MORTO NÃO FALA: Talento brasileiro supera adversidades e gera filme de terror absolutamente espetacular (isto mesmo que você acaba de ler)

Evento de Pré-Estreia apresenta um dos melhores filmes brasileiros de Terror dos últimos tempos, com presença de famosos

Aconteceu ontem, no CINEMARK Botafogo no Rio de Janeiro, o evento de pré-estreia do filme “MORTO NÃO FALA” de Dennison Ramalho, estrelado por Daniel de Oliveira, Fabiula Nascimento, Marco Ricca e Bianca Comparato. O filme foi produzido pela Casa de Cinema de Porto Alegre e pela Globo Filmes.

O evento reuniu alguns famosos que participaram, também, de uma sessão de fotos do tapete vermelho.

Antes da exibição, Bruno Beauchamps, CEO da Pagu Pictures, contou à plateia que, após ter visto o filme, entrou em contato imediatamente com Nora Goulart da Casa de Cinema de Porto Alegre, comentando seu interesse na distribuição, pois, segundo ele, “tratava-se de um dos melhores filmes de terror que ele tinha visto até hoje”.

O filme é absolutamente fantástico. Um roteiro bem lineado, personagens verossímes de nosso dia-a-dia, abordando a problemática da periferia e a marginalidade, mesclando passagens certeiras de terror sombrio. O filme “incomoda” com suas cenas e suspense com tensão crescente. Ou seja, um EXCELENTE filme de terror. Com cenas arrepiantes, que lembram até grandes produções internacionais.

O elenco supera o imenso desafio de representar seus personagens, principalmente as atrizes Fabiula e Bianca (vocês entenderão o que eu quero dizer quando assistirem ao filme). Daniel domina cada camada (todas interessantíssimas) de Stenio, um plantonista de necrotério, que tem um dom paranormal. O que, inicialmente, chega a ser cômico, progressivamente se torna elemento crucial para nos afundar de medo na poltrona do cinema, aguardando o que certamente está por vir. Parabéns, também, ao garoto Cauã Martins que deu um show à parte; um ator mirim que promete.

Sim, o Brasil tem talento também no gênero “Terror”. Muito feliz com a qualidade que transborda desse longa.

Sinopse do filme: Plantonista de um necrotério, Stênio (Daniel de Oliveira) possui um dom paranormal de se comunicar com os mortos. Trabalhando à noite, ele já está acostumado a ouvir relatos do além. Porém, quando essas conversas revelam segredos sobre sua própria vida, o homem ativa uma maldição perigosa para si e todos a sua volta.

ENTREVISTAS

Antes da exibição, entrevistamos Daniel e o diretor Dennisson Ramalho. Após a sessão, colhemos vários depoimentos sobre o que o público presente achou do filme, conversamos com as atrizes Ingrid Conte, Dandara Albuquerque, Etiene Mascarenhas, Kenny Alberti, que nos contaram como o filme conseguiu as deixar assustadas. O Ator Marcus Tardin e o produtor Thiago Jatobá também expressaram sua animação com esse terror nacional. E antes de ir embora, consegui, também, conversar com Nora Goulart da Casa de Cinema de Porto Alegre.

Acompanhe abaixo nossa experiência na pré desse espetacular e surpreendente filme brasileiro!

Parabéns a todos envolvidos nessa produção única do Cinema Nacional, que luta, resiste e continua produzindo obras fantásticas para nós, brasileiros.

VEJA A REPORTAGEM, AS ENTREVISTAS E OS CONVITES PARA OS SEGUIDORES DO AC:

 

 

 

 

VEJA TODAS AS IMAGENS DO EVENTO:

 

ARTECULT – Cinema & Séries
Acompanhem-nos em nossas redes sociais:

@artecult , @cinemaecompanhia , @casaldecinema,
@cabinesete ,  @cinestimado e @resetdepoisdever

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Raphael Gomide
Fundador e Diretor Geral do ArteCult.com e Sócio-fundador e editor do QuadriMundi. Ambos projetos da Webstaff, sua empresa. Apaixonado pela sua família e por toda forma de ARTE e CULTURA. Nas redes sociais, administra além das páginas do ArteCult e QuadriMundi, as páginas do OlheiroMusical.com, Atuando, Dica de Vinho, Dicas de Filmes, Dicas de Livros, Dicas de Músicas, Futuristiko, Infância80, Olheiro Musical, Bullying nas Escolas, Reação Adversa e Portal TEAmigo (comunidade TEA - Transtorno do Espectro Autista).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *