Juv Rock Festival: Banda John Bianchi vence o festival e vai tocar no Rock in Rio em setembro

Banda John Bianchi. Foto: Divulgação/JUV Festival

A banda John Bianchi foi a vencedora do Juv Rock Festival, competição musical entre grupos cariocas formados por jovens de 18 a 29 anos e promovida pela Secretaria Especial da Juventude Carioca (JUVRio). A seleção ocorreu na noite desta quarta-feira (03/08), no Circo Voador, e contou com a participação de oito finalistas, de um total de 89 inscritos. Os ganhadores carimbaram o passaporte para tocar no palco Rock District do Rock in Rio, em setembro, e também foram premiados com uma gravação no estúdio Toca do Bandido (@estudiotocadobandido), responsável por discos antológicos de artistas como Gilberto Gil e O Rappa.

Chegaram à final, junto com John Bianchi, as bandas Carminium e Radioativa (segunda e terceira colocadas, respectivamente), além de Bellasigma, Lamutes, Lenhadores da Galáxia, Madre Ravena e Radio Front.


DICA : 🎸Conheça todas as bandas finalistas do Festival!

Vocalista do grupo que leva seu nome, John Bianchi comemorou a conquista do primeiro lugar no festival e disse que a banda, também formada por Ramon Pina, João Victor Santos, Camile Azevedo e Leonardo Piragine, já vai começar os preparativos para a apresentação no Rock in Rio.

– A gente está muito feliz. Vão começar os ensaios, falta pouquinho, mas a gente está preparado para entregar o nosso melhor. O público pode esperar um pouco de loucura, um pouco de rock and roll, maquiagem, look pop misturado com rock. A gente faz essa mistura que parece doida, mas que está dando certo – disse o cantor.

John Bianchi fez elogios à produção do Juv Rock Festival.

– Houve muito cuidado com os detalhes, com a gente, a orientação para os shows. E ficamos felizes por isso e com essa visibilidade que a competição deu para muitos artistas do Rio, que estão escondidinhos, aguardando para serem vistos, para terem seu lugar de fala.

O vocalista já participou de outros festivais, mas estar no palco do Circo Voador foi outro prêmio para a banda, que aposta em um diferencial para conquistar seu público.

– Todas as bandas foram maravilhosas, mas a gente colocou muito coração em tudo o que estava fazendo, a ideia era tornar tudo emocionante. Estávamos preocupados com a técnica, mas também queríamos doar o coração no palco. Ganhar é consequência, estamos sempre preocupados com o público, em entregar algo que passe sentimento, emoção. O sentido de ser artista é isso, trabalhar com a emoção e o carinho com o público.

No Rock in Rio, a performance da banda vencedora será um tributo cover a outros grandes ídolos do rock and roll mundial.

A final do JUV Rock Festival, que teve entrada gratuita, contou ainda com o show da banda Drenna, uma das expoentes da cena carioca e atração confirmada no Rock in Rio. Foi a paixão pela guitarra que motivou a vocalista, do Complexo do Alemão, a formar o grupo que leva seu nome e a cair na estrada, em 2009. Acompanhada pelo baterista Milton Rock e o baixista Bruno Moraes, a Drenna segue ativamente de forma independente.

Para o secretário especial da Juventude Carioca, Salvino Oliveira, a criação de um festival é uma forma de aquecer a cena rock no Rio e fazer cultura na cidade.

– É muito marcante estar aqui, reunir pessoas, várias tribos. Hoje é um dia para a juventude se encontrar, fazer cultura, fazer cidade e perpetuar todo o conhecimento popular que está na nossa veia e faz pulsar o Rio de Janeiro. Tivemos a felicidade de escolher uma banda que vai tocar no Rock in Rio, que é um dos maiores festivais de rock de todos os tempos. Esse é um momento único e é com muita alegria que chegamos até aqui, o primeiro de muitos festivais, e certamente um dos mais emblemáticos, porque a juventude é potência e o Rio é jovem – disse o secretário.

A comissão julgadora foi composta pela musicista Constança Scofield; pelo jornalista Bernardo Araújo; pelo músico, diretor técnico do estúdio Toca do Bandido e sócio-diretor do selo Toca Discos, Felipe Rodarte; e Marisa Menezes, diretora artística da Rock District e da Rock Street do Rock in Rio.

JUV Rock Festival reuniu 229 músicos

As inscrições para o JUV Rock Festival começaram em maio. Na primeira etapa da seleção, as bandas que desejavam conquistar a vaga para tocar no Rock in Rio 2022 tiveram que enviar videoclipes, webclipes ao vivo e ensaios. A competição contou com 89 grupos, totalizando 229 músicos, com idades entre 18 e 29 anos.

Em julho ocorreu a semifinal de forma presencial. Todas as terças-feiras, 10 bandas se apresentavam por noite no palco do Teatro de Câmara da Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, e os jurados escolhiam dois grupos a cada semana, que ficavam classificados para a final.

Banda Carminium. Foto: Divulgação

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Divulgação e inúmeros serviços para bandas que estão decolando para o sucesso. Divulgação em redes sociais, criação página de divulgação, criação logomarca, gestão de rede social, criação de arte para campanhas, convênios c/ estúdios, etc. FACEBOOK: Página: facebook.com/bandasnovasoficial/ Grupo: facebook.com/groups/bandasnovas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *