CORONAVÍRUS: Como manter a saúde mental em tempos de pandemia?

 

Desde 16 de março de 2020 estamos vivendo mais de perto a pandemia de coronavírus (Covid-19), quando nós brasileiros entramos em período de isolamento em casa para evitar a propagação do vírus. Este período em casa pode gerar angústia, medo e ansiedade e é muito importante cuidar de sua saúde mental em momentos de adversidade.

A seguir algumas dicas para administrar esta fase, auxiliando crianças e idosos, que são mais vulneráveis no processo.

ISOLAMENTO EM CASA – Esta fase é temporária, uma grande oportunidade para nos resguardarmos, evitando propagar a doença. Mas para algumas pessoas permanecer em casa parece um castigo. É preciso mudar esta forma de pensar com foco na oportunidade e não no isolamento. DICA: foco na sua proteção, o isolamento é uma oportunidade para você não adoecer.

FAMÍLIA EM CASA – Neste período temos o homeoffice para quem está trabalhando remotamente, estudantes sem aulas presenciais, crianças em casa com escolas/creches fechadas, idosos dependentes que moram com suas famílias, etc Com tanta gente em casa é necessário organização, disciplina e limpeza para tudo correr bem. DICA: foco na rotina com disciplina/horários de alimentação e atividades em geral, assim como divisão das tarefas de organização e limpeza.

A CASA – Investir seu tempo em casa para organizar itens acumulados em armários, como roupas, sapatos, brinquedos, livros, etc são uma ótima opção para passar o tempo e trazer um ambiente harmonioso ao lar. Uma mudança na decoração também pode ser uma boa opção.

LAZER E PRAZER – Para os momentos de descanso em casa temos as músicas, os livros, os programas de TV, seriados/filmes/documentários no streaming, videogames e as atividades que favorecem a interação dos grupos como jogos de tabuleiro, baralho, dominó, assim todos participam. DICA: Foco na interação de todos da família.

ALIMENTAÇÃO – Que tal preparar uma alimentação doce ou salgada junto com as crianças? Elas adoram estes momentos em família. DICA: A receita pode ser fornecida pela vovó.

NEGATIVIDADE – Evite falar de doenças, busque conversas positivas e cheias de esperança. Seja resiliente e motive as pessoas a serem também. Lembre-se do bambu que verga mas não quebra.

CRIANÇAS – Busque uma linguagem acessível ao explicar às crianças o que o mundo vem passando com a pandemia. Oriente-as em relação aos procedimentos de higiene e contato com outras pessoas.

EXERCÍCIOS FÍSICOS – Cuide de seu corpo. Com as academias fechadas a preguiça pode se instalar. É possível fazer atividades em casa como alongamento, hatha yoga e ginástica localizada. DICA: buscar vídeoaulas na internet e não deixar de fazer exercícios neste período.

CONTATO COM PESSOAS QUERIDAS – Com a tecnologia é possível se conectar às pessoas queridas sem sair de casa. DICA: Telefonar, enviar mensagem, e-mail, fazer uma chamada de vídeo e perguntar aos amigos e familiares como estão passando neste período, demonstrando um carinho todo especial.

TER HORÁRIO PARA SE INFORMAR – Busque notícias em horários específicos. Buscar informações duas vezes ao dia é suficiente, tomando cuidado com excesso de horas conectado a um dispositivo.

ONDE BUSCAR INFORMAÇÃO? Para evitar a propagação de Fake News busque informações atualizadas de fontes confiáveis sobre saúde e sobre a pandemia.

VIDA FINANCEIRA – Neste momento de incerteza econômica muitas pessoas estão sendo diretamente afetadas pela perda das vendas, de clientes, de serviços, de negócios, etc. Este momento pede atenção e controle dos gastos em cartões de crédito por exemplo, evitando o endividamento.

 

 

Psicóloga Regina Murray Loureiro
Vitória-Régia Serviços de Psicologia

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Regina Murray
Regina Murray Loureiro é psicóloga clínica, hospitalar e psicogeriatra pela UFRJ IPUB . Fundadora da "Vitória-Régia Serviços de Psicologia" e colaboradora do Canal Psicologia no ArteCult.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *