Música Eletrônica: Alok e sua gravadora CONTROVERSIA Records assinam com a Altafonte Brasil

Alok, um dos principais DJs e produtores musicais da atualidade, acaba de assinar com a Altafonte Brasil e se tornar mais um representante do mercado independente no país com seu selo “CONTROVERSIA”, ao lado de nomes como Baco Exu do Blues, Gilberto Gil, Baiana System, Djonga, entre outros parceiros da distribuidora e selo digital.

O primeiro lançamento já ocorre hoje com o single Let Me Go –  Alok & KSHMR with MKLA, dando início a um conjunto de colaborações de alto nível que serão lançadas pelo selo este ano. Na próxima sexta, dia 28, Alok se junta ao Vintage Culture numa colaboração histórica para o tão aguardado single ‘Party On My Own’ feat. FAULHABER. Nesta track, os artistas doarão seus próprios royalties para beneficiar instituições de caridade ligadas ao tratamento da COVID-19.

“A vinda de Alok, através do seu selo “CONTROVERSIA” ou o seu “diamante” como ele mesmo chama, é um marco para Altafonte tendo agora como seu parceiro um artista, criador e empresário com um perfil de alcance global e de múltiplas facetas. Queremos ajudar o selo CONTROVERSIA a se tornar um dos mais importantes e atuais celeiro de talentos, música e inovação mundial”, afirma Alex Schiavo, CAO – Chief Artistic Office, Latin America, USA, Spain & Portugal.

“A CONTROVERSIA é o lugar que eu consigo ter uma liberdade em lançar músicas envolvendo a paixão e o feeling do que penso ter um enorme potencial. Acredito muito nessa porta de entrada gerando novas oportunidades para os artistas independentes e espero que, através da contribuição recíproca entre eles, isso possa gerar grandes resultados para a cena eletrônica. A parceria com a Altafonte tornam os alicerces para esse objetivo ainda mais fortes.”, finaliza Alok.

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Daniela Fróes
Musicalmente eclética, apaixonada pela diversidade dos estilos, das festas e festivais, amante de uma boa música, principalmente das batidas eletrônicas. #Música #MúsicaEletrônica - Nunca se precisou de drogas para senti-la, a essência da batida, a sonoridade toca a alma de um jeito que não da pra ficar parado! "Quem não sente a melodia acha maluco quem dança"!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *