da Universität Hamburg (Alemanha). O evento foi uma parceria entre PPGDan e LabCrítica, com apoio do Goethe-Institut.

 

 

O Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Dança da Escola de Educação Física e Desportos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGDan/EEFD/UFRJ), coordenado pela Profa. Dra. Lígia Losada Tourinho e Vice-coordenado da Profa. Dra. Maria Inês Galvão Sousa, é constituído de uma Área de Concentração, denominada “Práticas e Pensamentos da Dança”, e três Linhas de Pesquisa: “Performance e Performatividades da Dança”; “Poéticas e Interfaces da Dança”; e “Dança-Educação”.

As inscrições ficam abertas até dia 12/12/2018, o edital e as informações encontram-se disponíveis em https://www.eefd.ufrj.br/ppgdan  

 

Links:

 

RAFAELI MATTOS

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Rafaeli Mattos
Mestre em Artes Visuais, com ênfase em dança – UFRJ (2013), Especialista em Estudos Contemporâneos em Dança –UFBA/FAV 2007 e Bacharel em Dança, Intérprete e Coreógrafa, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – 2006/1. Possui formação em jazz, ballet, ballet moderno – Horton, dança contemporânea, sapateado e canto popular. Qualificada Profissional da Dança, artista-dançarina sapateadora e Instrutora de Dança, seguimento sapateado, pelo SPDRJ, atua como professora de sapateado, jazz e balé desde 2007 em diversos espaços de dança do Rio de Janeiro. Integrou a Cia de Dança Contemporânea Helenita Sá Hearp – 2004/1 a 2005/1, Cia Étnica de Dança e Teatro – 2007 a 2008, Projeto Ateliê Coreográfico do Centro Laban RJ – 2008 a 2009, Projeto de residência internacional da coreógrafa Erica Essner (Erica Essner Performance CoOp) no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro 2007 e do grupo A.C.Ho com a performance Q _ _ _ _ _ , realizada no eventro Transperformance em 2011. Como cantora atuou na Cia Nós da Dança no espetáculo Bossanossa – 2009. Foi coreógrafa residente no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro de julho de 2005 a julho de 2006, onde realizou seu primeiro trabalho autoral Chora Corpo Choro, composto pelos solos Rádio e Violão Mudo e pelo quarteto Choro na Feira. Seu segundo solo autoral Ah vai andas?! participou, em junho de 2012, em work in progress do evento Novíssimos da Ocupação Dança pra Cacilda. Em 2015 integrou o corpo de jurados dos festivais de dança Barra Dance e Barra Dance Kids. Sua oficina de Sapateado para Terceira Idade foi contemplada nos anos de 2014 e 2015 nos editais Viva a Cultura e Viva o Talento da secretaria de Cultura do RJ. Hoje atua como professora de balé e sapateado na ONG Projeto Dançarte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *