Rômulo Estrela fala sobre seu desenvolvimento em Bom Sucesso: “Não é só o personagem, são as relações que mudam”

Para os amantes da novela (que não são poucos), Bom Sucesso está chegando ao final. O personagem de Rômulo Estrela, Marcos, teve um trajetória muito bonita e crescente durante a trama.

“A trajetória do Marcos foi de provação. Ele vivia um dia depois do outro. Aí que estava a beleza da vida dele. Ele nunca tinha amado ninguém e nunca falou nada diferente disso, inclusive para a Paloma.”

Conversamos com Rômulo durante as gravações dos últimos capítulos da novelas, e o ator falou mais sobre Bom Sucesso. 

Marcos ( Romulo Estrela ) em “Dona Flor e Seus Dois Maridos”. – Foto: Globo / Victor Pollak

Confira abaixo a entrevista na íntegra:  

Seu personagem teve muitas mudanças durante a trama. Você gostou? Como viu essa trajetória?
“O trabalho que a gente faz é um trabalho aberto, que sofre muito interferência do público. Esse trabalho que a gente faz em novela, como os capítulos semanalmente, dá pra fazer muitas mudanças. A partir daí é de se esperar que até o fim todos os personagens sofram mudanças. Isso é uma das coisas mais bonitas. Porque não é só o personagem, são as relações que mudam. A  relação do Marcos com o pai evoluiu, com a Nana (Fabíula Nascimento), na editora, evoluiu. A relação dele com a Paloma caminhou pra um lugar diferente, antes era o flerte, depois o namoro e agora a gente já pensa em ficar junto, é o que todo mundo espera, construir uma família ao lado dessa mulher. A relação com o Ramon (Davi Junior) também evoluiu, antes era uma disputa e agora existe uma parceria. Fico muito feliz quando eu consigo enxergar isso nos personagens que eu faço. Quando eu vejo que o público percebeu que teve essa dinâmica. Pra mim é uma satisfação muito grande.”

O Marcos evoluiu muito. Como você enxerga esse amadurecimento? 
“O que eu percebo a trajetória do Marcos foi de provação. Ele vivia um dia depois do outro. Aí que estava a beleza da vida dele. Ele nunca tinha amado ninguém e nunca falou nada diferente disso, inclusive para a Paloma. O que é bonito de ver nessas relações é que ele se permitiu ver o outro lado. Acho que ele evolui, mas sem se violentar tanto. Assim foi também na relação com a Paloma. A gente viu lá no meio da novela que ele saiu da casa do pai para evitar assediar a Paloma. E os personagens em volta perceberam essa evolução e também respeitaram ele.”

Marcos (Romulo Estrela) e Paloma (Gazi Massafera) – Foto: Globo / Victor Pollak

A Paloma e o Marcos foram muito shippados durante toda a trama. O que você achou?
“Acho que essa relação do Marcos com a Paloma é uma das histórias que Bom Sucesso conta e eu acho uma relação muito bonita. Uma relação de ressignificar prioridade, tanto pra Paloma quando para o Marcos isso aconteceu.”

Geralmente o ator empresta muito para o personagem, mas você leva algo do Marcos também?
“Emprestei muita coisa do Rômulo para o personagem, mas também absorvi muita coisa da escrita dos autores. As situações me ensinaram muita coisa. É um personagem que marca a minha trajetória, minha carreira. Mas tem uma coisa em Bom Sucesso, com tantos temas e questões que a gente abordou, que é falar sobre a morte de uma maneira um pouco mais tranquila e sem tanto medo. As pessoas não querem falar sobre a morte. Acho que aceitar esse momento é importante para que você viva o presente de uma maneira diferente.”

Quais os planos quando acabarem as gravações?
“Preciso de um tempo pra mim. Acho importante parar, acho importante esse momento, esse ócio. Organizar essas ideias. Passei por uma fase difícil que era essa de aceitar estar muito tempo fora de casa, trabalhando. Mas também relaxei um pouco mais em relação a isso. Porque a gente acaba recuperando esse tempo, sem dúvida nenhuma. Então eu parar um pouco respirar, entender o que foi essa novela pra partir pra novos trabalhos.”

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Avatar
Jornalista por paixão. Música, Novelas, Cinema e Entrevistas. Designer de Moda que não liga para tendência. Apaixonada por música e cinema. Colunista, critica de cinema e da vida dos outros também. Tudo em dobro por favor, inclusive café, pizza e cerveja. Visite: Instagram.com/PortalMariBarcelos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *