Sophia Abrahão fala sobre a volta para Malhação doze anos depois

Sophia Abrahão – Crédito: Globo/João Miguel Júnior

Após doze anos da sua estreia em Malhação, Sophia Abrahão volta as telinhas na novela teen , interpretando ela mesma.

“Entrei em Malhação com 16 anos, fiz uma temporada, depois voltei. Essa é a segunda vez com cara de terceira. E agora fazendo eu mesma. Tenho muitos seguidores que me acompanham desde a Felipa, que era minha personagem, e eles ficam felizes. Foi uma super Malhação. E foi uma turma que  todo mundo se deu bem no mercado. Eu estou muito feliz de voltar pro lugar que tudo começou e minha vida mudou.”

Em entrevista a atriz revelou que não consegue rever seus trabalhos no inicio da carreira.

“Eu não tinha experiência nenhuma, não sabia o que era uma câmera, não sabia como me posicionar, mas eu não gostava de me assistir. Nem agora, mas tenho muito orgulho com a trajetória, com a história que eu criei ali, mas eu tenho vergonha.”

Agora Sophia volta como apresentadora de reality de música, junto com Nelson Freitas que interpreta Montenegro, produtor do evento.
Sobre a parceria com o ator, ela diz:

“A gente já chegou no primeiro dia gravando 11 cenas. Você chegar pegando o bonde andando com uma pessoa que você nunca trabalhou, eu já apresentei Vídeo Show com ele, mas a gente nunca tinha atuado junto. De primeira, essa bolada de 11 cenas, tinha que ser com ele. Um super ator, ele se joga e o personagem é um produtor completamente maluco. O Nelson é brilhante, a gente tá se divertindo muito. Tô feliz de estar trabalhando com ele.”

Sophia Abrahão – Crédito: Globo/Victor Pollak

Vídeo Show e Experiencia como apresentadora.
“Durante o Vídeo Show e depois do Vídeo Show, eu sempre sinalizei, quando me perguntavam, que eu tinha amado a experiência como apresentadora e passivelmente eu gostaria de continuar exercendo essa função. Na Malhação  estou como atriz, mas fazendo uma apresentadora. Têm câmeras, eu apresento as meninas no palco, então também tem a função de apresentadora aqui.”

Fãs e tatuagens.

“Eles(fãs) são parte do meu processo todo. Eles estão ali, estão na Internet, eles são engajados e fora o amor que eles me dão. Eu quero estar o mais perto possível. Não posso decepcionar uma pessoa que fez uma tatuagem, que é pra sempre. Ao mesmo tempo, eu consigo enxergar a dimensão. De repente, a pessoa daqui a cinco anos não vai até a porta do Projac me ver. Mas aquilo marcou uma época da vida dela. Eu acho que essa lembrança é uma coisa positiva. Me assusta essa coisa de não poder decepcionar, isso é um pouco assustador. Mas eu encaro como se eu tivesse feito uma tatuagem dos Backstreet Boys, de quem eu fui muito fã.”

Conselho para os que estão começando.
“Minha maior insegurança quando eu fazia Malhação era o meu próximo emprego. “Será que vai acabar aqui?” “Será que eu vou ter um salário”. “Eu vim pra TV Globo, eu to fazendo um papel, to amando, me descobrindo como atriz, será que isso vai acabar daqui a seis meses?” Porque pra muita gente acaba. Eu me sinto muito privilegiada na minha carreira por ter tido oportunidade como Rebeldes, por exemplo, como as outras novelas que eu fiz. Eu diria: “Calma”. Porque esse tipo de preocupação não adianta, é contraproducente. A preocupação que te faz estudar é producente, mas a outra, que paralisa, que é a que eu sentia, eu chegava a noite e chorava, isso não ajudou em nada.”

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Jornalista por paixão. Música, Novelas, Cinema e Entrevistas. Designer de Moda que não liga para tendência. Apaixonada por música e cinema. Colunista, critica de cinema e da vida dos outros também. Tudo em dobro por favor, inclusive café, pizza e cerveja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *