Café nosso.

Como muitos sabem, venho lendo muitas autoras nacionais. Eu fico positivamente impressionado com a quantidade somada à qualidade de novas autoras que vêm surgindo cotidianamente. É importante salientar que há uma leva de novos autores, todos de excelente gabarito, que vêm publicando material relevante, deixando bem à mostra os talentos que existem aqui em terra tupiniquim. Neste processo, chegou às minhas mãos o romance histórico Encantos do Café, de Anapuena Havena.

São várias as voltas que a literatura dá. Importantes que são, essas voltas levam a caminhos únicos. Muitos de nossos grandes autores levam anos, inclusive décadas – há casos de uma vida inteira – até serem descobertos. Hoje, com o advento da internet, da exposição que é possível a uma obra, descubro que a autora é colega de editora. Publicada pela Multifoco, ela tem o livro infantil “O Príncipe que Não Sabia Brincar“, aqui no Brasil, e Encantos do Café, que será lançado agora em Portugal pela editora Edições Hórus.

Este, que tem data prevista de lançamento lá para Novembro, pelo Selo Jovem, retrata a vinda de uma família italiana ao Brasil, no período de fim da escravidão. Nele, há a jovem Gertrudes, que percebe que aqui não terá a tão sonhada vida de ganhos e benesses. Com a descoberta de que tudo será difícil, Anapuena tece um retrato deste período importante para a formação do estado nacional. Encantos do Café é desse tipo de romance que foge do preceito água com açúcar. Ele é encantador, envolvente, de rápida e digestiva leitura. Com parágrafos bem traçados e ritmo sintático, esse romance tem tudo para conquistar o público jovem com satisfação e sem engodo, é uma boa pedida para uma época de torrentes de produção. O livro tem tudo para ser conquistar fãs em todo o mundo.

Aconselho a acompanhar este nome de sonoridade gostosa: Anapuena.

Mais um caso de boa conquista da florescente literatura brasileira.

MÁRCIO CALIXTO


SERVIÇO

E falando em café, que tal conhecer a melhor cafeteria do Centro do Rio de Janeiro? Venha conhecer, por exemplo, o nosso Capuccino com Chocolate Belga acompanhado de pães de queijo de tapyoca ! Campeã do pós-almoço!
Avenida Rio Branco, 120 – Loja 23
Rio de Janeiro

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Márcio Calixto
Professor e escritor. Lançou em 2013 seu primeiro romance, A Árvore que Chora Milagres, pela editora Multifoco. Participou do grupo literário Bagatelas, responsável por uma revolução na internet na primeira década do século XXI, e das oficinas literárias de Antônio Torres na UERJ, com quem aprendeu a arte de “rabiscar papel”. Criou junto com amigos da faculdade o Trema Literatura e atualmente comanda o blog Pictorescos. Tem como prática cotidiana escrever uma página e ler dez. Pai de dois filhos, convicto morador do Rio de Janeiro, do bairro de Engenho de Dentro. Um típico suburbano. Mas em seu subúrbio encontrou o Rock e o Heavy Metal. Foi primeiro do desenho e agora é das palavras, com as quais gosta de pintar histórias.

One comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *