Música Eletrônica: DEADLINE ganha destaque internacional com lançamentos em grandes gravadoras

O DJ e produtor brasileiro DEADLINE está conquistando a atenção da indústria mundial de música eletrônica com suas produções e remixes. Thiago Martins, nome por trás do projeto, vem esbanjando extremo talento nos últimos tempos. O jovem tem se destacado por sua identidade sonora única, que mistura elementos do Progressive House e da Synthwave, sendo o representante do novo movimento “Future Rave” no Brasil, criado por Jack Back (David Guetta) e Morten.

“No final de 2018 ouvi uma música do Jack Back (David Guetta), chamada ‘Inferno’, e ela foi o pontapé inicial para eu começar a criar a minha identidade sonora. Naquele período, não sabia como definir o estilo que estava fazendo, pois apesar de semelhante, não é exatamente igual ao Future House. Porém, com o lançamento ‘Never Be Alone’ do Guetta e Morten, percebi que a semelhança era grande e me encontrei”, explica DEADLINE.

O movimento musical “Future Rave”, ao qual DEADLINE faz parte, traz melodias mais dark, basslines potentes e elementos metalizados. Os build ups são crescentes e explodem em um drop extremamente cheio de energia, e os breaks são extremamente melódicos, se encaixando aos vocais marcantes. Desde o EP “The Light”, com Pontifexx, o artista já investia nesta identidade sonora que começava a reverberar no exterior. Com seu remake para “Born To Love”, do Meduza, ficou ainda mais evidente o percurso musical do produtor que traz, também, fortes referências dos anos 80, sendo reconhecido no mercado internacional com convites para colaborações e importantes suportes.

Você com certeza já ouviu alguma música do DEADLINE por aí. Thiago é dono de diversas tracks “queridinhas” do público, como o bootleg “What To Do” de Guy Gerber, feito junto com Pontifexx, que obteve suporte de Vintage Culture, e os remixes oficiais recentes “I Don’t Wanna Talk” de Alok & Hugel e “Killed By The City” de Bhaskar & Alok, ambos lançados pela CONTROVERSIA, sub-label da renomada holandesa Spinnin’ Records. O último, entrou para a playlist “New Releases” da One World Radio do Tomorrowland.

Mas, o que mais chama atenção são as recentes produções originais. Recentemente, DEADLINE lançou “Wild Love”, parceria com Mr. Sid, pela Revealed, gravadora de Hardwell, obtendo suportes do boss, além de Dannic, Yves V, Sander Van Doorn e Dash Berlin, para citar alguns. A track entrou para a playlist oficial da One World Radio do Tomorrowland, demonstrando sua qualidade. Por conta dela, Thiago já garantiu outro lançamento pela Revealed, previsto para sair no final de julho.

“A colaboração com o Sid surgiu depois que ele ouviu uma outra música minha tocada pelo Kryder em seu podcast. Rolou um papo de fazermos um som juntos. Ele mandou um tribal, bem forte na identidade dele, mas eu mantive a base e coloquei o meu lead e melodias. E o resultado final ficou como queríamos”, conta DEADLINE.

DEADLINE também lançou “Show Me How”, pela Sosumi Records, gravadora de Kryder, conquistando diversos suportes como Tiesto, Kryder, Magnificence, Benny Benassi, W&W e Danny Avila. Aproximando assim, o brasileiro da Sosumi, que apadrinhou o jovem produtor.

“Já estou com novos lançamentos programados, entre eles mais uma track pela Revealed, e remixes oficiais para o Kryder e DJ Antoine. É um grande momento na minha carreira, e confesso que estou muito empolgado com todo esse suporte e atenção de grandes artistas nacionais e internacionais”, conta Thiago.

O DJ e produtor brasileiro está conquistando o mercado internacional, sinalizando uma tendência de som que com certeza irá reverberar no mercado nacional nos próximos meses. Por isso, fique ligado!

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Daniela Fróes
Musicalmente eclética, apaixonada pela diversidade dos estilos, das festas e festivais, amante de uma boa música, principalmente das batidas eletrônicas. #Música #MúsicaEletrônica - Nunca se precisou de drogas para senti-la, a essência da batida, a sonoridade toca a alma de um jeito que não da pra ficar parado! "Quem não sente a melodia acha maluco quem dança"!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *