Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, Riocard e Ciateatro Epigenia Apresentam – “Touch” – Amigos, Amigos… Celulares à Parte

Peça com texto e direção de Gustavo Paso – Estreia temporada on-line em janeiro

O que acontece quando sete amigos se encontram? Gargalhadas em conversas divertidas? Lágrimas em mágoas reveladas? Segredos vêm à tona? Como o mundo virtual moderno – de redes sociais e aplicativos de bate-papo e encontros – mexem com as relações entre as pessoas? Como as amizades do mundo real são afetadas? Essas são algumas das reflexões da peça “Touch”, com dramaturgia e direção de Gustavo Paso, mais uma produção da CiaTeatro Epigenia, que estreia na plataforma Sympla, no dia 15 de janeiro.

“Quando as verdades vêm à tona, cessam as mentiras, e o teatro acaba.”

Filmado no Teatro Alcione Araújo, localizado na Biblioteca Parque, o espetáculo faz parte do projeto Cineteatro Epigenia e cumpre temporada até 27 de fevereiro, de quinta a domingo, às 20h. No elenco, estão Gustavo Falcão, Luciana Fávero, Marcos Breda, Gláucio Gomes, Maira Cibele, Tatjana Vereza, Vinicius Cattani e Diana Paso.

Sobre o projeto
O projeto Cineteatro Epigenia traz uma série de criações da companhia teatral CiaTeatro Epigenia, que alinham o teatro com o cinema em três vertentes: peças adaptadas do cinema para o teatro; peças do histórico da companhia em mais de 20 anos de sucesso, filmadas para a linguagem audiovisual; e novas dramaturgias, caso de “Touch”.

Esta é a segunda produção da CiaTeatro Epigenia dentro desse conceito. A estreia do formato foi com “Race”, do dramaturgo norte-americano David Mamet, um dos grandes sucessos teatrais da companhia, que recebeu o Prêmio Melhor Espetáculo de Cia de SP em 2017. Segunda peça da premiada Trilogia Mamet, “Race” ganhou o edital “Aldir Blanc – retomada cultural”, para temporada on-line e foi filmado no Teatro João Caetano, no Rio de Janeiro.

Sobre “Touch”
Sete amigos. Uma sala de jantar. Conversas divertidas, aparentemente inócuas num ambiente relativamente aprazível. Inicialmente, quase todos os personagens parecem apresentar uma confiança desmedida de que não contam com segredos comprometedores, pelo menos até estes começarem a ser revelados e a provocarem incômodos… um pouco de vergonha de si e a velha e conhecida: vergonha alheia.

A história transcorre por momentos que escancaram a mediocridade de grande parte de nossa sociedade, suas idiossincrasias e preconceitos, trilhados por comentários que conduzem amigos que não percebem que “o humor mudou de mão”, sendo insustentável manter o status quo de um mundo ultrapassado. Sente-se a pequenez do ser humano em meio a todo o atual aparato tecnológico, entre aparelhos e aplicativos que poderiam facilitar o diálogo, mas não o fazem, escancarando o enorme afastamento entre pessoas que deveriam ser próximas.

Esse afastamento é visível quando os segredos dos personagens são descobertos. Entre o estudo sobre as relações modernas, o drama, a comédia e o comentário contundente sobre a nossa sociedade, “Touch” é uma pequena pérola para atores e atrizes, cada qual com seu jogo, seu momento para sobressair, em conjunto com a tecnologia aplicada.

“É mais fácil conversarmos pelo celular do que pessoalmente. Até porque quando estamos cara a cara ele sempre vai tocar com algo mais importante. E como explicar para os jovens que os potentes smartphones existem há apenas uma década?”, questiona Gustavo Paso, estimulando a reflexão.

 

Sobre a CiaTeatro Epigenia
Chegando aos 21 anos de fundação, a CiaTeatro Epigenia vem sendo convidada a participar de importantes festivais e turnês pelo Brasil, além de temporadas constantes no Rio de Janeiro e em São Paulo. Com excelentes retornos de público e crítica, a Epigenia tornou-se, ao longo da última década, uma referência nacional entre as principais companhias de teatro do país. Com inúmeras indicações, excelentes críticas e prêmios importantes, o trabalho conceitual do grupo liderado pelos fundadores e múltiplos artistas Gustavo Paso e Luciana Fávero vem se destacando por unir arte e entretenimento.
Site: www.epigenia.art

“Touch” – Foto:Luciana Salvatore / Divulgação

Serviço
Espetáculo on-line pela plataforma Sympla (www.sympla.com.br)
De 15 de janeiro a 27 de fevereiro
De quinta a domingo, às 20h
Duração: 90 minutos
Gênero: comédia dramática
Classificação: 12 anos
GRATUITA

Ficha técnica
Dramaturgia, direção e cenário: Gustavo Paso
Elenco: Luciana Fávero – Vera / Gustavo Falcão – Osíres / Tatjana Vereza – Isabel – Gláucio Gomes – Alex / Maira Cibele – Carmen / Vinícius Cattani – Gil / Marcos Breda – Ramon / Diana Paso – Dara
Iluminação: Bernardo Lorga
Trilha sonora: André Poyart
Catering: Estela Awane
Assistente de maquiagem: Luciana Lins
Figurino e direção de produção: Luciana Fávero
Assessoria de imprensa: Alessandra Costa
Redes sociais: Fernanda Portella
Fotos: Luciana Salvatore
Produção executiva: Junior Godim
Direção de imagem e edição: Eduardo Chamon
Realização: CiaTeatro Epigenia

Agradecimentos: Equipe Marketing Riocard Mais, André Miranda, Equipe Biblioteca Parque/Teatro Alcione Araújo, Equipe Comissão Carioca de Promoção Cultural – CCPC, Rossini Maltoni, Karina Awane, Mariana Sobreira, Luciana Salvatore e Marcelo Figueiredo.

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

maribarcelos
Jornalista por paixão. Música, Novelas, Cinema e Entrevistas. Designer de Moda que não liga para tendência. Apaixonada por música e cinema. Colunista, critica de cinema e da vida dos outros também. Tudo em dobro por favor, inclusive café, pizza e cerveja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *