NERINA A OVELHA NEGRA: Espetáculo musical infantil fala sobre preconceito e inclusão racial

Baseada no livro homônimo do cartunista Michele Iacocca, a premiada opereta com bonecos e atores do Maracujá Laboratório de Artes conta a história de Nerina, uma ovelha que é expulsa do rebanho só por ter uma cor diferente. Ao ir embora sozinha, ela acaba encontrando alguns lobos, que propõem usá-la como isca para atrair e devorar as ovelhas que a expulsaram, como forma de vingança. Mas Nerina vai provar que o ódio nunca é o melhor caminho, tomando uma decisão que mudará a vida de todas.

 

O espetáculo, voltado para o público de todas as idades, tem como tema o racismo, que ainda persiste em existir em nossa sociedade, sendo urgente o desenvolvimento de ações que contribuam para reeducar o olhar de todos para mudar esta situação. Levar o tema ao teatro, portanto, foi a forma que o grupo encontrou para tentar fazer sua parte nesta luta.

O espetáculo retoma a pesquisa sobre plasticidade visual na cena, utilizando o teatro físico e vídeo-cenários com puppet toys (que reproduzem os ambientes mostrados nas ilustrações do livro).

 

Todas as músicas foram compostas pelo autor do livro, Michele Iacocca, e pelo diretor do espetáculo e também do Maracujá Laboratório de Artes, Sidnei Caria. Para os arranjos, foi chamada a diretora musical Fernanda Maia (de “Urinal – o musical”, “Carrossel – o musical”, “Chaves – um tributo musical”, entre outros), que propôs brincar com as diferenças culturais trazidas pelas culturas negra e caucasiana e seus desdobramentos, com referências a música clássica europeia, o reggae, o blues e misturas sonoras como o samba, a bossa nova e o choro, que revelam musicalmente nossa miscigenação cultural.

 

São reconhecíveis clássicos da música erudita, como a valsa Danúbio Azul, de Strauss, a Nona Sinfonia de Beethoven, a Aleluia de Hendel, entre outras, em arranjos para violão executados pelo próprio elenco, que também utiliza o teclado, trombone de vara, caxixi e agogô em cena.

 

Apresentações: 5, 6, 12 e 13 de dezembro.

Confira detalhes abaixo dos entrevistados após cada sessão:

 

05/12 (apresentação vinculada ao Centro Cultural da Vila Formosa)

18h – vídeo do espetáculo Nerina – a ovelha negra

18h50 – bate-papo com a iluminadora e cenógrafa Marisa Bentivegna

Local de transmissão:

 

Sobre a convidada:

Iluminadora e cenógrafa paulistana, estreou no Teatro profissional em 1990. Formada na FAAP – em Publicidade e Propaganda e na Escola de Belas Artes de São Paulo no curso de Desenho Industrial. É integrante da Cia Hiato, dirigida por Leonardo Moreira, como cenógrafa e iluminadora, e no ano de 2015 teve um cenário criado para esta companhia para o espetáculo O JARDIM, selecionado para representar o Brasil na Quadrienal de Praga na República Tcheca. Também é integrante da Banda Mirim como diretora técnica, cenógrafa e iluminadora desde 2004. Tem ainda como parceiros de criação os diretores Cristiane Paoli Quito, Rafael Gomes e.Kiko Marques entre outros Atua em teatro, dança, exposições e shows musicais, tendo trabalhado em mais de 20 .países na última década. É cenógrafa convidada do Teatr Studio de Varsóvia Recebeu diversos prêmios individuais. Alguns deles: SHELL 1992 e APCA 1992 pela iluminação de O PARAÍSO PERDIDO do Teatro da Vertigem; SHELL 2010 pelo cenário de ESCURO da cia Hiato; SHELL 2011 pelo cenário de O JARDIM da Cia Hiato; APCA 2017 e Prêmio São Paulo 2017 pela cenografia e desenho de luz de Gagá, Buda e Skellig; APCA 2017 pela iluminação de Nerina – a ovelha negra.

 

06/12 (apresentação vinculada ao Centro Cultural da Vila Formosa)

18h – vídeo do espetáculo Nerina – a ovelha negra

18h50 – bate-papo com os técnicos de som e luz do espetáculo Nerina – a ovelha negra: Aragonesco, Fernando Cavalcante, Lays Somogyi, Mauricio Mateus e Rosely Marttinely.

Locais de transmissão:

 

No bate-papo, os técnicos irão conversar sobre aspectos relacionados ao trabalho na técnica teatral e os problemas enfrentados pela categoria durante a pandemia.

 

12/12 (apresentação vinculada ao Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso)

16h – vídeo do espetáculo Nerina – a ovelha negra

16h50 – bate-papo: Processos de criação no teatro para todas as idades – com  Anie  Welter (Cia Noz de Teatro, Dança e Animação), Cris Lozano (Cia La Leche), Guto Togniazzolo (multiartista, atuante em vários grupos teatrais) e Jackie Obrigon (Cia Bendita)

Locais de transmissão:

 

Sobre os convidados:

No bate-papo os convidados, todos veteranos do teatro para todas as idades, irão debater sobre os processos criativos que desenvolvem em seus grupos, em espetáculos para crianças e jovens.

 

13/12 (apresentação vinculada ao Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso)

16h – vídeo do espetáculo Nerina – a ovelha negra

16h50 – bate-papo com integrantes do MOTIJ (Movimento do Teatro para as Infâncias e Juventude): Gira de Oliveira, José Geraldo Rocha e Rodrigo Andrade .

Local de transmissão: https://www.facebook.com/maracujaartes

https://www.youtube.com/c/maracujalaboratoriodeartes

https://www.facebook.com/ccjuventude

 

Sobre o MOTIJ:

O MOTIJ surgiu em fevereiro de 2018 com o intuito de inventariar e protocolar a história do teatro para as infâncias e juventudes da cidade de São Paulo. Considerando a vasta e rica produção voltada para esse público, a contribuição de sua diversidade estética, dramatúrgica e de modos de produção, é objetivo do movimento criar um espaço democrático para o compartilhamento de ideias entre os coletivos que atuam na produção do teatro para crianças e jovens da cidade.

 

Menções:

  • 5 estrelas no Guia da Folha de São Paulo
  • 4 estrelas na Veja SP
  • Estadão, Revista Crescer, Globo Teatro e site Pecinha é a Vovozinha (Dib Carneiro Neto) recomendam.

 

Prêmios:

  • Indicado ao Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem (melhor atriz – Bia Rezende)
  • Ganhador da categoria Melhor Espetáculo Infantil pelo 6º Prêmio Aplauso Brasil (júri técnico).
  • Ganhador do APCA 2017 para Fernanda Maia pela Direção Musical e para Marisa Bentivegna pela Iluminação (ambas pelo conjunto de suas obras, que incluem outros espetáculos de 2017)

 

Editais e Festivais:

  • Proac 2016 e 2017 (montagem e circulação)
  • 10º Prêmio Zé Renato
  • Alfa Criança 2017
  • Edital Território SESI-SP de Arte e Cultura
  • Virada Cultural
  • Circuito Cultural Paulista
  • FIT Rio Preto (FIT 50)
  • FENTEPP

 

Ficha Técnica

  • Espetáculo baseado no livro ilustrado original de Michele Iacocca
  • Adaptação, Concepção e Direção: Sidnei Caria
  • Direção Musical, trilha sonora e arranjos: Fernanda Maia
  • Assistência de Direção: Camila Ivo e Lucas Luciano
  • Assistente de Direção Musical: Ronaldo Liano
  • Elenco: Bia Rezende, Camila Ivo, Lucas Luciano, Piva Silva, Sidnei Caria, Silas Caria e Yasmin Olí.
  • Direção de Arte e Figurinos: Sidnei Caria
  • Confecção de Cenografia, bonecos e adereços: Maracujá Laboratório de Artes (Lucas Luciano, Sidnei Caria e Silas Caria)
  • Música Original (letra): Michele Iacocca e Sidnei Caria
  • Melodias: Sidnei Caria e Fernanda Maia
  • Música Incidental Cena Sonho/Pesadelo: Ronaldo Liano
  • Iluminação: Marisa Bentivegna
  • Preparação Corporal: Lucas Luciano
  • Coreografias: Camila Ivo, Lucas Luciano e Sidnei Caria
  • Confecção de figurinos: Tetê Ribeiro e Cidinha André
  • Soluções Técnicas Audiovisuais: Lucas Luciano, Sidnei Caria e Silas Caria
  • Técnico de Som: Aragonesco, Fernando Cavalcante e Lays Somogyi
  • Técnico de Luz: Roseli Marttinely e Maurício Mateus
  • Coordenação de Produção e design gráfico: Camila Ivo
  • Produção: Vivian Oliveira  e Tetê Ribeiro
  • Fotografias: Cacá Diniz
  • Realização: Maracujá Laboratório de Artes, Laboratório de Artes Produções e Cidade de São Paulo – Cultura

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

SHOWTIME POST
Hora do Show! Está no ar o Showtime Post! Somos um portal descolado de divulgação de notícias e entretenimento pra galerinha Teen/kids. Aqui você encontra matérias inteligentes, dicas e curiosidades sobre música, TV, teatro, teatro musical, cinema, moda, dança, eventos, etc. e também conhecer quem são os talentos mirins que já estão em cena, brilhando em muitos palcos do Brasil. Você também vai descobrir como a arte e a cultura podem animar, inspirar e transformar toda essa geração linda de jovens que está vindo por aí. Bem-vindos ao Showtime Post!!! O show vai começar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *