Skyports da UBER: os táxi-voadores do desenho “The Jetsons” estão chegando

Para fazer sua idéia sobre “táxi voador” decolar de vez, a Uber precisa também de projetos de como serão as  plataformas de lançamento e aterrissagem destes veículos.

Seis empresas de arquitetura então foram selecionadas num concurso e, durante uma conferência sobre o tema em Los Angeles, apresentaram seus designs vencedores do que começou-se a chamar de “Skyports”.

Surgiram então desenhos que lembram, e muito, o desenho animado The Jetsons.

A competição de design da UBER que escolheu estes finalistas tinha estabelecido algumas premissas para os projetos:  o Skyport precisava suportar o transporte de mais de 4.000 passageiros por hora em uma área ocupada de três acres, além de atender aos requisitos ambientais e de ruídos. Precisavam também garantir que as aeronaves elétricas pudessem recarregar entre as viagens com impacto mínimo nas comunidades próximas.  Tudo para fazer a idéia do serviço futurista de “táxi voador” um dia se tornar realidade.

A da Humphreys & Partners possui um design que lembra uma”colméia” (acima) e acomoda 900 passageiros por nível, por hora e usa materiais sustentáveis ??para criar um ecossistema que se energiza sozinho, diz a empresa.

Pickard Chilton (Abaixo) levou a idéia do projeto “Elevate” de Uber, literalmente ao projetar esta estrutura . Um único módulo deste Skyport permite 180 pousos e decolagens por hora, acomodando 1.800 passageiros de pico a cada hora por módulo. A empresa diz que os módulos podem ser combinados vertical e horizontalmente para permitir que o Skyport se adapte à paisagem da cidade (!).

 

Já BOKA Powell (abaixo) disse que seu projeto pode acomodar 1.000 decolagens e aterrissagens. A estrutura é flexível para permitir a mudança de vento e pode suportar uma média de decolagem de menos de três minutos.

Gannett Fleming (abaixo) chama seu design de “a pata”, e não é difícil entender por quê. O projeto apoiaria 52 veículos elétricos de decolagem e pouso verticais por hora, por módulo, em uma estrutura escalonável que poderia facilitar mais de 600 chegadas e partidas e 4.000 pessoas por hora até 2028.

Veja este projeto:

 

 

 

 

Já o projeto do Grupo Beck também está inspirado em colônias de abelhas em seu design. Seu conceito Skyport seria flexível e escalável para acomodar 150 decolagens e aterrissagens por hora e pode ser dimensionado para até 1.000 viagens por hora.

“Embora a uberAIR possa parecer sonho distante, está mais perto do que você pensa e a infraestrutura urbana tem que começar a evoluir agora para acompanhar. ” (John Badalamenti, chefe de design da Uber para programas avançados e aviação)

 

RAPHAEL GOMIDE

Fonte principal: The Verge

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Raphael Gomide
Fundador e Diretor Geral do ArteCult.com, Sócio-fundador e editor do QuadriMundi, ambos projetos da Webstaff, sua empresa que está sendo estruturada e que também gerencia outros portais como o BandasNovas, OlheiroMusical, Bullyng nas Escolas, Reação Adversa e CasarOnLine. Apaixonado pela sua família e por toda forma de ARTE e CULTURA. No Facebook, administra vários grupos tais como Dicas de Filmes, Dicas de Livros, Dicas de Músicas , além das páginas Futuristiko (sócio-fundador), Infância80, Olheiro Musical, Bullying nas Escolas, Reação Adversa e Portal TEAmigo (app em desenvolvimento para a comunidade TEA - Transtorno do Espectro Autista).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *