Buracos Negros: a primeira imagem divulgada destes monstros cósmicos

Ontem, 10/04/19, foi divulgada para todo o planeta a primeira imagem de um buraco negro. O feito documenta o que mentes brilhantes como Albert Einstein e Stepen Hawkings apenas teorizaram sobre estes monstros cósmicos.

A imagem foi criada através de algorítmos que processaram os dados recebidos pelo maior telescópio do mundo, o EHT (Event Horizon Telescope), uma rede de radiotelescópios espalhados pelo planeta.

Veja:

 

Katie Bouman, uma pesquisadora de 29 anos formada em Ciência da Computação é professora assistente do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech) e participou da montagem desta primeira imagem já registrada de um buraco negro. Bouman atualmente faz sua pesquisa de pós-doutorado no Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian e ficou instantaneamente famosa por postar ontem em rede social uma foto no exato momento em que a imagem estava sendo gerada:

Foto de Katie durante a geração da imagem. Arquivo pessoal (Facebook).

 

Os buracos negros são aglomerados com uma enorme massa de matéria concentrada em um volume reduzido, o que leva à distorção do espaço-tempo. A teoria geral da relatividade de Albert Einstein previa que qualquer estrela ou fóton que passasse perto do buraco negro seria capturado pela gravidade. Daí veio o nome: um local no espaço que ‘engole’ tudo que passa, até a luz.

 

RAPHAEL GOMIDE

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Raphael Gomide
Fundador e Diretor Geral do ArteCult.com e Sócio-fundador e editor do QuadriMundi. Ambos projetos da Webstaff, sua empresa. Apaixonado pela sua família e por toda forma de ARTE e CULTURA. Nas redes sociais, administra além das páginas do ArteCult e QuadriMundi, as páginas do OlheiroMusical.com, Atuando, Dica de Vinho, Dicas de Filmes, Dicas de Livros, Dicas de Músicas, Futuristiko, Infância80, Olheiro Musical, Bullying nas Escolas, Reação Adversa e Portal TEAmigo (comunidade TEA - Transtorno do Espectro Autista).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *