Meu Ex é um Espião: uma comédia para muita Risada para um Cinema Pipocão

Imagine se a gente pudesse unir, As Panteras com As Bem Armadas? Pois bem, Meu Ex é um Espião funciona mais ou menos assim. Sem muitas pretensões em inovar, o longa é uma boa pedida para aquela sessão em que só queremos relaxar e rir de muita doideira e um pouco de ação.

Após o término do namoro por celular, Audrey (Mila Kunis) fica destruída, mas o que ela não sabe é que Drew (Justin Theroux) é um espião secreto. Quando sua ex ameaça queimar todas as suas coisas ainda presentes na casa dela, Drew acaba voltando e revelando o sua verdadeira profissão. Usando o discurso de proteção como desculpa, ele acaba envolvendo Audrey e sua melhor amiga Morgan (Kate McKinnon), no mundo da espionagem, as levando presas para Viena, na Áustria, para que possam entregar a uma determinada pessoa o pen drive cheio de informações sigilosas que estava no meio das coisas de Drew na casa de Audrey.

Justin Theroux parece ter voltado no tempo, na época das As Panteras, mesmo não aparecendo muito tempo durante o filme, o ator realmente ficou com as mesmas expressões e com uma atuação muito parecida com seus personagem Seamus.  Aos que acham Kate McKinnon muito caricata e exagerada, esta atriz junto da Mila Kunis ficou na dosagem certa, sem exageros nas piadas ou durante sua atuação.  Mila Kunis também aparenta ganhar energia extra ao lado da parceira, ou seja, uma completou a outra em relação aos seus papéis e em atuações.

O roteiro tem algumas sacadas muito inteligentes, como a citação de Snowden dentro do enredo de espionagem e invasão tecnológica. Para quem não lembra, Edward Snowden é um ex-administrador de sistemas da CIA e ex-contratado da NSA que tornou público detalhes de vários programas que constituem o sistema de vigilância global da NSA americana. Além disso, piada com grandes artistas, como Beyoncé, são inseridas no contexto, aproximando o enredo a muitos dos espectadores.  Mesmo sem trabalhar muito os outros personagens ao redor da dupla, eles estão ali, como o agente gato que está sempre por perto para salvar. E são bem trabalhados, de maneira divertida!
Toda a trilha musical e sonora acompanha as personagens e os enaltecem nos momentos mais engraçados e tensos.

O nome “Ethan”, por exemplo, é citado como referência ao filme “Missão Impossível”, assim como muitas cenas lembram a franquia do 007 em vários aspectos. Ao som de “The Pink Panther” é impossível não lembrar do filme “A Pantera Cor-de-Rosa”, que teve um remake em 2006, com Steven Martin, longa que também une comédia e espionagem.

Meu Ex é Um Espião cumpre seu objetivo em fazer rir e nada melhor do que se divertir num cinema com um bom balde de pipoca. Sem grandes novidades, mas com muito bom humor, o filme é muito bom dentro do seu gênero e é uma boa pedida para um cinema descontração.

E o @ArteCult no Instagram em parceria com @CinemaeCompanhia, @TiltCine e asssessoria Espaço/Z , estará sorteando 2 pares de ingressos deste filme !!!

Para ganhar, curta a imagem de hoje deste filme no instagram do @ArteCult. É preciso tambem seguir o ArteCult lá e seus parceiros de Cinema & séries (@CinemaeCompanhia e  @TiltCine) e comentar no post da imagem, marcando seus amigos !

 

MARIANE BARCELOS
Siga-nos no Instagram @artecult / @TiltCine / @barcelosmariane

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

maribarcelos
Eu me chamo Mariane Barcelos, tenho 26 anos, sou designer e estudante de Audiovisual, construindo uma carreira na área. Já viajei para quase todos os cantos do mundo, inclusive já fui para fora do planeta, já dei um pulo em Marte, conheci uns anéis de Saturno e me aventurei em galáxias muito distantes, me transformei em bruxa, loba e vampira, também já fui super heroína e vilã. Não pensem que sou louca, sou apenas uma cinéfila que enxerga nos filmes uma maneira de se desconectar da realidade, ou quem sabe me conectar, com a minha realidade. Quando eu vejo um filme é para me conectar com aquele mundo, se não estou no clima, digo "nossa que dor de cabeça" e fica para um outro momento. Cinema é para ser sentido, para se apaixonar e se iludir. Encantar. Espero poder compartilhar com vocês, toda essa emoção que eu sinto ao assistir um filme e conseguir fazer com que vocês também embarquem nessa viagem sem destino. Agora através do ArteCult, também faça cobertura de eventos, como o Festival do Rio, RioMarket, Pré-Estreias e afins. Assim como nos filmes, espero poder trazer grandes novidades e coberturas completas em todas as mídias sociais, para que vocês, leitores, possam se sentir sempre imersos ao nosso universo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *