A MALDIÇÃO DA FREIRA: novo terror britânico entrega uma história com um novo olhar para os fãs do gênero

“A Maldição da Freira” (The Devil´s Doorway), novo filme da PlayArte, traz a atmosfera dos anos 60 através de uma abordagem particular, mesclada através de estruturas que conseguem prender a atenção dos fãs do gênero, repleto de jump scares e um ritmo sem pressa, o filme garante bons sustos e apresenta novos elementos não peculiares ao tipo de trama abordada. Confira nossa critica a seguir.

Na trama temos os padres Thomas Riley (Lalor Roddy) e John Thornton (Ciaran Flynn) que são enviados pelo Vaticano para investigar um evento milagroso em um lar irlandês para mulheres órfãs, grávidas solteiras ou com distúrbios mentais. Lá eles encontram uma adolescente grávida com sinais de possessão demoníaca e acabam descobrindo algo terrível.

Com a direção da estreante Aislinn Clarke, a britânica traz o filme com um escopo bastante interessante no que se refere ao seu estilo, seu formato quadrado 4:3, traz um aspecto de imagem reproduzida em VHS, “A Maldição da Freira” faz uma referência aos clássicos do terror/suspense como o icônico “Bruxa de Blair” com uma atmosfera que amedronta e nos faz conectar àquela trama. Mesmo sendo considerado um gênero que necessita sempre se reinventar e aprender novos recursos para promover o interesse do público, todo diferencial bem aplicado em um filme de terror é sempre muito válido e pode garantir o sucesso na bilheteria. Neste filme, mesmo caindo em determinados clichês, em determinados momentos, acaba indo de encontro aos dogmas da igreja católica, contrariando assim a maioria dos filmes relacionados a este tipo de temática e com fundo religioso.

A linearidade apresentada no filme propõe um roteiro muito bem casado com a direção, pois ambos são de responsabilidade da Aislinn e o seu desenrolar não é cansativo, pelo contrário, consegue entregar aquilo no que se propõe e se torna tão bom quanto o seu concorrente de mesmo nome da franquia do Universo de “Invocação do Mal”. Nada é forçado ou proposital para arrancar sustos desenfreados do seu telespectador e sim flui de maneira orgânica, o que resulta em pontos positivos.

Confira o Trailer:

 

 

 

 

Tendo uma história bem organizada, situações que prendem a atenção do seu público e que apresentam o que se propõe, “A Maldição da Freira” pode até não ser considerado um novo marco do gênero do terror contemporâneo, mas dá conta do recado e entrega um filme com uma boa atmosfera.

Corram para conferir no próximo dia 28/02 em todos os cinemas!

NOTA: 7

LUAN RIBEIRO

Acompanhem-nos em nossas redes sociais:

@artecult , @cinemaecompanhia , @cinemaatm , @tiltcine e @cabinesete

Acompanhe o resumo do dia do universo de Cinema & Séries:

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Luan Ribeiro
Sou natural de Mata de São João, Bahia, mas atualmente moro na cidade do São Paulo. Sou formado em Engenharia, mas sempre tive uma verdadeira fixação pelo universo cinematográfico e sou o admin do @CinemaeCompanhia no Instagram. Assistir um filme é minha válvula de escape para mergulhar e me aventurar em mundos totalmente novos e me desligar dos problemas do dia-a-dia. Aproximadamente de duas a três vezes confiro as estreias da semana nas telonas, digamos que eu seja quase um “rato de cinema”. rs Será um enorme prazer compartilhar aqui minhas opiniões sobre os filmes e suas principais curiosidades. E uma ótima oportunidade para poder aprender e "trocar figurinhas" com todos vocês! Espero que se divirtam muito e curtam minhas dicas. Que a FORÇA esteja com vocês!!! Forte abraço! Luan Ribeiro. Instagram.com/CinemaeCompanhia e-mail: luancribeiro@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *