Instituto Estação das Letras : Estação inaugura formações literárias para Mediadores de Leitura e Escritores e reforça a importância da profissionalização

 

Considerada um dos grandes desafios da educação brasileira, a formação de leitores passa pela necessidade de profissionais capazes de estimular os potenciais leitores.

Uma boa formação literária possibilita tanto o surgimento de cidadãos leitores como alavanca o surgimento de novos escritores, num país que  perdeu entre os anos de 2015 e 2019 mais de 4,6 milhões de leitores, segundo dados da última pesquisa Retratos da Leitura no Brasil.

Esta é a análise da diretora do Instituto Estação das Letras, mediadora de leitura, curadora de cursos e eventos em Literatura e Mercado Editorial Suzana Vargas e que apresenta ao mercado, em março de 2022, formações online, em tempo real, para escritores e mediadores visando exercício competente do seu trabalho, em cursos que levam 10 meses.

O projeto do Instituto, para preencher uma lacuna no cenário nacional, é fruto da experiência com escritores iniciantes e pessoas que desejam poder trabalhar texto/ livros em salas de aula ou fora delas e incentivar novos talentos literários e formar leitores e profissionais da leitura.

Segundo Suzana Vargas, tanto escrever como trabalhar em sala de aula ou com grupos de leitura pressupõe um entendimento amplo do livro, da leitura e da literatura, abrangendo aspectos históricos, técnicos e socioeconômicos. Bons escritores e mediadores de leitura nascem através de formações sólidas .

“Ao longo de 27 anos com oficinas de leitura e escrita ficou clara a necessidade de se possuir uma formação mais sólida no campo literário. Um escritor é sobretudo um grande leitor. Por sua vez o professor ou mediador precisa estar munido de muita informação e capacidade de transmiti-la ao público-alvo. Pouquíssimos cursos oferecem uma formação literária de qualidade que beneficie aqueles aspirantes a escritores ou mediadores e não possuem uma formação em Letras”, diz Suzana.

Além da Formação Literária para Mediadores de Leitura, pensada para atender a demanda daqueles que, exercendo o papel de educadores ou agentes culturais, desejam compreender melhor esse universo, a Formação Literária para Escritores também foi concebida para aqueles que desejam ingressar na carreira literária e necessitam se exercitar nas práticas textuais, além de compreender melhor o universo dos livros: seus aspectos históricos, técnicos e socioeconômicos.

Os professores e escritores-mentores envolvidos nos dois programas e que conduzem cursos obrigatórios e eletivos são profissionais reconhecidos nacional e internacionalmente como José Castello, Claudia Lage e Sandra Reimão .

A ideia é que essas formações deem organicidade ao que até então vinha sendo feito por meio de cursos livres, que podem continuar sendo buscados por amantes dos gêneros literários, da escrita e do mercado editorial.

SERVIÇO:

Para inscrição, conhecimento da grade e dos profissionais das formações literárias e demais informações, saiba mais no sítio do Instituto Estação das Letras.

Curso de Formação Literária para Escritores – https://www.estacaodasletras.com.br/formacaoescritores

Curso de Formação Literária para Mediadores de Leitura – https://www.estacaodasletras.com.br/formacaomediadores

Instituto Estação das Letras – IEL

Sítio: https://www.estacaodasletras.com.br/

Tel: (21) 99127-4088

email: iel@estacaodasletras.com.br

Horário de atendimento:
Segunda à sexta-feira, de 14h às 20h

Endereço:

Rua Marquês de Abrantes, 177

Lojas 107/108 – Flamengo

Rio de Janeiro – RJ

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Ana Lúcia Gosling se formou em Letras (Português-Literatura) em 1993, pela PUC/RJ. Fixou-se em outra carreira. A identidade literária, contudo, está cravada no coração e o olhar interpretativo, esgarçado pra sempre. Ama oficinas e experimenta aquelas em que o debate lhe acresça não só à escrita mas à alma. Some-se a isso sua necessidade de falar, sangrar e escorrer pelos textos que lê e escreve e isso nos traz aqui. Escreve ficção em seu blog pessoal (anagosling.com) desde março de 2010 e partilha impressões pessoais num blog na Obvious Magazine (http://obviousmag.org/puro_achismo) desde junho de 2015. Seu texto “Não estamos preparados para sermos pais dos nossos pais” já foi lido por mais de 415 mil pessoas e continua a ser compartilhado nas redes sociais. Aqui o foco é falar de Literatura mas sabe-se que os processos de escrita, as poesias e os contos não são coisa de livro mas na vida em si. Vamos falando de “tudo” que aguçar o olhar, então? Toda quarta-feira, aqui no ArteCult, há texto novo da autora. Redes Sociais: Instagram: @analugosling Facebook: https://www.facebook.com/analugosling/ Twitter: https://twitter.com/gosling_ana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *