REP Festival agita o Rio de Janeiro no último final de semana com muito rap e trap

No último fim de semana (12) e (13), aconteceu o evento REP Festival, no Parque dos Atletas, no Rio de Janeiro. O Festival contou com grandes nomes do cenário do Rap/Trap, como: Xamã, Matuê, Filipe Ret, Djonga, MC Cabelinho, L7nnon, entre outros. O que fez tudo ficar ainda mais incrível e emocionante, foi contar com muitas participações dessa galera nos shows uns dos outros.

Nossa equipe, que fez uma cobertura completa de tudo, pode garantir que o evento além de um grande sucesso, colocou o público presente para sair do chão e curtir os shows intensamente.

E não para por aí, não! Além desses grandes nomes que se apresentaram, outros grandes nomes passaram pela plateia e os bastidores do evento como: Gloria Groove, Luísa Sonza, Gabi Gol, Mari Gonzalez, entre outros. E nada mais, nada menos que a nossa patroa, Anitta também faz parte dessa lista. A poderosa, que realizou seu evento ‘Ensaios da Anitta’ em um local bem próximo ao ‘REP Festival’, chegou com tudo acompanhando o cantor L7nnon.

Vem conferir um pouco mais sobre alguns destaques do festival:

As meninas do Hypiranhas cantaram seus maiores sucessos como “Surtou”, “Clima Diferente” e “Gelo no Copo”. Gratidão poderia ser uma das palavras usadas para descrever o show. A dupla fez uma homenagem para o MC Kevin, falecido em maio de 2021, além de dedicar uma música para o cantor, elas também levantaram uma bandeira com seu rosto no palco. Kevin foi um dos grandes incentivadores e deu muito holofote para as meninas no início da carreira. A apresentação também contou com participação da rapper Azzy e de Igor Adamovich.

O trap da Uclã chegou debaixo de chuva no primeiro dia do evento, o que não influenciou em nada na energia do show, que estava lá no alto do início ao fim. Hits como “Safadinha”, “Gatinha”, “Ouro Rose” e muitos outros formaram um setlist, que contou com várias participações nos dois dias, como as de Jo e Shoy.

O pessoal da Mainstreet fez um dos shows mais completos do primeiro dia. MC Poze do Rodo chegou no alto de um guindaste e lá do alto iniciou ‘os trabalhos’ com seus principais hits como “Vida Louca” e “A Cara do Crime”. Em sequência Bin manteve toda a energia com “Apê 1001”, “Saturno” e muitos outros sucessos. Os meninos revelações da Mainstreet, Chefin e Oruam, entraram com tudo no palco cantando suas principais faixas, tais como “Invejoso”, “Terra Prometida” e “212”.

Como se o guindaste não tivesse sido ‘suficiente’, ainda teve o pessoal da produção entrando de moto no palco. Difícil não se entreter com uma apresentação dessa. Para encerrar o show, Orochi subiu ao palco com seu parceiro Buddy Poke. Além de Buddy, para os últimos hits, todos os membros da Mainstreet subiram ao palco. Borges, Azevedo, PL Quest, Bin, Shenlong são alguns deles.

MC Cabelinho já chegou cantando o hit do seu último álbum “Little Hair”, feat com Felp 22 e Xamã. Para a loucura dos fãs (e digamos que dos seguranças também), ao som de “Eu Sou O Trem”, Cabelinho se jogou no meio da multidão e ficou bem no meio de uma roda punk. Essa música também é um sucesso do seu último álbum.

Outro que também desceu para o meio do público e juntou com a galera em um roda punk, foi Djonga. O rapper montou um setlist recheado de sucessos, que possuem letras marcantes e sempre com fortes críticas sociais, o que é uma das características mais marcantes do trabalho de Djonga. A capixaba Budah fez uma participação, mostrando todo seu empoderamento com sua voz suave. Para finalizar o show, “Olho de Tigre (Perfil #22)” não poderia nunca ficar de fora.

O malvadão Xamã, animou a galera com algumas músicas mais antigas, como “Rap da Felicidade”, canção de Cidinho & Doca, dupla que é um grande exemplo para vários artistas atualmente. É claro que não poderia faltar “Malvadão 3”, hit que virou febre, principalmente nas redes sociais. Nas plataformas de streaming a música já foi reproduzida mais de 250 milhões de vezes. Xamã também fez vários freestyle rap durante a apresentação.

A grande atração do segundo dia de evento, o rapper L7nnon entrou ao som do seu grande sucesso “Freio da Blazer”. Anitta entrou no palco junto do artista e permaneceu durante todo o show, dançando e interagindo com o público e com o cantor. Além da Anitta, muitas outras participações também enriqueceram a apresentação, Papatinho, MC Cabelinho e MD Chefe foram algumas delas.

Matuê finalizou às duas noites (ou manhãs) do REP Festival, os dois shows contaram com grandes hits, como “Quer Voar”, “Groupies” e “Máquina do Tempo”. O rapper Teto foi participação especial no show e cantou grandes sucessos como “M4” e “Dia Azul”. A revelação do 30PRAUM, WIU também foi chamado ao palco e além de cantar suas músicas fez uma homenagem ao MC Kevin, que em maio completa um ano de falecido.

O jogador Gabigol estava presente no segundo dia de evento e ficou no palco quase que por todo o show. Gabigol, que esse ano estreou como rapper com a alcunha de Lil Gabi, dançou, cantou e pareceu aproveitar bastante a noite. Um pouco antes de finalizar o show, Matuê desceu do palco e foi para o meio do público, que mesmo amanhecendo seguia com grande energia.

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Jornalista por paixão. Música, Novelas, Cinema e Entrevistas. Designer de Moda que não liga para tendência. Apaixonada por música e cinema. Colunista, critica de cinema e da vida dos outros também. Tudo em dobro por favor, inclusive café, pizza e cerveja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *