Seu Jorge estrela duas biografias coproduzidas pela Globo Filmes nos cinemas em novembro

Seu Jorge estrela duas biografias coproduzidas pela Globo Filmes nos cinemas em novembro

Marighella – Foto: Divulgação

Seu Jorge é a cara do cinema brasileiro biográfico em novembro. O músico e ator estará em duas coproduções da Globo Filmes: “Marighella” e “Pixinguinha – Um Homem Carinhoso”.

“Marighella”, primeiro filme dirigido por Wagner Moura, estreia 52 anos após o assassinato de Carlos Marighella pela Ditadura Militar Brasileira, em 1969. O longa conta a história dos últimos anos do guerrilheiro, interpretado por Seu Jorge, que liderou um dos maiores movimentos de resistência contra a ditadura militar no Brasil.

Pixinguinha – Foto: Divulgação

Seu Jorge também é o protagonista de “Pixinguinha – Um Homem Carinhoso”, dirigido por Denise Saraceni e Allan Fiterman. O filme narra a trajetória pessoal e profissional (incluindo suas obras primas como “Carinhoso”) de Alfredo da Rocha Vianna Junior, o Pixinguinha, desde a infância até sua morte, aos 76 anos.

Os dois filmes fazem parte da lista de cinco produções que a Globo Filmes lança em novembro. Além deles, há ainda o longa “Galeria Futuro”, que conta com um elenco estelar – Marcelo Serrado, Ailton Graça, Otávio Muller e Luciana Paes – e dois documentários em parceria com a GloboNews: “8 Presidentes e 1 Juramento”, de Carla Camurati, e o “Meu querido Supermercado”, da diretora Tali Yankelevich.

As cinco obras serão lançadas exclusivamente nos cinemas, aproveitando o aumento da frequência de público nas salas de exibição.

Confira abaixo a lista completa de lançamentos da Globo Filmes para novembro:

Marighella – Foto: Divulgação

Marighella
Estreia prevista: 4 de novembro
1969. Marighella não teve tempo para ter medo. De um lado, uma violenta ditadura. Do outro, uma esquerda intimidada. Cercado por guerrilheiros 30 anos mais novos e dispostos a reagir, o líder revolucionário escolheu a ação. Em “Marighella”, o inimigo número 1 da Ditadura Militar tenta articular uma frente de resistência enquanto denuncia o horror da tortura e a infâmia da censura instalados por um regime opressor. Em uma experiência radical de combate, ele o faz em nome de um povo cujo apoio a sua causa é incerto — enquanto procura cumprir a promessa de reencontrar o filho, de quem por anos se manteve distante, como forma de protegê-lo.
Elenco: Seu Jorge (Marighella), Adriana Esteves (Clara), Ana Paula Bouzas (Maria), Bruno Gagliasso (Lúcio), Bella Camero (Bella), Herson Capri (Jorge Salles), Humberto Carrão (Humberto), Jorge Paz (Jorge) e Luiz Carlos Vasconcelos (Branco)

Pixinguinha – Um Homem Carinhoso
Estreia prevista: 11 de novembro
Vida e obra de Alfredo da Rocha Vianna Junior (1897-1973), o Pixinguinha, pai da MPB. Gênio incompreendido e muito à frente de seu tempo, só teve sua importância reconhecida muitos anos depois. A vida do famoso músico, menino negro de classe média baixa, é contada desde suas primeiras performances antológicas na flauta; a composição de suas muitas obras primas, dentre as quais “Carinhoso”, o verdadeiro hino popular brasileiro, que fez 100 anos em 2017; sua temporada de seis meses em Paris em 1922 com o retumbante êxito de seu conjunto “Oito Batutas”; seus arranjos como primeiro diretor musical para a Victor americana nos anos 30; sua decadência e ressurgimento nos anos 40; sua consagração nos anos 60 pelas mãos das novas gerações da bossa nova e do jazz; e sua morte na igreja N. S. da Paz no Rio de Janeiro em pleno carnaval de 1973 durante a passagem da Banda de Ipanema.
Elenco: Seu Jorge (Pixinguinha), Dan Ferreira (Pixinguinha jovem), Milton Gonçalves (Alfredo Vianna), Taís Araujo (Betí), Agahta Moreira (Gabi), Klebber Toledo (Arnaldo Guinle) e Tuca Andrada (Almirante)

Galeria Futuro – Foto: Divulgação

Galeria Futuro
Estreia prevista: 18 de novembro
Valentim (Marcelo Serrado), Kodak (Otavio Muller) e Eddie (Ailton Graça) se conhecem desde pequenos e são lojistas da Galeria Futuro, um centro comercial em Copacabana que ostentava luxo e pompa em seu passado, e que, hoje, não passa de um lugar triste e decadente. Cheios de dívidas e prestes a falir, a administração da galeria é surpreendida por uma proposta milionária de um pastor, que quer transformar o espaço em uma Igreja. Os três amigos ficam destruídos com a possibilidade de perder a tão amada Galeria Futuro, mas a sorte muda quando acham um baú cheio de uma substância alucinógena dos anos 70, capaz de realizar os desejos mais insanos de quem a consome. Contando com a ajuda de Paula (Luciana Paes), uma recém chegada lojista, eles vão criar um plano mirabolante e surreal para tentar salvar a Galeria e impedir sua venda. Galeria Futuro é uma história inusitada sobre amizade, nostalgia e evolução pessoal. Os personagens, presos no passado, terão que confrontar o presente, vencer suas limitações e, por mais amedrontador que pareça, encarar o futuro.
Elenco: Marcelo Serrado (Valentim), Otávio Müller (Kodak), Ailton Graça (Eddie), Luciana Paes (Paula) e Taumaturgo Ferreira (Dudu).

8 Presidentes e 1 Juramento (documentário em coprodução com a GloboNews)
Estreia prevista: 18 de novembro
Através de materiais de arquivo de diferentes mídias, nacionais e internacionais, o filme revive o período da redemocratização brasileira, do movimento das Diretas Já à posse de Jair Bolsonaro.

Meu Querido Supermercado – Foto: Divulgação

Meu Querido Supermercado (documentário em coprodução com a GloboNews)
Estreia prevista: 25 de novembro
Caixas, estoquistas e outros profissionais revelam suas dúvidas, dramas, paixões e sonhos improváveis, além da disposição de não permitir que a rotina aprisione suas existências. O documentário de Tali Yankelevitch teve sua première no Festival de Amsterdam, considerado o maior do gênero no mundo, em 2019, e passou por outros 11 eventos, entre eles o MoMA Doc Fortnight, a mostra do museu de arte moderna de Nova York, e o Visions du Réel, na Suíça.

Sobre a Globo Filmes
A Globo Filmes atua como produtora e coprodutora de filmes brasileiros com foco na qualidade artística e na diversidade de conteúdos que valorizam a nossa cultura, maximizando a audiência no cinema e demais janelas. Desde 1998, participou de mais de 400 filmes, levando ao público o que há de melhor do cinema brasileiro; comédias, romances, documentários, infantis, dramas e aventuras.

Fazem parte de sua filmografia recordistas de bilheteria, como ‘Tropa de Elite 2’ e ‘Minha Mãe é uma Peça 3’ – ambos com mais de 11 milhões de espectadores –, sucessos de crítica e público como ‘2 Filhos de Francisco’, ‘Aquarius’, ‘Que Horas Ela Volta?’, ‘O Palhaço’ e ‘Carandiru’, e longas premiados no Brasil e no exterior, como ‘Cidade de Deus’ – com quatro indicações ao Oscar – e ‘Bacurau’, que recebeu o prêmio do Júri no Festival de Cannes.

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

maribarcelos
Jornalista por paixão. Música, Novelas, Cinema e Entrevistas. Designer de Moda que não liga para tendência. Apaixonada por música e cinema. Colunista, critica de cinema e da vida dos outros também. Tudo em dobro por favor, inclusive café, pizza e cerveja. Visite: Instagram.com/PortalMariBarcelos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *