Cinema e Literatura – 26 grandes filmes e os livros que os inspiraram

A caminhada entre o cinema e a literatura  é simplesmente repleta de emoções e nuances. Quem acaba ganhando com essa parceria, somos nós, os espectadores.

Diversas vezes me peguei em busca de livros por terem sido citados em filmes, ou até mesmo o roteiro dos próprios filmes. A literatura acaba ganhando os  fãs  das telonas por conta da curiosidade dos mesmos em mergulhar profundamente no universo descrito. O movimento contrário também ocorre com frequência.

Por diversas vezes a literatura foi a total fonte de inspiração para muitos roteiristas e diretores, que depois de uma grande invenção literária, buscaram passar a sua visão para outros através de seus filmes.

Alguns espectadores após passarem pelas duas vertentes ao mesmo tempo possuem opiniões controversas da mesma visão do roteirista/diretor, pela adaptação em ambos os sentidos, e este é um grande ponto em grandes discussões principalmente no meio cinematográfico.

Sendo pelo cinema ou pela literatura, a ideia é uma grande  imersão no universo então proposto.

Alguns exemplos de filmes baseados em livros famosos:

Livros foram feitos para serem lidos com todos os nossos sentidos, especialmente a Imaginação. Criados pela imaginação para imaginação. E filmes para nos transmitir há um outro mundo proveniente dessa criatividade, para sair de si e viajar sem se mover.

Ambos caminhando lado a lado pelo universo cultural, levando felicidade e representações a seus respectivos amantes.

 

MARIANA BARCELOS

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

maribarcelos
Eu me chamo Mariane Barcelos, tenho 25 anos, sou designer e estudante de Audiovisual, construindo uma carreira na área. Já viajei para quase todos os cantos do mundo, inclusive já fui para fora do planeta, já dei um pulo em Marte, conheci uns anéis de Saturno e me aventurei em galáxias muito distantes, me transformei em bruxa, loba e vampira, também já fui super heroína e vilã. Não pensem que sou louca, sou apenas uma cinéfila que enxerga nos filmes uma maneira de se desconectar da realidade, ou quem sabe me conectar, com a minha realidade. Quando eu vejo um filme é para me conectar com aquele mundo, se não estou no clima, digo "nossa que dor de cabeça" e fica para um outro momento. Cinema é para ser sentido, para se apaixonar e se iludir. Encantar. Espero poder compartilhar com vocês, toda essa emoção que eu sinto ao assistir um filme e conseguir fazer com que vocês também embarquem nessa viagem sem destino. Agora através do ArteCult, também faça cobertura de eventos, como o Festival do Rio, RioMarket, Pré-Estreias e afins. Assim como nos filmes, espero poder trazer grandes novidades e coberturas completas em todas as mídias sociais, para que vocês, leitores, possam se sentir sempre imersos ao nosso universo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *