TODXS NÓS: Uma nova abordagem mais profunda sobre a diversidade

 

A convite da HBO, conferimos o primeiro episódio de “TODXS NÓS“.  A série que estreia hoje às 23h é estará disponível na HBO GO aborda as questões da comunidade LGBT de uma forma mais profunda ao mostrar que existe uma grande área cinzenta entre o que é ser hétero, homo ou bi. Conhecemos a vida de Rafa (Clara Gallo), que se considera pansexual, uma pessoa não-binária e que não foi muito bem aceita pelo seu pai após se abrir com ele.

Rafa acaba indo morar com seu primo Vini (Kelner Macêdo), que é homossexual, pois acredita que ele possa ajudá-la com sua situação. Vini tem uma colega de quarto, Maia (Juliana Gerais), uma mulher negra e feminista que, embora seja hétero, também apresenta um arco interessante logo no primeiro episódio.

O modo como a direção estabelece um limite entre o humor e a temática da série é muito bem estabelecida, o roteiro brinca e faz piada com certos assuntos, sempre sabendo quem pode dizer o que para não ficar ofensivo, e o jeito como isso é falado também surpreende, já que os personagens tem uma naturalidade como se não estivessem seguindo um roteiro, apenas falam o que pensam, como se fosse a vida dos próprios atores e não dos seus personagens, o que torna as cenas mais convincentes e engraçadas.

Cena da série “Todxs Nós” da HBO

E quando o roteiro começa a abordar questões mais sérias e polêmicas, novamente a direção estabelece um limite, criando um clima mais sério e dramático, como no arco de Maia que já é apresentado como um caso de discriminação pacífica. Nesta situação não foram utilizadas palavras ou gestos ofensivos, mas o modo como fora tratada diante de uma denúncia grave,denota essa discriminação indireta, pois só pelo fato do que acredita e luta e cor de sua pele fazem com que certas pessoas achem que isto deve ter afetado seu julgamento e que ela exagerou ao contar a situação, mesmo se tratando de um assunto muito sério.

Além dos diálogos, que farão o público se identificar com a dinâmica da conversa, o roteiro cria adjetivos para classificar uma pessoa não-binária na qual a palavra não corresponde a nenhum sexo, como por exemplo “elx”, “bonitx” ou “dedicadx”. O intuito é transformar esse recurso em algo para fazer parte do cotidiano das pessoas que não sabem bem como se dirigir à uma pessoa não-binária. Se é que já não existem pessoas que usam esse tipo de adjetivo na nossa realidade…

Cena da série “Todxs Nós” da HBO

Outros personagens ajudam a compor a história e podem até representar o público que tem amigos ou familiares que pertencem a essa diversidade, tanto para aqueles que não aceitam ter alguém próximo que assumiu sua sexualidade, como daqueles que aceitam sem dificuldade. E alguns personagens, principalmente do grupo dos que aceitam, acabam sendo um pouco exagerados, mostrando o orgulho demasiado que a pessoa tem por ter alguém próximo que é gay, bi ou pan, dando a impressão que a vida da pessoa é apenas isso. Contudo, ainda não dá para dizer se esses personagens são unidimensionais, já que são secundários e apareceram pouco durante o primeiro episódio.

CONFIRA O TRAILER

 

 

 

 

“Todxs Nós” é uma série que promete abordar de forma mais aberta e ampla a comunidade LGBT, além de outros temas polêmicos que também fazem arte do cotidiano de muitas pessoas.

Estreia na HBO hoje, 22 de março às 23h00 e estará disponível na HBO GO .

 

NOTA: 8,0 (primeiro episódio)

BRUNO MARTUCI

 


ArteCult – Cinema & Companhia

Siga nosso canal e nossos parceiros no Instagram para  ficar sempre ligado nas nossas críticas, últimas novidades sobre Cinema e Séries, participar de sorteios de convites e produtos, saber nossas promoções e muito mais!

@artecult , @cinemaecompanhia , @cabinesete ,
@cinestimado , @sinistros.bagulhos@hospicionerdoficialp

#VamosParaOCinemaJuntos

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

BRUNO MARTUCI
Colaborador de CINEMA & SÉRIES dos sites ARTECULT.com, The Geeks, Bagulhos Sinistros, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *