Obra do consagrado escritor argentino Jorge Luis Borges é tema de abertura da temporada 2020 do Balé da Cidade de São Paulo

O escritor Jorge Luis Borges. Foto: Divulgação

O poeta, contista e ensaísta argentino Jorge Luis Borges (1899-1986) tem 32 livros publicados em vida. São títulos que visitam diversos países, épocas, personagens históricos e áreas do conhecimento. Reconhecido mundialmente, principalmente pelos seus contos, Borges renovou a linguagem de ficção, segundo o Nobel de Literatura John Maxwell Coetzee.

Em sua extensa lista de trabalhos, destaque para a obra de imaginação “A Biblioteca de Babel”, publicado pelo selo editorial Ficções (1944) e que agora serve de inspiração para o espetáculo homônimo da companhia de dança contemporânea do Theatro Municipal de São Paulo, o Balé da Cidade. Neste que é um de seus contos mais famosos, o escritor criou uma biblioteca infinita que abrigava “todos os livros do mundo”.

No espetáculo que estreia 7 de fevereiro, às 20h, no Municipal, os corpos são compreendidos como um livro em sua própria exclusividade, um documento das nossas vidas e existência. Em uma das primeiras cenas, o público irá presenciar os bailarinos arquivados em uma prateleira como se fossem livros, isolados, ‘encaixotados’, cada um no seu mundo.

Em A Biblioteca de Babel com o Balé da Cidade de São Paulo, os princípios da comunicação, a evolução e o entendimento entre os homens são discutidos. A ideia e o conceito do espetáculo são assinados pelo diretor artístico da companhia, Ismael Ivo, e pelo cenógrafo Marcel Kaskeline. Ivo também é o coreógrafo.

A direção e os bailarinos da companhia também precisaram mergulhar na teoria da Evolução da Espécie Humana, de Charles Darwin, e no trabalho do fotógrafo Eadweard Muybridge, que se especializou em captar os movimentos de locomoção dos homens e dos animais.

À frente do Balé da Cidade desde 2017, Ismael Ivo tem na obra de Jorge Luis Borges a inspiração para muitas de suas criações. Babel, por exemplo, é a concretização de uma pesquisa realizada anteriormente por ele e que resultou na produção Biblioteca del Corpo, também inspirada no conto do escritor argentino. Há sete anos, Biblioteca del Corpo foi apresentada por 25 integrantes do projeto L´Arsenale della Danza, na Bienal de Dança de Veneza, na Itália, onde Ivo foi diretor durante oito anos.

O espetáculo A Biblioteca de Babel com o Balé da Cidade de São Paulo fica em cartaz até 13 de fevereiro. Ao todo serão seis apresentações: nos dias 7, 8, 11, 12 e 13, às 20h, e no domingo, 9, mais cedo, às 18h. Os ingressos variam de R$ 15 a R$ 60.

Pela temporada 2020, a companhia também vai apresentar um espetáculo inspirado na obra de Arthur Bispo do Rosário.

Cena do espetáculo A Biblioteca de Babel, do Balé da Cidade de São Paulo. Foto: Fabiana Stig.

 

A Biblioteca de Babel
Balé da Cidade de São Paulo
Ismael Ivo e Marcel Kaskeline, ideia e conceito
Ismael Ivo, coreografia
Marcel Kaskeline, cenografia
Gabriele Frauendorf, figurinos
Marco Policastro, desenho de luz
Valentina Schisa e Elisabetta Violante, assistentes de coreografia

Serviço:

Sexta-feira,7/2, às 20h
Sábado, 8/2, às 20h
Domingo, 9/2, às 18h
Terça-feira,11/2, às 20h
Quarta-feira,12/2, às 20h
Quinta-feira, 13/2, às 20h

Local: Sala de Espetáculos – Theatro Municipal de São Paulo
Duração aproximada: 70 minutos
Indicação etária: 14 anos
Ingressos: R$ 60 | R$ 30 | R$ 15

Theatro Municipal de São Paulo
Praça Ramos de Azevedo, s/nº, Sé – próximo à estação do metrô Anhangabaú
Bilheteria: 11. 3053 2090
Horário de Atendimento: Segunda a sexta, 10h às 19h; Sábado e domingo, 10h às 17h
Acessibilidade para pessoas com deficiência
Visita educativa: gratuita e em dias e horários estabelecidos, incluindo em inglês para estrangeiros, com monitoria em intérprete em Libras e agendamento especial para grupos de 10 a 50 pessoas. Reserva dos ingressos pela internet. Não há visitação às segundas-feiras, domingos e feriados.
Ouça o podcast do Theatro Municipal. Disponível nas principais plataformas. Mais informações, acesse theatromunicipal.org.br .

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Redação ArteCult.com - Rio
Redação do Portal ArteCult.com - Rio de Janeiro. Expediente: de Seg a Sex - Horário Comerciall. e-mail para Divulgação Artística: divulgacao@artecult.com. Fundador e Editor Geral: Raphael Gomide.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *