Dicas de Espetáculos de Dança em São Paulo no mês de Fevereiro

No mês de fevereiro em São Paulo opções de espetáculos de dança contemporânea, dança urbana e tango compõem a programação dos palcos da cidade. Além das usuais dicas do ArteCult, contamos também com sugestões do ator, cantor e bailarino Pedro Paulo Bravo (@pedropaulobravo).

Ficam então estas dicas imperdíveis para vocês!

 

No SESC da Av. Paulista é possível conferir o espetáculo , no qual uma mulher que se prepara para sua última apresentação e convida o público a debruçar-se sobre suas reflexões acerca da passagem do tempo, do desaparecimento e da continuidade. No solo, dirigido, escrito e interpretado por Denise Stutz, a palavra e a dança se juntam para dar ritmo ao corpo. Caberá à plateia dar continuidade a existência da artista ou decidir pelo seu desaparecimento.

Texto, interpretação e direção de Denise Stutz; colaboração de Inez Viana e Laura Samy; músicas Danúbio Azul (Johann Straus II) e Sirtaki (Míkis Theodorákis); iluminação de Daniel Uryon, produção: Renata Pimenta Bomba Criativa Produções e idealização: Denise Stutz.

Serviço

  • Data: 14 a 17/2
  • Horário: quita a sexta às 21hrs e domingo às 18hrs
  • Ingressos: 20,00 inteira e 10,00 meia, na bilheteria ou no site: https://www.sescsp.org.br/programacao/179454_SO
  • Local: Sesc Avenida Paulista
  • Av. Paulista 119
  • Link: https://www.facebook.com/denise.stutz.3
  • Classificação: 14 anos

 

 

Reinaugurando o teatro SESI A. E. Carvalho o espetáculo 5 Passos para não Cair no Abismo  da Companhia Urbana de Dança. A obra instaura no ar um clima de confiança em que eles depositam toda a certeza de que não há incertezas, nem sinais de que vão desistir. O que fazem de melhor é dançar juntos porque resistem. São oito jovens negros, do subúrbio carioca, que escolheram dançar. Nem que seja só para não caírem no abismo. Ao darem outros significados aos espaços e as suas vivências pessoais, principalmente, no contexto da violência cotidiana e urbana, os bailarinos promovem o acesso à dança urbana e contemporânea como forma de resistência artística.

Direção e dancing designer deSonia Destri Lie; dançarinos, Tiago Sousa, Andre Feijão, Jessica Nascimento, Johnny Britto, Miguel Fernandez, Rafael Balbino, Julio Rocha; música de Rodrigo Marçal, Luz de Renato Machado e Operador de luz e som: Ton Bernardes

Serviço

 

 

Cia. Tango & Paixão apresenta “Uma Viagem pela História do Tango” no Teatro Iguatemi. O espetáculo narra a trajetória do tango por meio de canções clássicas famosas e conta com a participação de 10 bailarinos de tango, casal de ritmos latinos e cantor argentino. Através da dança, tendo como contraponto o bailado em casais com força, paixão e sensualidade, a peça homenageia grandes compositores e autores. Canções fortes e românticas fazem parte deste inesquecível musical de tango show. Direção Geral de Nelson Lima e direção Artística: Márcia Mello.

Não deixem de conferir estes espetáculos em Sampa !

RAFAELI MATTOS

(Colaborou com este texto : Pedro Paulo Bravo)

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Rafaeli Mattos
Mestre em Artes Visuais, com ênfase em dança – UFRJ (2013), Especialista em Estudos Contemporâneos em Dança –UFBA/FAV 2007 e Bacharel em Dança, Intérprete e Coreógrafa, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – 2006/1. Possui formação em jazz, ballet, ballet moderno – Horton, dança contemporânea, sapateado e canto popular. Qualificada Profissional da Dança, artista-dançarina sapateadora e Instrutora de Dança, seguimento sapateado, pelo SPDRJ, atua como professora de sapateado, jazz e balé desde 2007 em diversos espaços de dança do Rio de Janeiro. Integrou a Cia de Dança Contemporânea Helenita Sá Hearp – 2004/1 a 2005/1, Cia Étnica de Dança e Teatro – 2007 a 2008, Projeto Ateliê Coreográfico do Centro Laban RJ – 2008 a 2009, Projeto de residência internacional da coreógrafa Erica Essner (Erica Essner Performance CoOp) no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro 2007 e do grupo A.C.Ho com a performance Q _ _ _ _ _ , realizada no eventro Transperformance em 2011. Como cantora atuou na Cia Nós da Dança no espetáculo Bossanossa – 2009. Foi coreógrafa residente no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro de julho de 2005 a julho de 2006, onde realizou seu primeiro trabalho autoral Chora Corpo Choro, composto pelos solos Rádio e Violão Mudo e pelo quarteto Choro na Feira. Seu segundo solo autoral Ah vai andas?! participou, em junho de 2012, em work in progress do evento Novíssimos da Ocupação Dança pra Cacilda. Em 2015 integrou o corpo de jurados dos festivais de dança Barra Dance e Barra Dance Kids. Sua oficina de Sapateado para Terceira Idade foi contemplada nos anos de 2014 e 2015 nos editais Viva a Cultura e Viva o Talento da secretaria de Cultura do RJ. Hoje atua como professora de balé e sapateado na ONG Projeto Dançarte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *